VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

30 de out de 2013

COMO ACHAR O PASTOR IDEAL?


Assim como Cristo, o pastor é alvo das mais desencontradas opiniões.
Se o pastor é ativo, é ambicioso, se é calmo, é preguiçoso.
Se o pastor é exigente, é intolerante, se não exige, é displicente.
Se o pastor visita, é incômodo, se não visita, é irresponsável com as ovelhas.
Se o pastor fica com os jovens, é imaturo, se fica com os adultos, é antiquado, se fica com as crianças, é infantil.
Se o pastor procura atualizar-se, é mundano, se não atualiza, é mente fraca.
Se o pastor cuida da família, é descuidado com a igreja.
Se o pastor prega muito tempo, é prolixo, cansativo, se prega pouco, é que não tem mensagem.
Se o pastor procura agradar a todos, é sem personalidade, se é positivo e procura corrigir, é parcial.
Se o pastor sorri, é irreverente, se não sorri, é cara dura.
Se não realiza, é que não tem idéias.
Se chora no púlpito, é chorão.
Se o pastor organiza trabalho, é explorador de rebanhos, se não realiza, é que não dá trabalho ao rebanho de Deus.
Se o pastor fala alto, é que não tem argumento na pregação, se fala baixo, é um coitado, não tem voz.
Se o pastor prega nas ruas, está barateando o evangelho, se só fica nas igrejas, é acomodado nas quatro paredes.
Pr. Marcelo França

Nenhum comentário:

Postar um comentário