VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

27 de jan de 2013

Devocional Boa Semente 27/01/2013


Todavia, ao Senhor agradou o moê- lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão (Isaías 53:10). 

O PRAZER DE DEUS ASSEGURADO EM CRISTO

Infelizmente, essa maravilhosa descrição o prazer de Deus em Cristo torna manifesta a verdadeira condição do homem sob o poder do pecado, de Satanás e da morte. O homem natural deseja caminhar independente de Deus, fazer a própria vontade, e gratificar seus ímpetos. Por natureza preferimos o prazer do pecado ao prazer de Deus. A luz da presença de Cristo apenas demonstra que os homens amaram mais as trevas que a luz porque suas obras eram más (João 3:19).
Portanto, quando contemplamos Cristo em toda Sua perfeição moral - Sua santidade, graça, amor, bondade, gentileza, paciência, doçura, humildade, cada traço de Seu maravilhoso caráter, cada palavra proferida por Seus lábios, cada ação e passo, tudo nos convence de que somos exatamente o oposto. Como então é possível Deus encontrar prazer em pessoas que sejam moralmente iguais a Cristo, e dignos de estarem com Ele na glória?
Existe apenas uma resposta para essa grande pergunta. O prazer de Deus no homem pôde ser concretizado somente pela morte de Seu Filho. Assim, tão logo o sacrifício do Calvário foi realizado, o prazer de Deus começou a prosperar. E agora Deus tem prazer tanto em Seu Filho amado, nosso Salvador, quanto naqueles que creem nEle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário