VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

1 de abr de 2013

Velas ou estrelas?

Leitura: Daniel 12: 1-10,13

E todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto? — João 11:26


Alguns dizem que a vida é como a trêmula chama de uma vela. Quando esta chama se apaga, a luz se vai para sempre. Eles creem que quando respirarmos pela última vez, nos extinguiremos totalmente, como se nunca tivéssemos existido!
O escritor britânico Arthur Porritt deu esta triste descrição de como o ateísta Charles Bradlaugh foi enterrado: “Não se fez nenhuma oração no túmulo. Na realidade, não se pronunciou nenhuma única palavra. Os restos, colocados num caixão claro, foram baixados na terra silenciosamente, sem cerimônia alguma como se a carne morta fosse afastada rapidamente de vista.” Porritt disse que se afastou dali com um “coração gelado,” compreendendo como a “perda da fé na continuidade da personalidade humana depois da morte dá à mesma uma vitória pavorosa.”
A vida não é uma breve chama de vela a se extinguir para sempre pela morte. Os cristãos em particular, podem regozijar-se que Cristo “não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho” (2 Timóteo 1:10), que Ele é “a ressurreição e a vida,” e que todo o que crê Nele “não morrerá” (João 11:25-26).
Por causa do poder e da graça de Deus exibida no Calvário, nós receberemos corpos como o corpo ressuscitado de Jesus e resplandeceremos “…como o fulgor do firmamento […]. E como as estrelas, sempre e eternamente” (Daniel 12:3). Louvado seja Deus! Nós não somos velas flamejantes, mas estrelas resplandecentes! 
—VCG

________________________________________
Porque Jesus vive, nós também viveremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário