VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

26 de set de 2013

SUCESSO

"Cara, você não sabe da maior! É a melhor coisa que poderia ter acontecido! Entrei na faculdade!!" "Sério? Parabéns, hem! Vamos até à lanchonete comemorar essa grande vitória!" Ao chegarem à lanchonete, Sérgio e Carlos foram abordados por um repórter da Revista Para e Pense. A primeira pergunta foi dirigida a Sérgio. Rp.: "Do seu ponto de vista, o que é sucesso?" Sérgio: "Puxa, hoje eu posso realmente responder com toda certeza o que é sucesso. Sucesso é entrar na faculdade, pois nela está a porta para mais sucessos ainda."
Rp.: "Então, você só começou a ser bem sucedido depois que passo no vestibular?" Sérgio: "Não, não é bem assim. Eu me julgo um cara bem sucedido. Minha família tem uma boa posição social, aliás meu pai está ganhando muito bem, eu já tenho um bom carro, sempre fui bem na escala e, modéstia à parte, sempre fiz sucesso com as gatinhas." Carlos: "É verdade. Sérgio tem muita sorte mesmo!" Rp.: "Quer dizer, então, que para você, sucesso é entrar na faculdade, ter um carro, muito dinheiro e garotas?" Sérgio: "Sem dúvida" Que mais um homem pode desejar?" Rp.: "E você, Carlos, qual a sua opinião?" Carlos: " Bem, para mim, os mais importante é ficar famoso - este é meu grande objetivo. Sou jogador de tênis e pretendo fazer parte da seleção brasileira. Isto é sucesso."
E para você, leitor? O que responderia caso lhe fizessem a mesma pergunta? Há no mundo dos esportes uma curiosa tensão. Grande parte dos esportes sofre mais com o sucesso do que com o fracasso. Manter-se no auge da forma, sustentar o sucesso é muito mais complexo do que usar certa marca de material esportivo ou de desodorante. O sucesso tem a capacidade de tocar as cordas sensíveis de nossa inadequação pessoal, de provocar orgulhos infundados e tornar-nos suscetíveis à lisonja (Que aos olhos de Salomão era uma armadilha montada diante da pessoa bem sucedida, Pv. 29:5). O verdadeiro sucesso, seja ele material ou espiritual, só é sucesso quando não corrompe, quando não inibe, quando não incha e quando não aliena.
A Bíblia tem exemplos dramáticos do poder corruptor do sucesso. Reis piedosos como Asa (2 Cr. 16:10,12), Josafá (2 Rs. 22), Uzias (2 Cr. 26:13-23) e Ezequias (2 Rs. 20:12-19) resistiram ao fracasso e a dificuldade, sendo derrubados pelo sucesso, pagaram alto preço por se deixarem levar pelo sucesso. Especialmente na vida espiritual, nada nos deixa mais vulneráveis que o sucesso. O seu doce sabor pode rapidamente transformar-se no fel da frustração se não soubermos como absorvê-lo corretamente. Reconhecer honestamente o esforço pessoal e, ao mesmo tempo, admitir intimamente a prioridade absoluta da graça de Deus como razão e meio de nosso sucesso são os ingredientes necessários a que o sucesso não nos destrua.
Veja o exemplo de Paulo em 1 Coríntios 15:10 "Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida, não se tornou vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus comigo." Quando os louvores, os elogios e os tapinhas nas costas nos levarem à adoração a Deus por sua graça e maior dependência Dele, então estaremos experimentando o verdadeiro sucesso, que Ele confirmara no céu, ao dizer-nos: "Bem está, servo bom e fiel. Entra no sucesso, isto é, no gozo do teu Senhor".
Pr. José Carlos da Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário