VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

4 de set de 2014

OS DOIS CAMINHOS

Texto: Salmo 1:1-6
Costuma-se dizer que todos os caminhos levam a Roma, como que a significar que todas as religiões levam o homem a Deus. A Bíblia, porém, não autoriza tal raciocínio. Ela só fala de dois caminhos: o dos justos e o dos maus, claramente retratados no Salmo 1, que é o texto desta mensagem. Necessariamente temos de andar por um deles. É impossível seguir a ambos, pois vão em direção oposta. Na parte final do Sermão da Montanha, o apelo de Jesus foi: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz a perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque é estreita a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram” (Mt. 7:13-14)
O Salmo 1, é como que a introdução a todo o saltério. É um apelo dirigido ao ouvinte para que analise a sua condição diante de Deus. Descreve dois caracteres e dois destinos que não se confundem. O Salmo considera que a felicidade consiste em estar o homem do lado de Deus. É um pensamento que difere essencialmente do ponto-de-vista do mundo, que imagina outros fundamentos para uma vida feliz. Para alguns, a felicidade depende do dinheiro; para outros, da fama, ou do poder, ou da influência, ou sempre de alguma coisa que esteja fora do individuo. Por isso, nunca podem alcançar o bem com que sonharam e por que tanto lutaram. Depois de muito afã, colocam a felicidade num passado remoto ou num futuro longínquo, mas nunca no presente. Aprendemos, neste Salmo, que em oposição a Deus ninguém pode ser feliz. Não se encontra a felicidade só pelo esforço de buscá-la. É mister que a busca se faça pelo caminho de Deus. Fora disto é viver em ruínas e caminhar para um final sem esperança.
Alguns conselhos para o caminho da felicidade:
1) É o caminho da felicidade - “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios”. A felicidade é um bem espiritual. Tem-na aquele que a recebe das mãos de Deus pela fé em Cristo. Nunca será alcançada pelos que seguem os caminhos da impiedade.
2) É o caminho da pureza - “Nem se detém no caminho dos pecadores”. O crente não é impecável. Sente, porém, que o pecado não faz parte da sua natureza. Por isso, o pecado lhe causa tristeza. Para o pecador sem Cristo, o pecado não é elemento estranho. Tornou-se rotineiro.
3) É o caminho da seriedade - “Nem se assenta na roda dos escarnecedores”. O ambiente formado pelos homens sem Deus não condiz com a nossa natureza espiritual. O crente não se conforma a este mundo, mas procura transformá-lo pelo seu testemunho e pela sua pregação.
4) É o caminho da obediência - “Tem seu prazer na lei do Senhor”. O crente não considera que a leitura da Bíblia seja apenas um dever religioso. Os preceitos bíblicos são as diretrizes que lhe guiam os passos na jornada para a eternidade. Neles está o prazer de sua alma.
5) É o caminho da prosperidade - “Tudo quanto fizer prosperará”. Para o crente, a verdadeira prosperidade é medida pelos valores espirituais. É uma prova de sua identificação com Jesus Cristo.
6) É o caminho da fé - “Os ímpios não subsistirão no juízo”. Engam-se os que rejeitam o apelo de Deus! Queiram eles ou não, chegará o dia da prestação de conta, não mais prevalecerão contra o Senhor nem contra os que humildemente procuram fazer a vontade do Senhor.
7) É o caminho da santidade - “O Senhor conhece o caminho dos justos”. É agradável para o crente entregar-se á direção do divino Pastor, que o guia pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. (Sl.23:3).
8) É o caminho da salvação - “O caminho dos ímpios conduz à ruína”. Quantos chegam a invejar o caminho dos ímpios! Uma visão total das coisas nos mostraria que eles estão num caminho de morte (Pv.14:12).
Pr. Ivanildo Eufrásio da Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário