VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

17 de dez de 2012

HOMILÉTICA


DEFINIÇÃO: A arte de preparar e apresentar sermões.
TEXTO CHAVE: 1 TIM. 4:11-16
Existem vários importantes aspectos na elaboração e apresentação de uma mensagem bíblica. Alguns são indispensáveis, outros importantes e muito desejáveis mas não absolutamente obrigatórios.
Coloque os seguintes ítens na ordem de prioridade de acordo com sua opinião:
HOMILÉTICA/RETÓRICA/HERMENÊUTICA/ PODER/EXEMPLO/ SABEDORIA/DOUTRINA/ 
EXEMPLO: "Torna-te padrão dos fiéis"
(1 Tim.4:12) admoesta o idoso Paulo ao novato homilética Timóteo. Logo adiante continua recomendando "tem cuidado de ti mesmo". A prioridade do exemplo acima dos outros ingredientes que constituem o pregador, é enfatizada pelo apóstolo ao asseverar que seria desqualificado sem o mesmo: "mas esmurro o meu corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado" (1 Cor. 9:27). Tiago aprova o mestre somente sob a condição de controlar a língua, sinal de ter o corpo todo sob domínio.
DOUTRINA: A doutrina tem valor superior ao exemplo em si. O exemplo em si não salva ninguém. O mau exemplo pode sufocar, e na regra sufoca, a mensagem, portanto prioritário na escala cronológica.
Paulo escreve "ensina estas cousas" e mais adiante "tem cuidado ... da doutrina". Estes textos excluem a pregação de idéias próprias e exorta ao cuidado pela doutrina. Uma vida desviada leva ao desvio na doutrina. Por isso em primeiro lugar cuidado de si mesmo e em segundo lugar cuidado pela doutrina. Ao
mesmo tempo, doutrina errada leva ao desvio na conduta.
HERMENÊUTICA: Logo em seguida já vem as regras de interpretação da Bíblia. A muito conhecida frase "um texto fora de contexto é um pretexto" neste lugar é que mais se torna realidade.
Existem certas leis se negligenciadas levam aos mais graves desvios teológicos.
PODER E SABEDORIA: O poder na pregação é resultado direto da influência e liberdade de ação do Espírito Santo, "e recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo". Jesus disse, que tanto o Espírito Santo quanto nós seríamos testemunhas e que o Espírito Santo convenceria o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Uma mensagem tecnicamente perfeita não terá valor sem o poder. O Espírito Santo atuará quando não confiarmos em nossas capacidades mas sim completamente em sua atuação; dermos toda a glória a Deus pelos resultados pois Ele "não reparte a sua glória com ninguém"; estivermos "andando no Espírito" e não na carne; e regarmos o sermão com tempo gasto em oração na presença de Deus.
Salomão afirma que "o sábio ganha almas" (Prov. 11:30). O pregador pode ferir os sentimentos de pessoas com declarações levianas e fechar o seus corações para a mensagem. Requer-se muita sabedoria para alcançar o coração do ouvinte. A sabedoria é de fundamental importância no conhecimento da natureza humana e na aplicação de princípios Bíblicos para vir de encontro às mesmas. Nossa sabedoria é
Cristo, pois então é nEle que buscamos o exemplo em tudo.
RETÓRICA: Em último lugar anotamos a forma de apresentação da mensagem. Não pelo fato de não ser importante, é muito importante, mas porque normalmente é considerada a mais importante, e não é. Mas de que serve a mensagem se não é compreensível ao ouvinte ou chateia pela monotonia. A vida do pregador pode ser impecável, sua mensagem de conteúdo sólido, mas se não chegar ao coração do ouvinte que proveito terá?
CONCLUINDO: Pregue DOUTRINA: darás FIRMEZA ao ouvinte.
Viva o EXEMPLO: mostrarás o RUMO a ser seguido.
Interprete a PALAVRA: ensinarás VERDADE absoluta.
Pregue no PODER do Espírito Santo: as palavras transmitirão VIDA.
Clame por SABEDORIA: o CORAÇÃO do ouvinte será alcançado.
Apresente-se bem no VOCABULÁRIO, TONALIDADE, VOLUME e GESTICULAÇÃO: o ouvinte estará ATENTO.
Pr. Fridolin Janzen

Nenhum comentário:

Postar um comentário