VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

31 de jan de 2013

História do hino 514 – Paz real


 Somente o crente, o pecador perdoado, pode compreender a paz que o perdão traz para a sua vida. Esta paz permeia toda a sua vida, minorando as suas aflições e fortificando a sua fé. Com a certeza do perdão, vem também a necessidade de louvar àquele que o salvou e perdoou. Igualmente preciosa é a certeza de um dia estar com Cristo em toda a sua glória,de saber para onde vai! Foi para testificar desta nova paz que Peter P.Bilhorn escreveu este hino (letra e música) e o publicou em 1887. Sankey logo começou a usar este hino e publicou-o em 1888, em New Hymns and Solos (Novos Hinos e Solos) nº. 94, e depois, em Sacred Songs and Solos (Hinos e Solos Sacros) nº. 658, de onde, provavelmente, W.E.Entzminger o adaptou. 

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_228.htm, que cita Sankey, Ira D. My Life and the Story of the Gospel Hymns, Philadelphia, P.W.Ziegler Co., 1906.p.287.

Nenhum comentário:

Postar um comentário