VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

31 de out de 2013

CINCO RAZÕES PORQUE ORAÇÕES DEVEM SER RESPONDIDAS.


Alguém perguntou a George Mueller, “Você poderia me dar suas razões para tão forte fé?” “Sim”, ele disse, “eu creio que minhas orações serão respondidas porque eu tenho cumprido estas cinco condições:
PRIMEIRA: Eu não tenho dúvida em orar pela salvação deles conhecendo como conheço que é pela Palavra de Deus que eles poderão ser salvos, porque Ele quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade! (I Tim.2:4) “E esta é a confiança que tomos nEle, que, se pedirmos alguma coisa, segundo sua vontade, Ele nos ouve”. (I João 5:14). 
SEGUNDA: A segunda razão é que eu nunca supliquei a salvação deles em meu próprio nome, mas no todo poderoso nome de meu precioso Senhor Jesus! (João 14:14), que está na base de Seu mérito e valor e é único.
TERCEIRA: A terceira razão é que eu tenho sempre crido na capacidade e boa vontade de Deus em responder minhas orações. (Marcos 11:24).
QUARTA: A quarta razão é que eu não tenho permitido a mim mesmo permanecer em pecados conhecidos, porque se “eu contemplar a iniqüidade em meu coração, o Senhor não me ouvirá”. (Salmo 66:18).
QUINTA: A quinta razão é que eu tenho crido na oração por 52 anos, e continuarei crendo até que a resposta seja dada. Lucas 18:7. “E Deus não fará justiça aos seus escolhidos que clamem a Ele de dia e de noite...?
Certamente esta tem sido a diferença entre George Mueller e milhões de queridos filhos de Deus. Sempre que o Senhor mostrava a ele que aquele era Seu desejo ele orava, ele continuava a orar até que a resposta chegasse.

TRÊS METAS NO ESTUDO DA BÍBLIA


Quais são as metas para o estudo da Bíblia? As melhores são estabelecidas em forma de perguntas, e 3 boas perguntas com relação ao estudo da Bíblia são:
   1. O que diz?
   2. O que significa?
   3. Como pode ser aplicado?
Cada meta ou pergunta precisa ser respondida. Nós temos de pensar claramente sobre o que Deus está nos dizendo. Nós temos de pensar profundamente sobre o que isto significa para nós. Nós temos de pensar amplamente sobre o que nós podemos fazer com isto. Muitos realizam a primeira meta. Poucos realizam a segunda. Menos ainda atingem a meta final.

LIÇÕES GRATUITAS


Cada passo será mostrado, do planejamento à execução, dos seguintes crimes: como ser um ladrão de bolsas; como ser um trapaceiro; como jogar sujo; como matar pessoas inocentes e policiais; como assaltar mulheres; como lutar com facas, correntes, garrafas quebradas, etc.
Estas lições serão ensinadas para todas as idades da pré-escola ao ginasial e idade adulta. As lições serão ensinadas em sua própria casa para sua melhor comodidade.
Esteja preparado para assistir T.V.toda noite, porque é nela que estas lições serão ensinadas.

SUGESTÕES PARA O SEU CRESCIMENTO ESPIRITUAL


Crescimento espiritual é resultado de se confiar em Jesus Cristo. “O justo viverá pela fé” (Gál.3:11). Uma vida de fé o capacitaria a confiar em Deus de maneira crescente em todos os aspectos da sua vida, e a praticar o seguinte:
Cultivar uma vida de oração (João 15:7).
Revigorar-se pela leitura diária da Palavra de Deus (Atos 17:11).
Estar sempre disposto a obedecer avontade de Deus (João 14:21).
Ser uma testemunha fiel, no viver e no falar (Mat.4:19; João 15:8).
Consagrar a Deus seu corpo, tempo e talentos (1 Cor.6:19,20).
Esperar de Deus a orientação para a vida (1 Ped.5:7).
Revestir-se do poder do Espírito Santo para a vida vitoriosa (At.1:8; Gál.5:16,17).
pr. João Marcos Sarraf

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 27)

