VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

4 de ago de 2014

MÃOS À OBRA

Às vezes um grupo precisa resolver um assunto qualquer. A decisão pode ser tomada por meio de escrutínio secreto, ou o presidente pode pedir: “Levantem uma das mãos”.
As mãos são instrumentos maravilhosos e podem fazer uma porção de coisas. Vejamos algumas:
1. Podemos torcê-las. Nosso país e o mundo todo estão cheios de gente torcendo as mãos e reclamando da situação em que somos forçados a viver. “Não é um horror?” Com certeza é. O mundo precisa de ajuda e de conserto, mas torcer as mãos nunca deu muito resultado.
2. Podemos colocar as mãos nos bolsos. Cerre os punhos e enfie as mãos nos bolsos, assim ninguém poderá obrigá-lo a fazer nada. Isto também o livrará da tentação de dar alguma coisa para alguém ou para uma causa nobre.
3. Podemos entrelaçar os dedos das mãos e relaxar. Para que se preocupar com os outros? Deixe que cada um viva são e salvo em seu mundinho.
4. Podemos unir as mãos e orar. Se Deus quiser fazer alguma coisa sobre a situação mundial, ele fará — e receberá todo nosso apoio. Não estou dizendo que é errado orar, mas se esperamos que Deus faça o que deve, talvez ele esteja esperando que nós façamos o que está ao nosso alcance.
5. Podemos impor nossas mãos sobre alguém. A “imposição de mãos” tem recebido lugar de proeminência na história do Cristianismo. Quer seja na ordenação de um pastor ou no batismo de uma pessoa, a imposição de mãos é uma experiência impressionante e separa a pessoa para o trabalho do reino de Deus. Há muito trabalho há ser feito. Coloquemos nossas mãos à obra. “Os interessados levantem uma das mãos
(Lewis H. Glick - Muskegon - Michigan, Pulpit Helps)

Nenhum comentário:

Postar um comentário