VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

15 de fev de 2014

SE EU PUDESSE VIVER NOVAMENTE

Alguém me perguntou outro dia, se eu mudaria algo em minha vida, se me fosse possível começar novamente.
“Não, eu respondi, mas depois comecei a meditar...”
Se eu pudesse recomeçar, eu falaria menos e ouviria mais.
Eu convidaria mais amigos para jantar mesmo que o tapete se estragasse e o sofá desbotasse.
Eu comeria pipoca na “linda” sala de estar e ficaria bem menos assustado sobre a sujeira quando alguém quisesse acender o fogo na lareira.
Eu tomaria tempo para ouvir meu avô contar sobre sua mocidade.
Eu nunca mais insistiria em fechar as janelas do carro num dia de verão só porque estava com o cabelo arrumado.
Eu acenderia aquela vela cor-de-rosa com formato de uma rosa antes que ela fosse jogada no quarto de despejo.
Eu me sentaria no gramado lá fora com as crianças sem me preocupar se vou me sujar.
Eu choraria e riria menos ao assistir T.V. e mais ao ver a vida.
Eu iria pra cama quando estivesse doente apesar de desejar que o mundo fosse seguir um padrão lento enquanto eu não estivesse lá.
Eu não compraria nada somente porque é moda, se não mostrasse procedência e garantia de qualidade.
Apesar de desejar que passasse rápido meus nove meses de gravidez, eu aproveitaria cada momento e compreenderia que o ser maravilhoso se desenvolvendo dentro de mim era minha única chance em vida de presenciar um milagre de Deus.
Quando meu filho me beijasse impetuosamente, eu jamais diria: “Faça isso depois - agora vá se lavar para jantar.”
Haveria mais “Eu te amo”...mais “Sinto muito”...mas mais que tudo, dando novo rumo à vida, eu agarraria cada minuto...olhando e realmente vendo...vivendo e nunca deixando-o passar.
(Selecionado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário