VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

16 de jul de 2013

Podemos/Devemos interpretar a Bíblia literalmente?


Não só podemos interpretar a Bíblia literalmente, mas devemos fazê-lo. Uma abordagem literal de interpretação é a única maneira de determinar o que Deus está tentando comunicar a nós. Quando lemos qualquer obra literária, é preciso determinar o que o autor quis comunicar. Muitos leem um versículo ou passagem da Escritura para então criar suas próprias definições para as palavras, frases ou parágrafos, ignorando o contexto e a intenção do autor. Entretanto, essa não foi a intenção de Deus e é por isso que Ele nos diz para lidarmos corretamente com a Palavra da verdade (2 Timóteo 2:15).

Uma razão pela qual devemos interpretar a Bíblia literalmente é porque o Senhor Jesus Cristo a interpretou literalmente. Quando o Senhor Jesus citou o Antigo Testamento, sempre foi claro que Ele acreditava em sua interpretação literal. Por exemplo, quando Jesus foi tentado por Satanás em Lucas 4, Ele respondeu citando o Antigo Testamento. Se os mandamentos de Deus em Deuteronômio 8:3, 6:13 e 6:16 não fossem literais, Jesus não os teria usado e eles teriam sido impotentes para deter a boca de Satanás – mas foi exatamente isso o que fizeram.

Os discípulos também interpretaram os mandamentos de Cristo (que são parte da Bíblia) literalmente. Jesus ordenou os discípulos a irem fazer mais discípulos em Mateus 28:19-20. No livro de Atos, vemos que os discípulos interpretaram o comando de Jesus literalmente ao irem por todo o mundo conhecido até então pregando o evangelho e dizendo a todos: "Crê no Senhor Jesus e serás salvo" (Atos 16:31). Nós também devemos interpretar as palavras de Jesus literalmente. Como podemos ter certeza da nossa salvação se não acreditarmos que Ele veio buscar e salvar o perdido (Lucas 19:10), pagar a pena por nossos pecados (Mateus 26:28) e proporcionar a vida eterna (João 6:54)?

Interpretar a Bíblia literalmente ainda permite figuras de linguagem. Um exemplo disso é quando alguém diz: "O sol está nascendo". Tecnicamente, o sol não nasce; a Terra gira de uma maneira que faz parecer que o sol esteja nascendo. No entanto, quase todos entendem figuras de linguagem bem o suficiente para permitir este tipo de comunicação. Há óbvias figuras de linguagem que não devem ser interpretadas literalmente, como Salmo 17:8, por exemplo.

Finalmente, quando fazemos de nós mesmos os árbitros finais de quais partes da Bíblia são literais e quais não são, nós nos elevamos acima de Deus. Ele nos deu a Sua Palavra para se comunicar conosco. As confusões e distorções que inevitavelmente resultariam de uma interpretação não-literal essencialmente acabariam anulando as Escrituras. A Bíblia é a Palavra de Deus para nós, e Ele quis que acreditássemos nela literalmente e completamente.


Tens Perguntas? Questões Bíblicas Respondidas.
www.GotQuestions.org/Portugues

Nenhum comentário:

Postar um comentário