VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

19 de out de 2011

Missões?! Parte 1

1. INTRODUÇÃO

Infelizmente nos dias atuais as pessoas não estão tendo uma visão do que seja fazer missões. Uma igreja missionária é mais do que enviar uma pessoa para o campo e ficar mandando mensalmente uma oferta para seu sustento. Segundo a visão de J. Andrew Kirk "a Igreja é missionária pôr natureza a ponto de que, se ela deixa de ser missionária, ela não tem simplesmente falhado em uma de suas tarefas, ela deixa de ser Igreja." (FRANÇA, 2011).De certa maneira ele tem razão, a igreja existe para pregar a palavra de Deus, não apenas na localidade em que si encontra, mas deve ir até os confins da terra (Atos. 1.8).

Missões deve está no coração da igreja, pois é a sua missão, ou seja, a missão da igreja é fazer missões, Stott menciona que a "Missão, antes de tudo, significa tudo aquilo que a Igreja é enviada ao mundo para fazer."(FRANÇA, 2011). Quando se relaciona as obrigações principais da igreja, ela sem dúvida é para está no topo da lista. Muitos se iludem e acabam colocando coisas banais como uma prioridade, como por exemplo, certa igreja cortou o sustento de um missionário alegando que estavam passando por uma dificuldade financeira e não teria condições de mantê-lo. Com pouco tempo o missionário descobriu qual era a dificuldade que a igreja estava passando, ela tinha contratado uma empresa de construção para reformar o templo, colocando o material como prioridade. Ramon Lull um espanhol, nascido em Majorca, disse que "A missão ao mundo não-cristão, pensava ele, devia ser primeiro interesse de toda a Igreja" (FOSTER, 1961, p. 42).

A missão deve ser levada a sério, ela precisa está no foco da igreja, por isso será abordado o que seja missão para ver sua definição. Também será visto como implantar missão na igreja local, visando uma organização no departamento de missões e por fim, o que eu posso fazer por missões, dando a ênfase na dedicação pessoal a este ministério.

2. O QUE É MISSÃO?

2.1. ALGUMAS ESTATÍSTICAS.

2.1.1- Indígenas

Atualmente existe cerca de 147 etnias que ainda não há nenhuma presença de qualquer tipo de missionários, sendo destas 97 são conhecidas, 27 são isoladas e 25 que ainda faltam ser pesquisadas.(SOMA, 2010)

Esta pesquisa foi coordenada pelo antropólogo e pastor Ronaldo Lidório, onde também indica que:

a Igreja Indígena está presente, em diferentes níveis de representação, em 150 etnias, possuindo igreja local com liderança própria em 51 e sem liderança própria em 99. A presença missionária evangélica se encontra em 182 etnias indígenas, representando mais de 30 agências missionárias evangélicas e quase 100 diferentes denominações. Em 165 destas etnias há programas e projetos sociais coordenados por missionários evangélicos. Destas, 92 possuem um programa social ativo, 54 possuem dois programas sociais ativos, e 19 possuem 3 ou mais programas perfazendo 257 programas e projetos com ênfase nas áreas de educação (análise linguística, registro, letramento, publicações locais e tradução), saúde (assistência básica, primeiros socorros e clínicas médicas), subsistência e sociocultural (valorização cultural, promoção da cidadania, mercado justo e inclusão social. (SOMA, 2010)

Existem em torno de 16 seminários e cursos bíblicos no Brasil voltado para o preparo de missionário para o trabalho indígena e ainda mais três movimentos nacionais que estão atuando nesta área, o (1) Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (CONPLEI); a (2) Associação de Mulheres Evangélicas Indígenas (AMEI) e a (3) Associação Indígena de Tradutores Evangélicos (AITE). (SOMA, 2010)

Encontramos que "dentre as 182 etnias com presença missionária evangélica, 132 possuem indígenas evangélicos e 50 não possuem." (LIDÓRIO, 2010, p. 5) E que é de suma importância sabermos que destas 37 etnias vivem com risco de extinção, pois em alguns casos a população é inferior a 35 pessoas, e com a limitação do acesso a assistência de saúde, os conflitos e dispersão, são as causas principais no processo de extinção de um grupo. (LIDÓRIO, 2010).

