VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

6 de nov de 2014

RELACIONAMENTOS: QUEM CUIDA TEM

Os relacionamentos são como as casas— precisam ser zelados. Relacionamentos negligenciados tendem a desmoronar. A Bíblia nos dá alguns conselhos sobre como cuidar de nossos relacionamentos.
“Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira” (Efésios 4:26). Deus nos manda lidar com os desentendimentos e as mágoas imediatamente. Não lhes dê nenhuma chance de inflamar e espalhar. Sentimentos mal resolvidos levam ao ressentimento, à amargura e ao ódio. É mais fácil curar uma doença que é tratada logo no início. Não existe relacionamento perfeito. Se não tratarmos os desentendimentos conjugais, familiares ou profissionais de modo saudável, estaremos permitindo que a raiz de amargura se aprofunde cada vez mais.
“Antes, seguindo a verdade em amor...” (Efésios 4:15). Este versículo apresenta dois pontos importantes. Primeiro, fale sempre a verdade. Ao tentar resolver um desentendimento, não minta. Uma das tarefas mais difíceis dos conselheiros é discernir entre a verdade e a mentira. Se você enganar o conselheiro, e ele acreditar em suas mentiras, o prejuízo é todo seu. Uma solução edificada em mentiras está destinada ao fracasso. Segundo, o versículo apresenta outra coisa igualmente importante: ensina-nos como a verdade deve ser falada: em amor. A verdade não nos dá permissão para matar. Quando a verdade é dita de forma grosseira, alguém pode ficar machucado para sempre. Não nos esqueçamos de que a “verdade” que estamos falando deve estar preenchendo um dos requisitos do “amor”.
Por favor, não permitam que seus relacionamentos desmoronem por falta de manutenção.
(Greg Cummings - Jacinto Bulletin)

Nenhum comentário:

Postar um comentário