VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

30 de jan de 2013

Devocional Boa Semente 30/01/2013


Que é necessário que eu faça para me salvar?... Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa (Atos 16:30-31).

O CARCEREIRO DE FILIPOS

Em 1880 um pregador realizou uma série de reuniões em Saint Louis, EUA. O jornal da cidade publicou os sermões no típico estilo jornalístico. Em uma das noites, o tema foi o carcereiro de Filipos, responsável por custodiar o apóstolo Paulo. O título do artigo do jornal foi: "Apanhado o carcereiro de Filipos" [Philippi, em inglês].
O olhar de um homem chamado Burke caiu diretamente sobre esse título. Ele era um criminoso bastante famoso. Aos 40 anos de idade já havia passado metade da vida atrás das grades. Burke começou a ler pensando se tratar de um carcereiro que ele conhecia na cidade de Phillippi, também nos EUA. Mas logo se esqueceu disso, pois ficou impressionado com a mensagem. Nesse artigo leu nove vezes o versículo: "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo". Aquela noite Burke orou pela primeira vez na vida. Depois conversou com cristãos que visitavam os prisioneiros, e se converteu de verdade. A transformação que se deu nele confirmou isso.
No início, o juiz que cuidava de seu caso pensou que era fingimento para conseguir privilégios. Graças a uma formalidade legal, Burke foi absolvido. Mas o juiz continuava desconfiando dele. No entanto, uma mudança real em Burke continuou se manifestando e, por fim, o próprio juiz lhe ofereceu trabalho. Dez anos depois, o ex-presidiário se tornou o funcionário mais importante da administração.
Essa é uma das obras da graça de Deus naquele que ouve e crê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário