VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

8 de dez de 2014

DOIS TIPOS DE PESSOAS

As mal agradecidas a Deus.
O ateu não agradece a Deus. Ninguém agradece a um Deus em quem não acredita. Alguém explicou: “Não existem ateus agradecidos”.
O céptico ou agnóstico não agradece a Deus. Este tipo de pessoa não nega que Deus exista, mas duvida de sua existência. Quem não tem certeza absoluta da existência de Deus não consegue ser-lhe agradecido.
O esquecido não agradece a Deus. Para sermos agradecidos precisamos nos lembrar das coisas. Os pais sempre dizem aos filhos: “Não se esqueçam de agradecer”. Quando alguém se esquece das bênçãos divinas não vai agradecer por elas.
O auto suficiente não agradece a Deus. Um homem quis saber por que ele deveria agradecer a Deus pelo alimento, se ele é quem havia trabalho duro para comprá-lo. Infelizmente, ele não reconhecia sua dependência de Deus.
O ganancioso não agrada das bênçãos de Deus. Ele vive ocupado demais com seus próprios interesses para agradecer pelo que já tem. Paulo adverte sobre este perigo em 1 Timóteo 6.9-19.
O invejoso nunca será agradecido. Ele está muito ocupado desejando o que é dos outros. A inveja é chamada de “a podridão dos ossos” (Provérbios 14.30).
As agradecidas a Deus.
Pessoas agradecidas crêem em Deus de todo o coração. Os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó foram homens de grande fé e cheios de gratidão. Os cristãos firmes na fé são agradecidos a Deus.
Pessoas agradecidas dependem totalmente de Deus. É fácil agradecer quando nos lembramos do quanto somos dependentes de Deus. Já que todas as bênçãos físicas e espirituais vêm de Deus, não pode existir em nossos corações nenhum lugar para o orgulho ou a auto suficiência (Tiago 1.17).
Pessoas agradecidas nunca se esquecem do que Deus fez por elas. Só um dos dez leprosos lembrou-se de voltar e agradecer pela cura. Paulo escreveu aos filipenses: “Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós” (Filipenses 1.3). Esquecimento não desperta agradecimento.
Pessoas agradecidas têm o coração repleto de amor. Assim como o orgulho, a inveja e a ganância produzem ingratidão, o amor produz agradecimento. Quando mais amor sentimos, mais abundante será nossa gratidão.
Pessoas agradecidas param para dizer obrigado. Uma frase de agradecimento não leva muito tempo para ser dita, mas exige alguns minutos. As pessoas agradecidas a Deus gastam tempo agradecendo.
Pessoas agradecidas descobrem em todas as circunstâncias alguns motivos de agradecimentos. Depois de ter sido roubado, Matthew Henry escreveu em seu diário: “Em primeiro lugar, agradeço porque nunca fui roubado antes. Em segundo, porque apesar de terem levado minha carteira não tiraram minha vida. Terceiro, porque apesar de terem levado tudo, eu não tinha muito. Quarto, porque fui a vítima, e não o ladrão”.
O que sou eu? Agradecido ou mal agradecido?

(Main Street Monitor - Pulpit Helps)

Nenhum comentário:

Postar um comentário