VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

18 de abr de 2013

Líderes sensíveis (Atos 17.1-9; I Tessalonicenses 2.1-7)

Os bons líderes são sensíveis às necessidades de outros. Paulo comparou o seu ministério ao da mãe que cuida com ternura das necessidades dos filhos. Gosto muito dessa figura de linguagem. Vi minha mulher amamentando nossos filhos quando eram pequeninos, sem lembrar-se absolutamente de suas próprias necessidades. Tenho tido também a alegria de testemunhar minhas filhas crescidas cuidando de nossos netos. É uma visão preciosa a ser contemplada.
Observar minha esposa e minhas filhas segurarem seus filhinhos junto ao seio e providenciar amorosamente tudo de que precisavam, me ajuda a compreender o que Paulo quis dizer com “carinhosos” (I Ts 2.7, ARA). Seu ministério foi marcado por um cuidado amável do rebanho. Paulo diz: “Fui como a mãe que amamenta seu filho em meu comportamento entre vocês”.
Se Deus colocou você em um cargo de liderança, insisto em que cultive um espírito carinhoso. Afinal de contas é um fruto do Espírito (Gl 5.23). Sua ternura produzirá maravilhas na vida dos que foram postos sob os seus cuidados.
Depois da tragédia de 11 de setembro, o mundo observou espantado enquanto líderes poderosos passavam o tempo ouvindo as histórias sinistras dos trabalhadores em resgate e compartilhando o sofrimento dos novaiorquinos. O major Rudolph Giuliani impressionou o mundo dia após dia, de pé diante do povo dessa grande cidade, lendo os relatórios de progressos a partir do ponto zero. Ele falou suave e compassivamente, às vezes com lágrimas nos olhos, enquanto as cenas repulsivas quase o sufocavam. De alguma forma conseguiu ir até o fim. Segurar as lágrimas parecia ser tão inútil quanto recuperar as vítimas do montão de escombros retorcidos do Trade Center. Os americanos precisavam ver líderes sensíveis chorarem.
O mesmo acontece com os cristãos. Os líderes espirituais precisam ser assim, reais, carinhosos, compreensivos e empáticos. Você e eu apreciamos os líderes espirituais que revelam consistentemente seu lado humano. Ao contrário da opinião popular, Paulo, o líder forte, entusiasmado e corajoso era também conhecido por sua afabilidade e graça.
Você é também reconhecido por essas qualidades?
Dia a dia com os heróis da fé – Dr. Charles Swindoll

Nenhum comentário:

Postar um comentário