VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

9 de abr de 2013

A IGREJA DE LAODICEIA

Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente!” – Apocalipse 3.14-18 
A igreja que não é quente nem fria deixa Cristo doente! Não duvido que o “evangelho social” de hoje em dia, repleto de suavidade, que garante que somos todos irmãos, que diz o que os ouvidos querem ouvir, também deixa Cristo doente, como ocorreu com a igreja de Laodiceia.
O tipo mais baixo, mais vil de ladrão que existe é o pastor que ocupa o púlpito domingo após domingo, mas não avisa aos seus ouvintes que se eles não nascerem de novo, irão queimar no inferno. O ladrão comum rouba os nossos bens materiais—joias, dinheiro — contudo o pastor moderninho rouba nosso direito ao Céu!
A situação caótica em que o mundo vive hoje deve ser uma preocupação dos pastores. Os mensageiros de Deus receberam a promessa, o poder e a munição para bombardear Satanás, todos os demônios e os seres do inferno, mas ainda não carregaram as armas nem atiraram as bombas do evangelho contra o reino do diabo!
Tenho certeza que Satanás anda satisfeitíssimo com os pastores que andam atirando com armas de brinquedo munidas de frases como “os acadêmicos concordam”, em vez de dispararem o canhão da verdade do evangelho, “Assim diz o Senhor!”.
Deus não se preocupa com quantos sermões um pastor prega, desde que a pregação nãos seja feita em “[...] linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e poder”. (1Co 2.4).
(Sword of the Lord - Oliver B. Greene)

Nenhum comentário:

Postar um comentário