VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

27 de jan de 2014

PARANDO UM ESTOURO DE BÚFALOS

O escritor incomparável de histórias de faroeste, Zane Grey, certa vez escreveu sobre um excitante conto de um estouro de búfalos de ficção.
Ele contou o quão breve os ouvidos mais agudos de entre os pioneiros viajantes ouviram o barulho que faz estrondo que mal se podia ouvir. Com nada em vista ainda através da campina sem rastro, um vaqueiro experiente imediatamente identificou a sua origem. “É um estouro de búfalos e está vindo em nossa direção.”
Sem qualquer árvore visível para poder subir e nada além de pasto por milhas e milhas, que esperança poderiam ter os pioneiros no caminho do estouro de pará-lo? Nenhuma, sem dúvida.
A única esperança era desviar o seu trajeto. Algumas manadas de búfalo em nossas planícies chegam a ter 300.000 cabeças. Grey descreve a desesperada estratégia. Primeiramente, os pioneiros decidiram sacrificar dois caminhões de carga. Estes foram postos à margem do acampamento aonde a manada de búfalo primeiramente viria. Atrás desses, em uma formação difusa “V”, os ansiosos pioneiros arranjaram-se. Quando a manada finalmente ficou visível, colocou-se fogo nos dois caminhões. Então, os pioneiros abriram fogo nos animais que estavam na frente, caindo uma após a outra das felpudas bestas à margem do acampamento. A manada remanescente, correndo como se estivesse possessa e amedrontada pelo fogo, mudou de direção dos caminhões em chamas e de seus camaradas caídos, deixando os pioneiros intactos como se estivessem em uma ilha em uma maré escura móvel. A descrição de Grey é a seguinte:
“Foi como um fluxo torrencial de um oceano onde havia incontáveis legiões de ondas que puxam. Nós estávamos bem no meio de algo tão terrível que me tornei automático, reagindo como uma máquina. Meus ouvidos encheram-se de um estrondo como de trovão... minha vista ficou ofuscada devido a exaustão e terror ou engrossamento da atmosfera.” 
Imagine-se sendo apanhado no percurso de 300.000 cabeças de búfalos! A falta de esperança de pará-los e o sucesso em desviá-los é um bom quadro de algumas das condições em que vivemos hoje em dia mesmo que os búfalos sejam somente uma memória.
Desacato às leis, crime , imoralidade, divórcio, perversão - há qualquer meio de impedir este louco estouro à destruição de nosso mundo que parece estar a caminho? A Bíblia não dá muita esperança, não quando se lê o atemorizante quadro descrito em Apocalipse dos derradeiros dias.
Que esperança temos nós então - nós que somos apanhados dentro do trajeto do estouro? Nós não podemos impedí-lo, contudo, podemos trabalhar para mudar a sua direção de nossas portas. Nós podemos sacrificar algumas possessões se representarem a salvação de nossas famílias. Nós podemos visar nossas “armas” para alguns cabeças de motim na esperança de que, embora a maré não seja das melhores, pelo menos a sua força destrutiva passe de largo.
Educação cristã, escola dominical, acampamentos, reuniões de oração, Igreja, estudo bíblico tudo isto constitui uma ilha de segurança, em um mundo que, rapidamente dirige-se ao esquecimento.
Tome o seu posto, cristão pioneiro! Nós carecemos de você nesta luta!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário