VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

20 de fev de 2014

OS OLHOS DO SENHOR

É gratificante saber que somos filhos de alguém eterno, e não temporal. Nós somos uma partícula dessa eternidade maravilhosa, cheia de amor, de paz e poder. O verdadeiro filho de Deus, não é nascido segundo a vontade dos homens, isto é, pela semente humana, mas sim pela vontade de Deus. É o que lemos em Jo. 1:12,13. Os olhos de Deus se detém em seus filhos com amor. Não é verdade que os olhares do pai, sempre procuram o filho, mesmo estando ele entre milhares de outras crianças? Por exemplo, você papai, se visse seu filho jogando futebol, seus olhos se fixariam em quem no estádio? É claro que você se sentiria orgulhoso de ver seu filho ali, ávido por marcar um gol. Você torceria sem dúvida por ele, seus olhos o acompanhariam em todos os movimentos. Se você olhasse uma foto com dezenas de alunos da escola de seu filho, você procuraria imediatamente localizar a figura de seu filho ali, não é verdade? Assim acontece com os filhos de Deus. Seus passos são acompanhados pelo Senhor, em todos os lugares, em todos os tempos. Quando Alex meu filho, era pequeno, nós o perdemos na praia de Santos, litoral paulista. Tivemos que procurá-lo entre os milhares de banhistas. Para mim, não interessava, as centenas de crianças, que brincavam na praia, eu queria ver, meu filho, segurá-lo, abraçá-lo, beijá-lo, e graças ao Senhor Deus, eu consegui encontrá-lo, depois de algum tempo de procura. Eu fiquei de cócoras na areia, e observei entre as pernas dos banhistas, bem ao longe, Alex, também procurando, eu saí correndo, como louco naquela praia e abracei meu filho, com amor, beijei-o muitas vezes, dizendo: eu te amo filho, eu te amo filho … Assim é que Deus age em relação à nós, seus filhos. Ele não quer ver ninguém perdido, Ele não quer ver nenhum de seus filhos distantes de seu amor, de sua graça.
Quantos filhos de Deus, hoje se encontram afastados do Senhor, no mundo cruel, desumano, e apesar da vontade do Pai em trazê-los de volta, eles têm permanecido de costas para Ele. Os filhos de Deus não se emancipam, como no mundo, onde os jovens ao atingirem dezoito anos acham que já não precisam mais de seus pais. Os filhos de Deus, repetimos: nunca ficam emancipados; sempre dependerão da graça, do amor de Deus Pai. A razão de muitos crentes estarem hoje, sofrendo no mundo, é que acharam que já eram bem grandinhos para cuidarem de suas vidas, sem a dependência de Deus.
Além do cuidado maravilhoso de Deus, por seus filhos, Ele também nos perdoa de nossos pecados, através da mediação bendita de Jesus, seu amado Filho. A Bíblia diz que temos um advogado junto ao Pai: Jesus Cristo. “Filhinhos, não pequeis, se alguém porém pecar, temos de Deus, um Advogado, Jesus Cristo, o Justo.”
O perdão de nossos pecados não depende de homens falhos, pois não há quem não peque neste mundo; por isto Deus instituiu, e delegou poderes ao único que pode nos advogar diante dEle: Jesus Cristo. Amem!
Pr. Oscar de Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário