VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

20 de jan de 2013

Famosos Desconhecidos


Vivemos dias onde a fama e a popularidade são almejadas por dezenas ou centenas de milhares. Entrar na mídia mesmo que por quinze minutos seria o "céu" para alguns. Programas de cadeia nacional fomentam ainda mais este anseio, como o atual Big Brother, ou a Casa dos Artistas, e ainda outros de menor repercussão.
Quando olhamos na Palavra de Deus, também encontramos pessoas que gostavam da notoriedade. Primeiro, vemos Lameque, que buscou a fama de uma maneira bizarra e nociva. Sua popularidade baseava- se na violência. Vemos ainda os homens por trás da Torre de Babel. Seu propósito em construí-la é descrito em Gênesis 11:4 "disseram: Vinde, edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo tope chegue até aos céus e tornemos célebre o nosso nome, para que não sejamos espalhados por toda a terra". Poderíamos citar ainda Coré, Saul, e outros mais que você possa pensar.
Surpreendente é encontrarmos pessoas que não tinham nenhuma aparente pretensão de serem notados, mas tiveram suas vidas lançadas ao conhecimento público. A razão: seu relacionamento com Deus. Talvez o mais impressionante caso disto tenha sido o de Enoque. O que você pode dizer de Enoque? Quantos anos viveu; teve um filho chamado Matusalém, andou com Deus, fora transladado e teve outros filhos não nomeados. Além disso, o que mais você sabe? Quantas casas ele construiu ou derrubou? Será que atravessou algum rio ou mar furioso? Será que ele venceu alguma grande batalha, ou algum grande gigante? Será que temos suas memórias guardadas em livros de sabedoria? O que mais podemos dizer do homem chamado Enoque? Para a tristeza dos que têm espírito inquiridor, a resposta é nada. Nenhum grande feito além de andar com Deus e anunciar sua palavra (Jd 14).
Que contraste encontramos aqui. Enquanto estamos preocupados em atrair para nós os olhos dos homens, Enoque tinha o desejo de atrair os olhos de Deus. A amizade com Deus era o seu prazer. Aliás, preciso corrigir, a amizade com Deus É o seu prazer. Não tinha o desejo de que todo o mundo soubesse a respeito dele, como hoje o é. Não tinha aspirações de ser singular, mas foi um de dois homens que não viram a morte, entre milhões de milhões de pessoas que, desde Adão, andaram por este lugar que chamamos Terra.
Que tipo de popularidade você está atrás? Deixe te dizer somente isto: você não precisa ser popular pra ser famoso. Quantos exemplos podemos citar deste fato: Enoque, Abraão (Gn 12:1-3); Maria, irmã de Lázaro (Mc 14:9); a viúva pobre (Lc 21:2-3). Você pode lembrar algum mais?
Amado(a) irmão(ã), procure os olhos de quem realmente importa para nos observar. Não pecar seu tempo querendo agradar homens, ou atrair a atenção de homens. Busque a Deus, ande com Deus, creia em Deus, viva pra Deus. Se você for notado aos Seus olhos, o de ninguém mais importa. Se você for famoso aos olhos de Deus como o foi Jó (1:8), o que poderá a fama aos olhos dos homens nos acrescentar, senão orgulho e vaidade?
Julgue você mesmo que caminho tomar. Eu quero o melhor: andar com Deus
Por Pr. Ricardo Leite
Retirado da Revista Fundamentos da Fé, Nº 22 / 2006

Nenhum comentário:

Postar um comentário