VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

22 de nov de 2013

AS LIMITAÇÕES DA LIBERDADE CRISTÃ

A Bíblia diz em Gálatas 5:1-13, que foi para a liberdade que Cristo nos libertou, e que fomos chamados à liberdade.
Mas até que ponto vai a nossa liberdade?
Neste mesmo texto nós somos exortados a não usarmos desta liberdade para dar ocasião à carne.
Liberdade sempre é limitada, o problema é que alguns confundem libertinagem com liberdade e com isso acham que podem fazer o que bem entendem.
Outros mais sinceros concordam que nossa liberdade tem limites e querem saber até onde ela vai.
Há coisas que são erradas, pecados, em qualquer época e circunstância da vida e se praticadas ultrapassam nossa liberdade cristã, e a Palavra de Deus é específica, a qual deve ser obedecida prontamente.
Mas nem sempre é tão fácil definir o que está certo ou errado, pois creio haver coisas que se tornam pecado pelo uso demasiado, ou impróprio, como por exemplo: festas, televisão, jogar, rádio, etc...
Em casos desta natureza não há uma ordem expressa na Bíblia dizendo que não devemos fazer.
Agora não estou dizendo que os padrões morais não são fixos, e sim relativos, e que podemos fazer o que achamos que está certo.
Eu creio que nestes casos, onde não é tão fácil definir se é certo ou errado, Deus quer ver nossa sinceridade, sensibilidade, fidelidade, maturidade espiritual, como é o nosso caráter cristão.
Por isso apesar de não haver uma ordem expressa na sua Palavra, Deus nos dá certos princípios nestes casos que devemos considerar seriamente, que nos guiarão mostrando até onde vai nossa liberdade cristã.
Passemos à estes princípios:
1. APARÊNCIA. I Tess.2:22 Que aparência tem isto que faço? O que os outros entendem com essa minha atitude? Será que tem aparência do mal? Se é assim estou dando um mal testemunho e ultrapassei minha liberdade cristã.
2. EDIFICAÇÃO. Rm.14:13-23; 1 Cor.8:9-13; 10:23 É tropeço ou escandalize o irmão?Está construindo ou destruindo a vida espiritual do irmão? Está levando meu irmão à pecar? Se é assim, o que estou fazendo não exercer liberdade, mas estou pecando contra o irmão.
3. CONVENIÊNCIA — PRUDÊNCIA. I Cor.6:12a Isto é conveniente? Estou agindo prudentemente? Convém aqui significa: vantajoso, útil, aconselhável. Qual o benefício espiritual que tenho em agir assim? Se não há, estou saindo fora da minha liberdade.
4. AUTO-CONTROLE. I Cor.6:12b Será que estou tendo controle sobre isto que faço? Será que não estou perdendo o domínio sobre algo, não devo fazer, pois já não tem nada a ver com liberdade, mas escravidão.
5. GLORIFICAÇÃO. I Cor.10:31 Deus está sendo glorificado nisto que falo ou faço? Neste trabalho, nesta brincadeira, nesta conversa, estou glorificando à Deus? Ou não? Talvez não o glorifica? Ou talvez estamos fazendo isso para nossa glória? O objetivo primário pelo qual Deus criou o homem foi para lhe dar glória.
Se aplicarmos às nossas vidas estes princípios, poderemos divisar se estamos dentro de nossa liberdade cristã, e assim seremos bênçãos para nossos irmãos, e estaremos agradando ao nosso Deus.
Pr. Salmo Flores

Nenhum comentário:

Postar um comentário