VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

8 de fev de 2013

Devocional Boa Semente 08/02/2013

 [O] Filho de Deus... me amou, e se entregou a si mesmo por mim (Gálatas 2:20).

UM SUPREMO AMOR

Conta-se que Ciro, rei da Pérsia, entrou em guerra contra um país vizinho, o conquistou e levou cativa a família do príncipe daquele lugar. Ciro os colocou diante do príncipe e falou: "Aqui estão seus filhos; que agora são meus prisioneiros. Posso vendê-los como escravos. O que você oferece pela liberdade deles?" - "Tudo o que possuo." - "Muito bem", disse Ciro, "seus filhos estão livres e tudo o que era seu agora me pertence. Mas aqui está a sua esposa, que agora é minha prisioneira, e que também posso vender como escrava. O que você me dá pela liberdade dela?" - "Tudo o que possuo" - voltou a dizer o príncipe. Porém, Ciro respondeu: "Você não tem mais nada, porque me deu tudo o que tinha pelos seus filhos".
- "Tenho apenas uma coisa. Quero dar minha vida por ela. Aceite minha vida em troca da liberdade da minha mulher."
Então, Ciro mandou libertar toda a família sem exigir nenhum resgate.
Quando o príncipe e sua família retornaram ao seu país, todos falaram de Ciro, menos a princesa. Por fim, seu marido perguntou: "Você percebeu nada de especial nele?" - "Não, nada." - "Como? Você não tem nada a dizer de um homem que foi tão generoso conosco?"
A princesa respondeu: "Como eu poderia pensar em outro homem que não aquele que se dispôs a dar sua própria vida para me livrar da escravidão? Não posso pensar nem falar de outro!"
Aquele príncipe não precisou morrer, mas nosso Senhor Jesus foi até as profundezas da morte para nos livrar da escravidão do pecado e de Satanás.
"Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos" (João 15:13).


s

Nenhum comentário:

Postar um comentário