VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

21 de abr de 2015

OS OBJETIVOS DO HUMANISMO

Meu interesse em identificar os objetivos dos humanistas vem de longa data. Por meio da imprensa e da mídia, penso ter sido possível reconhecer um grande número de objetivos que podem ser chamados de “um programa da esquerda para a família”. Eis como entendo alguns de seus alvos:
1. Convencer o público de que a educação e o desenvolvimento dos filhos são importantes demais para ficar à mercê dos caprichos e erros dos pais. Somente as autoridades e profissionais especializados em educação infantil, indicados pelo governo, são capazes de desenvolver esse trabalho. Os pais devem entregar a pessoas qualificadas a tarefa de educar seus filhos.
2. Fazer campanhas contínuas contra o uso de castigo físico como medida disciplinária. Esse tipo de correção é considerado uma violência contra a criança, mesmo que a disciplina seja aplicada prudentemente por pais carinhosos. Na verdade, querem aprovar uma lei que proíba esta prática.
3. Continuar enfatizando uma lista abrangente sobre “os direitos da criança”, provendo, com isso, bases para separar pais e filhos.
4. Conseguir que a pré-escola seja obrigatória a partir dos quatro anos; assim conseguirão exercer maior controle sobre a mente das crianças. Isso pode ser alcançado por meio de creches públicas. Uma vez que o dinheiro do governo é usado, fica mais fácil vencer a concorrência das creches particulares, e especialmente das escolinhas dirigidas por evangélicos.
5. Ensinar às crianças que o relacionamento homossexual é tão certo quanto o heterossexual, e que são, quase sempre, monogâmicos e duradouros. Ensinar às meninas que não é errado se apaixonar por alguém do mesmo sexo nem ter relação física tanto com meninas como com meninos (e os meninos aprendem o mesmo). Criar programas escolares de aconselhamento para alunos homossexuais; esses programas permitiriam o proselitismo sutil. (A Rede de Ensino Público de Los Angeles, onde, acredita-se, 10 por cento dos alunos são homossexuais, implantou esse tipo de programa, que orienta no recrutamento de novos participantes e dá-lhes toda a orientação necessária.)
6. Desmistificar o ocultismo. A contribuição da atriz Shirley MacLaine foi inestimável
nessa área. Qualquer tipo de crença—com exceção do Cristianismo—é bem vinda, incluindo-se aqui o misticismo oriental.
7. Retirar dos livros escolares, das festas cívicas e das atividades políticas qualquer referência ao nome de Deus.
8. Tentar acabar com a isenção de impostos garantida às igrejas e instituições religiosas, e exercer controle sobre elas por meio de regulamentação e proibições.
9. Exigir que empresas, escolas e igrejas contratem funcionários homossexuais.
10. Promover reuniões que celebrem o “orgulho homossexual”, e lutar para que o casamento entre homossexuais seja legalmente reconhecido.
11. Dar ao governo mais poder e espaço para controlar a vida dos cidadãos.
12. Aumentar a carga tributária, obrigando as mães a trabalhar fora e deixar seus filhos em creches.
13. Exigir que as mulheres na carreira militar lutem nas guerras.
14. Acabar com a censura relacionada a todo tipo de pornografia, incluindo a infantil.
15. Eliminar o sistema de censura cinematográfica, pois assim o público terá mais dificuldade em evitar os filmes de violência e sexo explícito.
16. Fazer as donas de casa se sentirem exploradas, bobas e inúteis. Ridicularizar de modo especial as universitárias que pensem em casar e ter filhos, ou que queiram deixar a carreira em segundo plano ou abandoná-las de vez.
17. Opor-se tenazmente ao ensino (ou menção) de que o mundo foi criado por Deus.
18. Votar apenas em candidatos de partidos de esquerda.
19. Ampliar os direitos dos alunos dentro das escolas, relaxar a disciplina e limitar a autoridade de professores e diretores.
20. Implementar um programa sexual mais agressivo, sem bases morais, iniciando-o na pré-escola. A chave do programa deve ser o “sexo seguro”.
21. Legalizar o infanticídio em casos de deficiência mental ou física severas.
22. Garantir o “direito de morrer” ao doente que não queira mais viver. Os médicos devem ser livres para praticar a eutanásia. 
23. Fazer campanha para que todas as leis que proíbam atos imorais sejam banidas
24. Lutar com unhas e dentes pelo direito de aborto—não importando o adiantado de gravidez—seja qual for o motivo.
25. Tornar as crianças insensíveis aos assassinatos e à violência de todo tipo, e ajudá-las a considerar a vida só pelo lado material.
Tenho certeza de que há muitos outros objetivos, no entanto, esses me parecem ser os mais urgentes.
(Do artigo Children at Risco (Crianças em Perigo), escrito pelo dr. James Dobson. Usado com permissão de Word Inc., Dalas, Texas, 1999. Pulpit Helps)

Nenhum comentário:

Postar um comentário