Isaías 58-60


Isaías 58

 (1) CLAMA em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados. (2) Todavia me procuram cada dia, tomam prazer em saber os meus caminhos, como um povo que pratica justiça, e não deixa o direito do seu Deus; perguntam-me pelos direitos da justiça, e têm prazer em se chegarem a Deus, (3) Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais achais o vosso próprio contentamento, e requereis todo o vosso trabalho. (4) Eis que para contendas e debates jejuais, e para ferirdes com punho iníquo; não jejueis como hoje, para fazer ouvir a vossa voz no alto. (5) Seria este o jejum que eu escolheria, que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a sua cabeça como o junco, e estenda debaixo de si saco e cinza? Chamarias tu a isto jejum e dia aprazível ao SENHOR? (6) Porventura não é este o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo e que deixes livres os oprimidos, e despedaces todo o jugo? (7) Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres abandonados; e, quando vires o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne? (8) Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti, e a glória do SENHOR será a tua retaguarda. (9) Então clamarás, e o SENHOR te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente; (10) E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia. (11) E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam. (12) E os que de ti procederem edificarão as antigas ruínas; e levantarás os fundamentos de geração em geração; e chamar-te-ão reparador das roturas, e restaurador de veredas para morar. (13) Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras, (14) Então te deleitarás no SENHOR, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do SENHOR o disse.

Isaías 59

 (1) EIS que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. (2) Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. (3) Porque as vossas mãos estão contaminadas de sangue, e os vossos dedos de iniqüidade; os vossos lábios falam falsidade, a vossa língua pronuncia perversidade. (4) Ninguém há que clame pela justiça, nem ninguém que compareça em juízo pela verdade; confiam na vaidade, e falam mentiras; concebem o mal, e dão à luz a iniqüidade. (5) Chocam ovos de basilisco, e tecem teias de aranha; o que comer dos ovos deles, morrerá; e, quebrando-os, sairá uma víbora. (6) As suas teias não prestam para vestes nem se poderão cobrir com as suas obras; as suas obras são obras de iniqüidade, e obra de violência há nas suas mãos. (7) Os seus pés correm para o mal, e se apressam para derramarem o sangue inocente; os seus pensamentos são pensamentos de iniqüidade; destruição e quebrantamento há nas suas estradas. (8) Não conhecem o caminho da paz, nem há justiça nos seus passos; fizeram para si veredas tortuosas; todo aquele que anda por elas não tem conhecimento da paz. (9) Por isso o juízo está longe de nós, e a justiça não nos alcança; esperamos pela luz, e eis que só há trevas; pelo resplendor, mas andamos em escuridão. (10) Apalpamos as paredes como cegos, e como os que não têm olhos andamos apalpando; tropeçamos ao meio-dia como nas trevas, e nos lugares escuros como mortos. (11) Todos nós bramamos como ursos, e continuamente gememos como pombas; esperamos pelo juízo, e não o há; pela salvação, e está longe de nós. (12) Porque as nossas transgressões se multiplicaram perante ti, e os nossos pecados testificam contra nós; porque as nossas transgressões estão conosco, e conhecemos as nossas iniqüidades; (13) Como o prevaricar, e mentir contra o SENHOR, e o desviarmo-nos do nosso Deus, o falar de opressão e rebelião, o conceber e proferir do coração palavras de falsidade. (14) Por isso o direito se tornou atrás, e a justiça se pôs de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas ruas, e a eqüidade não pode entrar. (15) Sim, a verdade desfalece, e quem se desvia do mal arrisca-se a ser despojado; e o SENHOR viu, e pareceu mal aos seus olhos que não houvesse justiça. (16) E vendo que ninguém havia, maravilhou-se de que não houvesse um intercessor; por isso o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça o susteve. (17) Pois vestiu-se de justiça, como de uma couraça, e pôs o capacete da salvação na sua cabeça, e por vestidura pôs sobre si vestes de vingança, e cobriu-se de zelo, como de um manto. (18) Conforme forem as obras deles, assim será a sua retribuição, furor aos seus adversários, e recompensa aos seus inimigos; às ilhas dará ele a sua recompensa. (19) Então temerão o nome do SENHOR desde o poente, e a sua glória desde o nascente do sol; vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do SENHOR arvorará contra ele a sua bandeira. (20) E virá um Redentor a Sião e aos que em Jacó se converterem da transgressão, diz o SENHOR. (21) Quanto a mim, esta é a minha aliança com eles, diz o SENHOR: o meu espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se desviarão da tua boca nem da boca da tua descendência, nem da boca da descendência da tua descendência, diz o SENHOR, desde agora e para todo o sempre.

