VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

19 de nov de 2014

O QUE SIGNIFICA SER ESPOSA?

O que significa de verdade ser uma esposa? As jovens esperam emocionadas e ansiosas o dia do casamento. Planejam todos os detalhes da cerimônia. Muitas poupam dinheiro para comprar o enxoval, e guardam tudo com bastante cuidado até o dia esperado. Todas as atenções são voltadas para aquela data, que se resume numa importante palavra: casamento.
Mas como é que é “o dia seguinte”? Qual é o verdadeiro significado de ser uma esposa?
Se o casamento é uma “união de amor”, a intimidade crescerá, o amor aumentará e o casal se conhecerá ainda mais. Falhas e fraquezas, não percebidas antes, tornar-se-ão evidentes.
Nos países onde os casamentos são arranjados pelos pais, os desafios são ainda maiores, pois a noiva se torna a esposa de um desconhecido e parte de uma família com a qual nunca se relacionara antes. Se a moça estiver satisfeita com o casamento, provavelmente terá uma atitude positiva, e os dois iniciarão uma boa vida juntos.
Normas bíblicas
Mas a Bíblia tem instruções específicas para todas as esposas. As mulheres mais velhas recebem a incumbência de ensinar “as mulheres novas a serem prudentes, a marem seus maridos, a amarem seus filhos, a serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seu marido... ”(Tito 2:4-5).
Efésios 5.22-23 dá uma instrução às esposas: “Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja…” (Efésios 5:22-23).
Ser protegida e amada pelo marido é algo maravilhoso para a mulher. Os versículos 25-31 de Efésios 5 ensinam os maridos: “Amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela… Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém aborreceu a sua própria carne; antes, a alimenta e sustenta... Por isso, deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e serão dois numa carne”.
Mais do que palpitações
Se uma mulher já ama , ou está aprendendo a amar, seu marido de verdade, ela irá se desenvolver em todas as áreas relacionadas à sua condição de esposa. Na Bíblia, “amor” não significa aquela palpitação emocional provocada pela atração física, mas é um tipo de sentimento que busca sempre dar o melhor à pessoa amada. Quando uma mulher ama dessa maneira, estará sempre ciente das necessidades de seu esposo. Saberá fazê-lo feliz e tentará agradá-lo em todos os aspectos.
A esposa que ama seu marido encoraja-o a falar sobre o trabalho e os amigos, e a compartilhar seus pensamentos, pois quer participar de sua vida. Leiamos 1 Coríntios 7.3-4: “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher, ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também, da mesma maneira, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher”.
A esposa tem, assim, o privilégio e a responsabilidade de amar seu marido. E ao amá-lo, cuidará de suas necessidades físicas, mentais e emocionais. Ela não pertence mais a si mesma ou à sua família, mas ao seu marido, e ele pertence a ela. Marido e mulher devem unir forças no desenvolvimento da união pura, bonita e abnegada que Deus planejou para o casamento.
(Pulpit Helps - Gospel Light , Betty Choate)

Nenhum comentário:

Postar um comentário