VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

5 de jun de 2013

MEDO SÓ DO PECADO


Durante os primeiros anos da igreja cristã, dos tempos apostólicos à Idade Média e chegando à Reforma, os cristãos foram brutalmente perseguidos onde quer que estivessem.
Tentaram impedir seus ensinos de todas as maneiras possíveis: queimando e torturando-os em estacas, enterrando-os vivos, atirando-os na arena para serem despedaçados vivos pelos animais, afogando-os, mandando-os para o exílio, confiscando suas propriedades; mas tudo foi em vão. Quanto mais os exércitos de Satanás trabalhavam, maior era o número de cristãos.
Um imperador explodiu em fúria: “O que vamos fazer com esse povo para dar um basta nessa seita estranha? Parece que eles não têm medo de nada. Não importa o que façamos, não se acovardam. Se os jogamos na prisão, cantam e oram e, com sua alegria, acabam convertendo outros prisioneiros. Se os mandamos pra fogueira, vão para lá cantando, orando, louvando a Deus, alegrando-se porque a redenção está próxima, dizendo que estão a caminho da terra gloriosa. Se confiscamos suas propriedades, só tiramos o que é dos pobres. Parece que não há como amedrontá-los”.
Um dos servos desse imperador explicou: “Se o senhor deseja acabar com eles, tem de fazê-los pecar. Eles não têm medo de nada, só do pecado. Se conseguir fazê-los pecar, então acabará com eles”.
É exatamente isso. Quando a perseguição chegou ao fim, as pessoas ficaram mais livres, e começaram a se interessar pelas coisas deste mundo, e o cristianismo verdadeiro passou a sofrer sobre a carga dos prazeres mundanos.
Um pastor bastante conhecido disse: “Satanás descobriu um jeito esperto de lidar com os cristãos. Ele terminou com a perseguição, e despertou o interesse deles pelas coisas deste mundo. Vemos isso em todas as instâncias da vida”.Ele continuou, dizendo que estão construindo mansões e vivendo na luxúria da carne.
Um político famoso afirmou: “Nada é mais difícil para uma pessoa do que os dias sem problemas”. Dias sem problemas deixam os homens despreocupados, e eles vão relaxando com as coisas, e acabam perdendo algumas boas virtudes necessárias para a edificação do povo de Deus e a constituição do seu reino.
(Messenger of Truth)

Nenhum comentário:

Postar um comentário