VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

28 de abr de 2015

O SALMÃO PODE; NÓS NÃO.

Quando o salmão sobe quilômetros de rios e riachos na época da piracema, está seguindo seu instinto. De certa maneira, ele é guiado por uma força incontrolável. O ser humano, por outro lado, é diferente. Não podemos culpar o instinto pelas nossas atitudes; somos responsáveis pelo que fazemos. Embora possamos ser impulsionados a agir, nós fazemos as escolhas que nos levam a pecar.
Um jovem condenado à morte, e que escapou da execução por meio de uma decisão de última hora do Supremo Tribunal, declarou que o instinto humano e o instinto animal são iguais. Ao referir-se aos assassinatos que cometeu, e a seu próprio destino, o jovem afirmou: “As coisas simplesmente acontecem”. Parece que ele acha que um tipo de força foi responsável por ele ter apertado o gatilho e matado duas pessoas que, por coincidência, estavam na cena do crime.
Há mais de 2.500 anos, alguns israelitas apresentaram o mesmo argumento. Eles citaram um conhecido provérbio que jogava para cima de seus ancestrais a culpa de seus pecados (Ezequiel 18.2). Mas Ezequiel disse-lhes que estavam errados. Que um homem justo não seria castigado pelos pecados de seu filho iníquo ; nem que um filho justo seria castigado pelos pecados de seu pai iníquo.
Não importa qual seja a nossa situação, somos responsáveis pelo que fazemos. Já é hora de pararmos de inventar desculpas pelos nossos pecados e darmos os primeiros passos em direção à responsabilidade individual, reconhecer nossa culpa e, então, confiar em Jesus Cristo.
(H. V. Lugt - Sword of the Lord)

Nenhum comentário:

Postar um comentário