Podemos considerar que existem 181 línguas indígenas no Brasil, mesmo que ajam discussões e estudos ainda inconclusivos sobre várias delas, hoje:

Em 54 línguas há programas de análise linguística e letramento em andamento, sob iniciativa evangélica. Em 31 destas línguas há também programas de tradução bíblica em andamento. No momento contamos com 58 línguas que possuem porções bíblicas, o Novo Testamento ou a Bíblia completa em seu próprio idioma, material este que serve a 66 etnias.

Em 3 línguas há a Bíblia completa (que serve a 7 etnias); em 32 há o Novo Testamento completo (que serve a 36 etnias) e em 23 há porções bíblicas, que servem ao mesmo número de etnias.

Há 10 línguas com clara necessidade de tradução bíblica, 28 com necessidade de um projeto especial de tradução com base na oralidade e 31 com situação ainda indefinida, a avaliar. Estas 31 línguas a avaliar são faladas por 59 etnias. Tanto as línguas com necessidade de projetos de tradução quanto aquelas com necessidade de um projeto especial de oralidade possuem pouquíssima possibilidade de compreensão do Evangelho em alguma outra língua, por outros meios de comunicação ou outros grupos próximos.

Há cerca de 132 etnias indígenas que falam o Português. 66 destas etnias falam somente o Português e 66 são bilíngues ou trilíngues com o Português. 48 destas 132 etnias manifestam a necessidade de uma nova versão da Bíblia em Português, que facilite o seu entendimento. Este assunto estará sendo alvo de maiores pesquisas e se avalia a possibilidade de desenvolvimento de um material oral para esta finalidade.

Com isso se vê a necessidade extremamente grande de se investir em missões! Há um grande desafio, mas estas pessoas só poderão conhecer a Cristo se alguém for desafiada a ir ou pelo menos manter aqueles que Deus separou para esta tão maravilhosa obra.

Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas! (Romanos 10.13-15)

2.1.1- Não Indígenas

A população total do Brasil é de 190.732.694, a do Nordeste é de 53.078.137 e a do Rio Grande do Norte 3.168.027, o estado teve um aumento de 14,09%, o seu crescimento foi maior do que a média nacional que foi de 12,33%. (ZAULI, 2010)

Uma pesquisa mostra que 6.86% da população do Rio Grande do Norte não possui religião, 73,98% se dizem católicos. 11,34% alegam ser pentecostais e 4,27% participam de alguma igreja evangélica não pentecostal e outras religiões totalizam 3,55% da população norte rio-grandense. (NERI, 2011),

A intenção de trazer esses números é para não desfocalizar a real missão da igreja, o de transmitir as boas novas aonde quer que seja. Quando se olha para Atos 1.8 que Diz: "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. "Este versículo é um resumo de todo o livro de Atos, pode ser visto o percurso dos discípulos por todo o livro, em Jerusalém cobre os capítulos 1-7; em toda a Judéia e Samaria cobre os capítulos 8:1 - 11:18; e aos confins da terra vai de 11:19 até o final do livro.

2.2. O QUE É MISSÕES

Quando as pessoas estão pensando em missões, devem se lembrar de que isso pesa sobre os seus ombros, pois é uma grande responsabilidade e privilégio de serem usados por Cristo na transmissão das boas novas para humanidade. Privilégio tal, que em 1 Pedro 1.12 mostra que os anjos estão anelando em fazer, mas não podem desfrutar desta honra, porquanto foi conferido apenas aos embaixadores de Cristo na terra. (CORDEIRO, s/a)

George Peters diz que missões é o envio de pessoas que foram autorizadas pela igreja a irem além de suas fronteiras e influenciando-as para proclamar o evangelho; para ganhar convertidos sem religião ou de outras religiões para Jesus Cristo, estabelecendo congregações locais que funcionem e se multipliquem, dando frutos cristãos naquela comunidade e naquele país (MORAES, 2006).