Isaías 60

 (1) LEVANTA-TE, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti; (2) Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o SENHOR virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti. (3) E os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu. (4) Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes já se ajuntaram, e vêm a ti; teus filhos virão de longe, e tuas filhas serão criadas ao teu lado. (5) Então o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão a ti. (6) A multidão de camelos te cobrirá, os dromedários de Midiã e Efá; todos virão de Sabá; ouro e incenso trarão, e publicarão os louvores do SENHOR. (7) Todas as ovelhas de Quedar se congregarão a ti; os carneiros de Nebaiote te servirão; com agrado subirão ao meu altar, e eu glorificarei a casa da minha glória. (8) Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas? (9) Certamente as ilhas me aguardarão, e primeiro os navios de Társis, para trazer teus filhos de longe, e com eles a sua prata e o seu ouro, para o nome do SENHOR teu Deus, e para o Santo de Israel, porquanto ele te glorificou. (10) E os filhos dos estrangeiros edificarão os teus muros, e os seus reis te servirão; porque no meu furor te feri, mas na minha benignidade tive misericórdia de ti. (11) E as tuas portas estarão abertas de contínuo, nem de dia nem de noite se fecharão; para que tragam a ti as riquezas dos gentios, e, conduzidos com elas, os seus reis. (12) Porque a nação e o reino que não te servirem perecerão; sim, essas nações serão de todo assoladas. (13) A glória do Líbano virá a ti; a faia, o pinheiro, e o álamo conjuntamente, para ornarem o lugar do meu santuário, e glorificarei o lugar dos meus pés. (14) Também virão a ti, inclinando-se, os filhos dos que te oprimiram; e prostrar-se-ão às plantas dos teus pés todos os que te desprezaram; e chamar-te-ão a cidade do SENHOR, a Sião do Santo de Israel. (15) Em lugar de seres deixada, e odiada, de modo que ninguém passava por ti, far-te-ei uma excelência perpétua, um gozo de geração em geração. (16) E mamarás o leite dos gentios, e alimentar-te-ás ao peito dos reis; e saberás que eu sou o SENHOR, o teu Salvador, e o teu Redentor, o Poderoso de Jacó. (17) Por cobre trarei ouro, e por ferro trarei prata, e por madeira, bronze, e por pedras, ferro; e farei pacíficos os teus oficiais e justos os teus exatores. (18) Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, desolação nem destruição nos teus termos; mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas Louvor. (19) Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o SENHOR será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória. (20) Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua lua minguará; porque o SENHOR será a tua luz perpétua, e os dias do teu luto findarão. (21) E todos os do teu povo serão justos, para sempre herdarão a terra; serão renovos por mim plantados, obra das minhas mãos, para que eu seja glorificado. (22) O menor virá a ser mil, e o mínimo uma nação forte; eu, o SENHOR, ao seu tempo o farei prontamente.

DEVOCIONAL PARA HOJE 31/10/2013


VERSÍCULO:
   Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.  -- 2 Coríntios 10:3-5

PENSAMENTO:
   Na nossa batalha contra o mal, usamos as armas espirituais de Deus que nos capacitam para conhecer a verdade e a liberdade que a verdade traz.  As maiores armas do diabo são engano e morte.  A graça de Deus nos permite ver além do engano e demolir a garra falsa nas mentes de homens e mulheres.  O poder de Deus quebrou a barreira da morte e nos deu vitória em Jesus Cristo.  Qual a nossa tarefa nesta marcha vitoriosa?  Obedecer nosso Senhor e ajudar outros a fazerem o mesmo, descobrindo que a graça e poder dele são suficientes para nos ajudar a superar tudo que encaramos que poderia nos derrotar.

ORAÇÃO:
   Pai, por favor, use-me para derrotar o poder do diabo e a sua influência nas vidas das pessoas que amo.  Em nome de Jesus.  Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1031.html

30 de out de 2013

53ª Conferência de Aniversário da IBR de Ipanguaçu


      





      


NÃO É COMIGO


Esta é uma história sobre quatro pessoas, cujos nomes eram os seguintes: Tudo Mundo, Alguém, Qualquer Um e Ninguém. Havia um importante trabalho a ser feito e TUDO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM o faria. QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM zangou-se porque era um trabalho de TUDO MUNDO. Agora TUDO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TUDO MUNDO deixasse de fazê-lo. Ao final, TUDO MUNDO culpou ALGUÉM, quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.
Quando Jesus nos dá uma ordem devemos obedece-lo. Não adianta olhar para os demais irmãos, nas suas obras, nas suas fraquezas, falhas, vitórias ou derrotas. O Senhor quer a nossa obediência e submissão. Que Deus nos ajude a deixar de ser TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM, e NINGUÉM, para sermos todos DISCÍPULOS DE JESUS.

COMO ACHAR O PASTOR IDEAL?


Assim como Cristo, o pastor é alvo das mais desencontradas opiniões.
Se o pastor é ativo, é ambicioso, se é calmo, é preguiçoso.
Se o pastor é exigente, é intolerante, se não exige, é displicente.
Se o pastor visita, é incômodo, se não visita, é irresponsável com as ovelhas.
Se o pastor fica com os jovens, é imaturo, se fica com os adultos, é antiquado, se fica com as crianças, é infantil.
Se o pastor procura atualizar-se, é mundano, se não atualiza, é mente fraca.
Se o pastor cuida da família, é descuidado com a igreja.
Se o pastor prega muito tempo, é prolixo, cansativo, se prega pouco, é que não tem mensagem.
Se o pastor procura agradar a todos, é sem personalidade, se é positivo e procura corrigir, é parcial.
Se o pastor sorri, é irreverente, se não sorri, é cara dura.
Se não realiza, é que não tem idéias.
Se chora no púlpito, é chorão.
Se o pastor organiza trabalho, é explorador de rebanhos, se não realiza, é que não dá trabalho ao rebanho de Deus.
Se o pastor fala alto, é que não tem argumento na pregação, se fala baixo, é um coitado, não tem voz.
Se o pastor prega nas ruas, está barateando o evangelho, se só fica nas igrejas, é acomodado nas quatro paredes.
Pr. Marcelo França

