VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

8 de mai de 2015

Devocional Boa Semente 08/05/2015

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane (Mateus 24:4).

GUSTAVE LE BON

O psicólogo social francês Gustave Le Bon é considerado o fundador da psicologia de massas. Em sua obra “Psicologia das Multidões”, escrita em 1895, ele descreve quão facilmente as pessoas podem ser influenciadas, como estão dispostas a crer em frases de propaganda (seja de que tipo for), e o quanto são propensas a enganos sutis. O livro afirma literalmente (em tradução livre):

“Para influenciar pessoas jamais deve-se tentar mostrar uma prova. A única evidência reconhecida é uma afirmação descarada e despudorada. As pessoas nunca foram sedentas pela verdade. Elas preferem idolatrar o erro… A prontidão com que as afirmações são aceitas como corretas está ligada à falta de vontade das pessoas de reunir as informações necessárias para formar a própria opinião”.

Isso é para se pensar.

Os discípulos certa vez perguntaram ao Senhor Jesus Cristo qual seria o sinal de sua vinda. Ele respondeu com esta advertência: “Acautelai-vos, que ninguém vos engane”. Engano seria uma característica marcante dos últimos dias! ele leva as pessoas a verem o Senhor Jesus de incontáveis formas: um bom Mestre, um Espírito iluminado, o Menino Jesus, um Exemplo de caridade, e tantas outras bobagens.

Você, querido leitor, já se esforçou para reunir as evidências e formar um juízo próprio sobre o Senhor Jesus? Ou é como a maioria que, crédula e ignorantemente, segue o que outros dizem?

Nenhum comentário:

Postar um comentário