Champlin mostra a necessidade de pregar o evangelho de Deus para que as pessoas virem discípulos de Cristo, ele diz que:

O fazer discípulos envolve, em primeiro lugar, a necessidade do evangelismo ou da pregação do evangelho; mas também subentende um exercício de treinamento e orientação, de forma que esses discípulos sejam melhor firmados e instruídos na plenitude da mensagem das Escrituras Sagradas. (CHAMPLIN, 2001, p. 654, v. 1)

Missão nada mais é do que pregar a palavra de Deus para aqueles que não a conhecem, e para isto temos que proclamar as boas novas. Existem pessoas dizendo que missões não é evangelismo, mas por outro lado o que seria de missões se não houvesse o evangelismo. O objetivo de missões não é evangelizar os povos não alcançados? Atos 1.8 diz: "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra". a Missão se inicia pela nossa localidade, depois a comunidade, para então irmos além das nossas fronteiras. Orivaldo Pimentel Júnior Lopes da uma descrição do que é missão, ele diz que:

MISSÃO é o cumprimento da vontade de Deus para a igreja em termos de evangelização, ação social, adoração e edificação no contexto social imediato onde se acha inserida. MISSÕES é o cumprimento de todas essas coisas em outro contexto, isso é, ocorre a obra de missões quando a igreja tem que transpor uma fronteira para cumprir sua missão.

Missões é parte integral da missão, de modo que não se pode falar sobre um conceito sem se pensar no outro. A igreja que não realiza "missões" não está cumprindo sua missão. (LOPES, 2011)

Por sua vez, Wal Cordeiro entende que missão vai muito além de uma simples conferência missionária, é a dedicação pessoal constante a este ministério, ele diz que:

missões é mais do que realizarmos uma conferência missionária uma vez por ano em nossas igrejas. É saber que existe uma grande massa de pessoas que precisa ser evangelizada. Que precisa ser discipulada, e este envolvimento deve ser sempre, o ano inteiro. Missões é se envolver de corpo e alma no maior projeto de vida estabelecido pelo próprio Senhor Jesus Cristo. É ter a consciência que Deus nos chamou para esse projeto tão espetacular e a Sua palavra nos garante esse chamado. (CORDEIRO, s/a, p. 5)

Com isso podemos dizer que missão é:

2.2.1. É o plano de Deus:

Desde antes do principio, Deus na sua soberania já sabia que o homem iria pecar. Então na sua graça e misericórdia, preparou de antemão o plano para salvação do homem. Neste plano, Deus revela o conteúdo de sua obra missionária, anunciando ao mundo o Evangelho de salvação para os perdidos (Gênesis 3:15; Apocalipse 13:8; Efésios 1:4; 1 Timóteo 1:9; 1Pedro 1:19-20). (IDÉIA, 2011)

2.2.2. É a ordem de Jesus:

Já sabemos que missão estava dentro do plano divino da salvação, tanto que Deus O enviou ao mundo para que ele morresse pelos nossos pecados. Jesus cumpriu com seu papel e deixou um legado para que seguíssemos, deixou uma ordem para que obedecêssemos, deixou a grande comissão registrada em Mateus e Marcos, em Mateus diz: "Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos." (Mateus 28:19-20). Já em Marcos diz: "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16:15).

Este foi um dos principais mandamentos de Jesus registrado nas Escrituras, a nossa obrigação de fazer missões (Marcos 16:15; Mateus 28:19-20). Antes da ascensão, sua última ordem foi: "Ide por todo o mundo". (Marcos 16:15)

Barclay comentando este versículo ele mostra que o grande interesse da igreja reside em saber qual é o seu dever. Ele mostra que a Igreja tinha certas tarefas que Jesus lhe tinha encarregado.

(1) A Igreja tem a tarefa de pregar. É dever da Igreja, e isto quer dizer de cada cristão, contar a história das boas novas de Jesus àqueles que nunca a ouviram. O dever do cristão é ser arauto de Jesus Cristo.

(2) A Igreja tem uma tarefa curadora. Vimos este fato uma e outra vez. O cristianismo tem que ver com o corpo dos homens tanto como com sua mente. Jesus quis trazer saúde ao corpo e à alma.

(3) A Igreja era uma Igreja de poder. Não precisamos tomar tudo literalmente. Não precisamos acreditar que o cristão tem que ter literalmente o poder de levantar víboras venenosas e beber líquidos venenosos sem correr perigo. Mas no fundo desta linguagem pitoresca está a convicção de que o cristão está imbuído de um poder para enfrentar a vida e lidar com ela que outros não têm nem podem ter.

(4) A Igreja nunca seria deixada sozinha para trabalhar na realização de sua obra. Cristo sempre opera com ela e nela e por meio dela. O Senhor da Igreja está ainda nela e é ainda o Senhor de poder.

E assim termina o Evangelho com a mensagem de que a vida cristã é a vida vivida na presença e no poder daquele que foi crucificado e ressuscitou. (BARCLAY, 2010, p. 360)

2.2.3. É a obra do Espírito Santo:

O Espírito Santo habita em todo aquele que foi redimido dando-lhes a capacidade necessária para o desenvolvimento da obra de Deus. Encontramos em 1 Coríntios 12:4 dizendo que "há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo."(1 Coríntios 12:4) e no verso 11 diz que é "o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer". (1 Coríntios 12:11).

É só através da capacitação do Espirito Santo que o homem pode fazer alguma coisa, principalmente a obra missionária, pois se o Espirito não for com ele no seu trabalho, tudo o que fizer será em vão, sem mencionar que é Ele quem convence o homem do pecado, do juízo e da Justiça de Deus e não o homem (João 16:8).

2.2.4. É dever da Igreja:

Como foi visto, Jesus não deixou a responsabilidade de se pregar as boas novas para nenhuma instituição humana, não deixou aos anjos que por suas vez anelam a fazê-lo (1 Pedro 1.12). Mas, esta obrigação foi incumbida a Igreja (Mateus 28:20; Jô 15:16; 17:18-20).

2.2.5. É responsabilidade de cada cristão:

Nem é preciso mencionar este peso que recai sobre os ombros de cada crente, pois cada cristão tem a responsabilidade de anunciar a palavra de Deus (1 Coríntios 9:16) quanto mais apoiar a obra missionária com oração. (Romanos 15:30; Efésios 6:18-20; Colossenses 4:2-4); com contribuição (Filemon 4:10-20; 2Co 9:6-14); e evangelização (1 Coríntios9:16; Ezequiel 33:6-8).

2.3. O QUE NÃO É MISSÕES

2.3.1. Opção doutrinária:

A ordem de pregar a palavra em Marcos 16.15 não é uma opção, mas uma obrigação que deve ser cumprida e dada por certo.

2.3.2. Fator secundário:

Missões não é algo para segundo plano, mas é o principal de todos os projetos da Igreja e deve ser valorizado (2 Reis 7:9). Não se pode colocar, por exemplo, uma reforma do templo impedir de manter missões na igreja.

2.3.3. Projeto:

Não se pode colocar missões como um projeto a ser alcançado, mas como Stott disse "Missão, antes de tudo, significa tudo aquilo que a Igreja é enviada ao mundo para fazer."(FRANÇA, 2011). A igreja deve parar de pensar de apenas fazer cálculos e depois organizar comissões, de fazer reuniões para depois sustentar algum missionário. Ela deve entrar logo em ação! Deve-se lembra de que enquanto as pessoas estão falando e pensando, o mundo está perecendo (1 Cônicas 28:10; 1 Coríntios 15:58; Romanos 12:11).

Wal Cordeiro fala que a igreja foi chamada para evangelizar e mostrar a luz para aqueles que se encontram em trevas, provocando neles sede da palavra. E que quando perde essa visão não tem o motivo para existir. (CORDEIRO, s/a) ele diz que:

A igreja foi chamada para evangelizar, ser luz e sal neste mundo tenebroso. Quando perde ou não vive essa visão, não tem motivo para existir, pois o fim das coisas que fazemos na terra, não deve ser a nossa própria glória mas sim a glória de Deus. Isso só pode ser alcançado quando nos envolvemos na obra de reconciliação da humanidade com Cristo, que veio para salvar o que se havia perdido. (CORDEIRO, s/a, p. 5)

2.3.4. Privilégio de algumas Igrejas:

Missões somente são realizadas por quem tem fé em Deus e amor pelas almas perdidas. As Missões não são necessários milhões para serem realizadas, mas quando cada pessoa reconhece que tudo o que possui não é seu, mas de Deus que lhe incumbiu de administrá-lo da melhor forma possível, e quando ela possui uma fé genuína, principalmente uma dependência total de Deus, não vai ter problema em dar as ofertas para Missões.