VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

24 de abr de 2012

Aliança Noética

Aliança Noética

Esta aliança pode ser encontrada no capitulo nove do livro de Gênesis, onde se ver de um modo tão claro. O qual nos chama a atenção para o fato de não ter a menor ligação com um acordo firmado entre duas partes (nos pensamentos modernos).

A palavra-chave no contexto é "Eis que estabeleço a minha aliança convosco, e com a vossa descendência", pode ser visto que as características dessa afirmação são: (1) Quem estabeleceu a aliança foi o próprio Deus consigo mesmo. (2) Foi uma aliança universal que não apenas incluía a Noé e sua descendência, mas, a todo ser vivente. (3) Ela é uma aliança incondicional, ou seja, não há requisitos ou uma condição para que Deus cumpra com ela. (4) O monergismo divino é intensamente exibido nessa aliança, não havendo nenhuma contribuição do homem nesta aliança. O sinal que Deus colocou nos céus entre as nuvens, o arco-íris, tem como proposito exclusivo de demonstrar a fidelidade de Deus, trazendo a memória de Deus a promessa envolvida nessa aliança. (5) Ela é eterna e correlativa a seu caráter unilateral e ao monagismo divino. Nesta aliança não há incerteza ou mutabilidade, pois ela é incondicional. A aliança Noética é uma administração soberana da graça e da magnanimidade, divina tanto em sua origem como em sua revelação, confirmação e cumprimento.

Pr. Anderson Roque Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário