VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

29 de out de 2013

SÊ FIEL ATÉ A MORTE


Ap. 2:10
Poucas mortes relatadas na Bíblia são tão interessantes como a de Moisés. Ele deve ser considerado como um dos maiores homens que já viveram. Pense sobre seus quarenta anos no palácio do Egito, e seus quarenta anos no Horebe e seus quarenta anos liderando Israel no deserto.
O mistério cerca a morte e sepultamento de Moisés. Ninguém estava com ele quando ele morreu; O Senhor o enterrou, e Miguel e o diabo lutavam pelo seu corpo. (Judas 9).
Cerca de 1500 anos depois ele apareceu com Elias no Monte da Transfiguração. Ele entrou em Canaã, não pelo Jordão, mas pelo céu. Ele representa a Lei, como Elias representa a Profecia.
Israel chorou sua morte por um mês, mas o trabalho de Deus continua. Há sempre um Josué depois de Moisés, e um Timóteo depois de Paulo. Nós não devemos nos preocupar com o futuro. Façamos bem nosso próximo trabalho e assentemos bases sobre as quais outros possam construir. Se afinal pudermos ouvir o Mestre dizer: “Muito bem, servo bom e fiel” (Mat.25:23). Nós seremos eternamente gratificados.
Quando nós fomos salvos, a tristeza se tornou em gozo, a escuridão em claridade, as trevas em luz, a noite em dia, a murta repõe a sarça e o pinheiro repõe o espinho! O gozo expulsa o lamento e a vestimenta do louvor expulsa a melancolia.
O sacrifício de nosso Senhor Jesus, o Filho encarnado de Deus no Calvário, foi um sacrifício completo para os outros, debaixo da mais cara de todas as circunstâncias com o mais grandioso de todos os motivos, para o mais sublime de todos os propósitos, pelo mais Amoroso de todos os Caracteres. Louve ao Senhor!!
Em Jesus, Deus nos olha com olhos humanos, toca-nos com mãos humanas, fala-nos com lábios humanos, anda conosco com pés humanos por sobre os revoltosos mares, sofre conosco com humana compaixão, ama-nos com o amor Divino através de um coração humano, mora conosco na pessoa do Espírito Santo em nosso corpo humano. Jesus viveu uma vida inocente no meio de uma geração perversa, adúltera e má. Ele foi o maior milagre de todos que Ele realizou.
Seu ministério de disciplina espiritual, enriquecimento e aperfeiçoamento são exercidos através de sofrimento, dores, testes adversidades e aflições. A rosa precisa ser esmagada antes que seu doce perfume emane. O ouro precisa passar pela fornalha antes de tornar-se puro e precioso. O oleiro quebra a vasilha antes dela tornar-se um novo e bonito vaso. A fruta do sicômoro precisa ser machucada antes dela amadurecer e ficar doce. Ele quebra nossos corações a fim de que nossos mais ricos conteúdos floresçam para abençoar os outros. Adversidade, provações, e desgostos são geralmente nossas maiores bênçãos disfarçadas. Euroclydon sopra suas tempestades sobre nós. Vamos louvá-lo pelas doces verdades de Romanos 8:28,29.

Nenhum comentário:

Postar um comentário