VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

9 de dez de 2012

A HUMILDADE DE JESUS CRISTO


Por humildade nos referimos àquela atitude de mente e coração oposta ao orgulho, à arrogância e a auto-confiança, revelando-se na submissão a Deus e na dependência deles. 
Possuir humildade é ter espírito e comportamento sem pretenções ou orgulhos e isso é caracterizado pela modéstia e pela submissão.
Jesus disse: em Mateus 11:29, " Tomai sobre vós o meu jogo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas.
A primeira prova de um homem verdadeiramente grande é sua humildade. Por humildade não quero dizer dúvida do seu próprio poder, ou hesitação em expressar suas próprias opiniões mas antes uma correta compreensão de relação entre o que Ele pode fazer e dizer e o resto dos feitos e afirmações do mundo. Todos os grandes homens não apenas conhecem aquilo que lhes competem, mas geralmente sabem que o conhecem, não apenas tem razões, mas também costumam saber que estão certos, apenas que não se consideram grande coisa por esse motivo.
Jesus Cristo, era submisso de coração e humilde em sua vida. Cristo nos mostra por seu exemplo, o caminho único para a autêntica grandeza. A maioria dos homens reconhece que ninguém pode ser verdadeiramente grande sem esse amor desinteressado e que, por maior que pareça um homem, o egoísmo sempre faz diminuir ou remover sua coroa e seu trono.
Jesus disse: "Eu não busco a minha glória". (João 8:50) A paixão suprema de seu ser era glorificar ao Pai. Vez por vez notamos o seu clamor, "Pai, glorifica o Teu nome"!
De tal modo obsorto estava Ele pelo desejo de glorificar ao Pai que não ficava lugar disponível para qualquer disposição de honrar ou exaltar a Si mesmo.
Muitos dos seguidores de Jesus Cristo cortejam a notoriedade, a fama, mas Ele a evitava, dava ordem terminante aos que por Ele eram beneficiados, que nada propagassem a seu respeito não tinha escritório de publicidade.
Finalizando, Jesus Cristo mostrou humildade ao procurar a glória de Deus e os melhores interesses dos homens, e não a sua própria glória ou interesses e isso a custo de grande sacrifício, sofrimento e vergonha.
Pr. Phillip Ronald Allen

Nenhum comentário:

Postar um comentário