UM MOVIMENTO CHAMADO “IGREJA LOCAL


Introdução: 
1. Estamos cercados de seitas.Agora surge (conforme já pregamos em 15/6/86), o movimento denominado “A Igreja Local”.
2. “NOTEIS BEM”, é a ordem do apóstolo. Isso fazendo exatamente para elucidar os crentes contra “movimentos” que buscam crescer tirando os membros das igrejas. (Pescadores de Aquário). É uma característica de seita.
3. Procuram os crentes com literatura atraente: folhetos, jornais (Árvore da Vida), etc. Os desavisados, mais os que têm conflitos com liderança pastoral sem afinação com a sã doutrina, são levados com facilidade “POR TAIS VENTOS DE DOUTRINA.”
4. Eis algumas considerações sobre o movimento e o que a Bíblia esclarece ao povo de Deus sobre os ensinamentos errados deste grupo: 
I. HISTÓRICO: WATCHMAN NEE, jovem cristão chinês, diante da frieza das igrejas chinesas iniciou um movimento chamado “PEQUENO REBANHO”. W. Nee buscou através do estudo das cartas de João, uma igreja baseada na Unidade e no Amor. O movimento cresceu e se expandiu. WITNEES LEE: Nos anos 40, W. LEE entrou para o movimento, atuando na ilha Formosa com muito sucesso. No final da década de 50, W. LEE emigrou com um grupo de chineses para Los Angeles, EUA e prosseguiu o trabalho.
   1.1.A DIVISÃO: No ano de 1962 o grupo se dividiu. O grupo liderado por W. LEE passou a chamar-se a “VERDADEIRA IGREJA LOCAL”.
   1.2.A DISTORÇÃO: W.LEE distorceu alguns conceitos de WATCHMAN NEE e criou outros totalmente diversos. Essa seita se expandiu para DINAMARCA, CANADÁ e BRASIL.
   1.3.LITERATURA: Uma literatura bonita e atraente é sutilmente usada para pescar no Aquário dos crentes. O crescimento da seita é através deste tipo de proselitismo. Temos sido alvo deste dardo do maligno. Os poucos que foram atingidos e iludidos, agora, através de amizades com membros da igreja, procuram visitar os membros desta igreja, aproveitando e dando os tais jornais, folhetos etc. Quem os recebe e não vê com clareza o desejo dos tais, também está em cegueira. Daí, o Alerta do apóstolo: “NOTEIS BEM AQUELES QUE PROVOCAM DIVISÕES.” É a especialidade das seitas.
II. A SEITA QUANTO A BÍBLIA _ Salmos 119:110
   2.1. Somente se deixa levar por ventos de doutrinas quem “NÃO CONHECE AS ESCRITURAS” (Mateus 22:29)
   2.2. A “IGREJA LOCAL” afirma que a Bíblia é o livro de Regra e Fé, todavia os ESCRITOS DE WITNESS LEE tem o mesmo valor que as ESCRITURAS . (Toda seita com seu “Messias”).
   2.3. Os DISCORDANTES DE W.LEE são expulsos do “Movimento”. W. LEE é considerado como um profeta. Os crentes não se deixam enganar. VEJA I JOÃO 4:4.
   2.4. ORAR LENDO: LEE criou o tipo de ORAR LENDO. A BÍBLIA SE TORNA um livro de Oração e suas frases devem ser repetidas. EXEMPLO: (Gál. 2:20) “EU ESTOU CRUCIFICADO COM CRISTO.” (Com seus olhos na Bíblia e profunda interiorização, a pessoa diz:LOUVADO SEJA O SENHOR; EU ESTOU CRUCIFICADO. LOUVADO SEJA O SENHOR; CRUCIFICADO COM CRISTO. AMÉM. CRUCIFICADO COM CRISTO. ALELUIA! AMÉM! AINDA ASSIM. AMÉM! NÃO EU, MAS CRISTO...) Veja as PALAVRAS DE CRISTO em Mateus 6:7-8.
   2.5. FECHAR OS OLHOS: Lee ensina que não existe necessidade de fechar os olhos para orar. É melhor fechar a mente. Não existe necessidade compor frase ou criar oração. MAS A BÍBLIA NOS ENSINA: “Longe de mim, que eu peque contra o Senhor deixando de orar por vós...” (Ana, Ezequias, Esdras etc.)
   2.6. ENSINO INSPIRADO: Estes fatos até aqui apresentados, revelam que o ensino de W.Lee tem valor inspirado.
   2.7. A BÍBLIA É DEUS E NÃO A REVELAÇÃO DE DEUS: Como isso o movimento cria outro evangelho. Sobre isso, somos ensinados pela PALAVRA DE DEUS:“Assim como já dissemos e agora repito: se alguém prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema.” (Gálatas 1:8-9).
   2.8. O ESTUDO BÍBLICO: Lee ensina que não se deve dar importância ao conhecimento racional no estudo bíblico. Mas a Bíblia nos ensina em I Tess.5:21...“Provai todas as cousas. Examinai tudo.” Col.1:9-10 Paulo ora para que os crentes sejam cheios do conhecimento de Deus e Sua Vontade... II Tim.2:15 nos exorta a “Manejarmos bem a Palavra da verdade...” II Tim.3:15-17 “Timóteo era instruído na Palavra desde a sua meninice.”
III. A SEITA QUANTO A TRINDADE:
   3.1. “O Movimento” tem o PAI, O FILHO E O ESPÍRITO SANTO como mesma pessoa tanto quanto o mesmo Deus, e cada um deles é um passo sucessivo ou estágio na revelação de Deus ao Homem. A BÍBLIA MOSTRA CLARAMENTE A DISTINÇÃO ENTRE AS PESSOAS DO PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO; O Pai e o Filho tem vontade separadas, mas nunca conflitantes. Ver Lucas 22:42 “Pai, se queres, passa de mim este cálice: contudo não se faça a minha vontade, e sim a tua.” 
   3.2. Lee ensina que DEUS SE TORNA A IGREJA. A Trindade pode ser formada por 4: O Pai, que está no Filho, que está no Espírito, que está no corpo.

