VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

20 de abr de 2015

Devocional Boa Semente 20/04/2015

CABEÇAS DURAS; ALMAS MORTAS

Tanto na morte quanto na ressurreição do Senhor Jesus, Deus fez a terra a tremer; e, além disso, outro milagre ocorreu bem diante dos guardas romanos que guardavam a tumba. Um anjo do céu veio e rolou a grande pedra que bloqueava a entrada da tumba, e se sentou sobre ela. Suas vestes eram brancas e resplandecentes, seu rosto brilhava como um relâmpago. Não é de se estranhar que os guardas ficassem apavorados!
Quando os guardas relataram o que viram aos principais sacerdotes, estes os subornaram para mentir e dizer que os discípulos do Senhor Jesus roubaram o corpo dEle enquanto dormiam. É claro que qualquer pessoa de bom senso jamais engoliria esta mentira, pois se estavam dormindo, como os guardas sabiam que os discípulos tinham retirado o corpo?
Os sacerdotes sabiam muito bem que o Senhor dissera que ressuscitaria, mas um ódio descarado os impelia a agirem contra Deus. Deus claramente interveio, mandando um terremoto e um anjo, mas eles se recusaram a admitir isso!
Muitos santos ressuscitaram também e apareceram em Jerusalém (Mateus 27:52-53). Como é patético uma pessoa que se recusa a admitir fatos, não importa quão gritantes sejam! E, no entanto, essa é a atitude predominante hoje, entre os que andam “na vaidade da sua mente. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração” (Efésios 4:17-18).
A “dureza de coração” não é um ‘privilégio’ dos não-cristãos. Até entre os próprios cristãos essa é uma mentalidade que prevalece. Por isso o apóstolo nos adverte: “Vede que não rejeiteis ao que fala; porque, se não escaparam aqueles que rejeitaram o que na terra os advertia, muito menos nós, se nos desviarmos daquele que é dos céus” (Hebreus 12:25).

Nenhum comentário:

Postar um comentário