   3.3. DEUS CONTINUA SE DESENVOLVENDO: Cada vez que uma pessoa entra na igreja, Deus está se desenvolvendo. Veja Malaquias 3:6 “Eu, O Senhor, não mudo.”
IV. QUANTO AO HOMEM.
   4.1. Doutrinas Gnóstica: Escolhendo a árvore do mal o homem passou a expressar o diabo. O diabo está dentro do corpo humano. O corpo humano não é bom ou mal em si mesmo, mas a natureza espiritual do homem é que é corrompida pelo pecado. Romanos 8:8 - Romanos 7:18.
   4.2. CRISTO NA CRUZ TORNOU-SE UM COM O DIABO. É o ensino de Lee. Isso é falso, pois em JESUS CRISTO não habitou pecado algum. “O qual não cometeu pecado nem dolo algum se achou em sua boca.” I Pedro 2:22
   4.3. A Salvação do Homem: O homem é salvo quando diz 3 vezes “SENHOR JESUS”, não é preciso pregação alguma. Se o incrédulo for ajudado a dizer 3 vezes “Senhor Jesus”, ele está salvo. (É bom lembrar Mat.7:21-23 e 25:41,46). Sabemos que: SALVAÇÃO ENVOLVE ARREPENDIMENTO - Mat.3:2 e 4:4 SALVAÇÃO ENVOLVE FÉ - João 6:29 - João 8:24, Atos 16:31 SALVAÇÃO ENVOLVE REGENERAÇÃO - João cap.3.
V. QUANTO A IGREJA
   5.1. O movimento se tornou exclusivista. Somos chamados de ORGANIZAÇÕES DO DIABO. Quanto a este assunto, apenas ilustro com vidas:
a. Paulo Corenchuc - Sofia Miller - Bob Joe Power - etc. (recentes)
b. Eurico Nelson - Hudson Taylor - Davi Livingston - etc. Estas vidas saíram de organizações satânicas?
   5.2. O movimento tem apenas DIÁCONOS e PRESBÍTEROS. São contrários a pastores. (Uma boa quantidade dos membros do movimento sempre tiveram problema com a liderança pastoral.) A Bíblia fala sobre pastores: HEBREUS 13:7 e 10 e EFÉSIOS 4:11 - I PEDRO 5:1-4. 
   5.3. CONTRADIÇÃO: Combatem tanto o sistema PAPAL e no entanto, WITNESS LEE é o “papa” do movimento, pois tem o ministério da restauração.
   5.4. ORDENANÇAS: São 3:CEIA: realizada todos os domingos. Significa comer e beber do Senhor. BATISMO: realizado várias vezes para enterrar o velho homem e para que o novo ressuscite com Cristo. IMPOSIÇÃO DAS MÃOS: Quando alguém é enviado como missionário. A principal forma de aumentar os adeptos é através do proselitismo.
CONCLUSÃO:
1. Seja quem for (parente, amigo, parente muito chegado de membros desta igreja), aparecendo com astúcia e sutil pregação de “outro evangelho”, apliquemos a Bíblia sobre os tais: GÁLATAS 1:8-9 e II João 1:10-11.“Se alguém vier ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa nem lhes deis as boas vindas, porque aquele que lhe dá as boas vindas, torna-se cúmplice das suas más obras.”
2. Somos acusados de Divisionistas, mas “ELES SAÍRAM DE NÓS”. I João 2:18-21.
3. O Movimento “A IGREJA LOCAL” é herético pois crê em heresias quanto a TRINDADE, A PESSOA DE JESUS CRISTO E QUANTO A SALVAÇÃO.
Pr. José Infante Jr.

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 26)

Isaías 55-57


Isaías 55

 (1) Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. (2) Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. (3) Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi. (4) Eis que eu o dei por testemunha aos povos, como líder e governador dos povos. (5) Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para ti, por amor do SENHOR teu Deus, e do Santo de Israel; porque ele te glorificou. (6) Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. (7) Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar. (8) Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. (9) Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. (10) Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, (11) Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. (12) Porque com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cântico diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas. (13) Em lugar do espinheiro crescerá a faia, e em lugar da sarça crescerá a murta; o que será para o SENHOR por nome, e por sinal eterno, que nunca se apagará.

Isaías 56

 (1) ASSIM diz o SENHOR: Guardai o juízo, e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e a minha justiça, para se manifestar. (2) Bem-aventurado o homem que fizer isto, e o filho do homem que lançar mão disto; que se guarda de profanar o sábado, e guarda a sua mão de fazer algum mal. (3) E não fale o filho do estrangeiro, que se houver unido ao SENHOR, dizendo: Certamente o SENHOR me separará do seu povo; nem tampouco diga o eunuco: Eis que sou uma árvore seca. (4) Porque assim diz o SENHOR a respeito dos eunucos, que guardam os meus sábados, e escolhem aquilo em que eu me agrado, e abraçam a minha aliança: (5) Também lhes darei na minha casa e dentro dos meus muros um lugar e um nome, melhor do que o de filhos e filhas; um nome eterno darei a cada um deles, que nunca se apagará. (6) E aos filhos dos estrangeiros, que se unirem ao SENHOR, para o servirem, e para amarem o nome do SENHOR, e para serem seus servos, todos os que guardarem o sábado, não o profanando, e os que abraçarem a minha aliança, (7) Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos. (8) Assim diz o Senhor DEUS, que congrega os dispersos de Israel: Ainda ajuntarei outros aos que já se lhe ajuntaram. (9) Vós, todos os animais do campo, todos os animais dos bosques, vinde comer. (10) Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono. (11) E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte. (12) Vinde, dizem, trarei vinho, e beberemos bebida forte; e o dia de amanhã será como este, e ainda muito mais abundante.

Isaías 57

 (1) PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal. (2) Entrará em paz; descansarão nas suas camas, os que houverem andado na sua retidão. (3) Mas chegai-vos aqui, vós os filhos da agoureira, descendência adulterina, e de prostituição. (4) De quem fazeis o vosso passatempo? Contra quem escancarais a boca, e deitais para fora a língua? Porventura não sois filhos da transgressão, descendência da falsidade, (5) Que vos inflamais com os deuses debaixo de toda a árvore verde, e sacrificais os filhos nos ribeiros, nas fendas dos penhascos? (6) Nas pedras lisas dos ribeiros está a tua parte; estas, estas são a tua sorte; sobre elas também derramaste a tua libação, e lhes ofereceste ofertas; contentar-me-ia eu com estas coisas? (7) Sobre o monte alto e levantado pões a tua cama; e lá subiste para oferecer sacrifícios. (8) E detrás das portas, e dos umbrais puseste o teu memorial; pois te descobriste a outros que não a mim, e subiste, alargaste a tua cama, e fizeste aliança com alguns deles; amaste a sua cama, onde quer que a viste. (9) E foste ao rei com óleo, e multiplicaste os teus perfumes e enviaste os teus embaixadores para longe, e te abateste até ao inferno. (10) Na tua comprida viagem te cansaste; porém não disseste: Não há esperança; achaste novo vigor na tua mão; por isso não adoeceste. (11) Mas de quem tiveste receio, ou temor, para que mentisses, e não te lembrasses de mim, nem no teu coração me pusesses? Não é porventura porque eu me calei, e isso há muito tempo, e não me temes? (12) Eu publicarei a tua justiça, e as tuas obras, que não te aproveitarão. (13) Quando clamares, livrem-te os ídolos que ajuntaste; mas o vento a todos levará, e um sopro os arrebatará; mas o que confia em mim possuirá a terra, e herdará o meu santo monte. (14) E dir-se-á: Aplanai, aplanai a estrada, preparai o caminho; tirai os tropeços do caminho do meu povo. (15) Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos. (16) Porque não contenderei para sempre, nem continuamente me indignarei; porque o espírito perante a minha face se desfaleceria, e as almas que eu fiz. (17) Pela iniqüidade da sua avareza me indignei, e o feri; escondi-me, e indignei-me; contudo, rebelde, seguiu o caminho do seu coração. (18) Eu vejo os seus caminhos, e o sararei, e o guiarei, e lhe tornarei a dar consolação, a saber, aos seus pranteadores. (19) Eu crio os frutos dos lábios: paz, paz, para o que está longe; e para o que está perto, diz o SENHOR, e eu o sararei. (20) Mas os ímpios são como o mar bravo, porque não se pode aquietar, e as suas águas lançam de si lama e lodo. (21) Não há paz para os ímpios, diz o meu Deus.

DEVOCIONAL PARA HOJE


VERSÍCULO:
   Tu és o meu esconderijo; tu me preservas da tribulação e me cercas de alegres cantos de livramento.  -- Salmos 32:7

PENSAMENTO:
   Dos ataques do mal vêm as vitórias de Deus e os cantos vitoriosos do povo de Deus.  Vamos achar nossa força e proteção no nosso santo Deus!  Vamos fazer Deus nosso esconderijo, nossa fonte de segurança e nossa esperança em tempos de tribulação.

ORAÇÃO:
   Pai, obrigado pela confiança que tenho no seu poder e na sua força para me libertar de cada ataque de Satanás.  O Senhor é digno de toda glória, honra, poder e louvor.  No nome do seu Filho e meu Senhor, Jesus Cristo, agradeço-lhe por me libertar e lhe louvo pela sua força.  Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1030.html

29 de out de 2013

UM LADRÃO VIVO


“Você é membro de alguma Igreja?” Perguntou o pastor. “Não, o ladrão moribundo não era e ele foi para o céu”, foi a resposta. “Você já sentou-se à mesa do Senhor?” “Não, o ladrão moribundo nunca fez isso e foi aceito.” “Você já contribuiu para missões?” “Não, nem o ladrão da cruz o fez.” “Bem, amigo”, disse o pastor, “a diferença é esta: Ele era um ladrão à beira da morte e você é um ladrão vivo.”

UMA SÉRIA VERDADE ATRAVÉS DO HUMOR


O pequeno Johnny tentava passar um gostoso pedaço de frango por baixo da mesa para o seu cachorrinho quando foi pego em flagrante e impedido de fazê-lo. Depois da refeição, ele foi de prato em prato recolhendo os restos e migalhas para o cão. “Aqui Fido”, ele disse tristemente, “Eu queria te dar uma boa oferta, mas creio que terás de ficar satisfeito com uma coleção de restos, migalhas.”
Havia um generoso senhor de idade alemão que disse certa vez: “Eu gosto de dar generosamente. Quando o faço generosamente me alegra tanto que quero dar de novo.”

NÃO FIQUE FORA DA IGREJA


Porque você é pobre — a entrada é livre.
Porque você é rico — Você não pode levar a riqueza com você.
Porque chove — Você vai trabalhar debaixo de chuva.
Por causa dos hipócritas — Você se junta a eles todos os dias.
Por causa de visitas — Eles vão admirar sua fidelidade, traga-os com você.
Por causa de roupas — A Igreja não é um desfile de modas.
Porque você ainda tem muito tempo para dar à Igreja — Não esteja tão certo disso.

SÊ FIEL ATÉ A MORTE


Ap. 2:10
Poucas mortes relatadas na Bíblia são tão interessantes como a de Moisés. Ele deve ser considerado como um dos maiores homens que já viveram. Pense sobre seus quarenta anos no palácio do Egito, e seus quarenta anos no Horebe e seus quarenta anos liderando Israel no deserto.
O mistério cerca a morte e sepultamento de Moisés. Ninguém estava com ele quando ele morreu; O Senhor o enterrou, e Miguel e o diabo lutavam pelo seu corpo. (Judas 9).
Cerca de 1500 anos depois ele apareceu com Elias no Monte da Transfiguração. Ele entrou em Canaã, não pelo Jordão, mas pelo céu. Ele representa a Lei, como Elias representa a Profecia.
Israel chorou sua morte por um mês, mas o trabalho de Deus continua. Há sempre um Josué depois de Moisés, e um Timóteo depois de Paulo. Nós não devemos nos preocupar com o futuro. Façamos bem nosso próximo trabalho e assentemos bases sobre as quais outros possam construir. Se afinal pudermos ouvir o Mestre dizer: “Muito bem, servo bom e fiel” (Mat.25:23). Nós seremos eternamente gratificados.
Quando nós fomos salvos, a tristeza se tornou em gozo, a escuridão em claridade, as trevas em luz, a noite em dia, a murta repõe a sarça e o pinheiro repõe o espinho! O gozo expulsa o lamento e a vestimenta do louvor expulsa a melancolia.
O sacrifício de nosso Senhor Jesus, o Filho encarnado de Deus no Calvário, foi um sacrifício completo para os outros, debaixo da mais cara de todas as circunstâncias com o mais grandioso de todos os motivos, para o mais sublime de todos os propósitos, pelo mais Amoroso de todos os Caracteres. Louve ao Senhor!!
Em Jesus, Deus nos olha com olhos humanos, toca-nos com mãos humanas, fala-nos com lábios humanos, anda conosco com pés humanos por sobre os revoltosos mares, sofre conosco com humana compaixão, ama-nos com o amor Divino através de um coração humano, mora conosco na pessoa do Espírito Santo em nosso corpo humano. Jesus viveu uma vida inocente no meio de uma geração perversa, adúltera e má. Ele foi o maior milagre de todos que Ele realizou.
Seu ministério de disciplina espiritual, enriquecimento e aperfeiçoamento são exercidos através de sofrimento, dores, testes adversidades e aflições. A rosa precisa ser esmagada antes que seu doce perfume emane. O ouro precisa passar pela fornalha antes de tornar-se puro e precioso. O oleiro quebra a vasilha antes dela tornar-se um novo e bonito vaso. A fruta do sicômoro precisa ser machucada antes dela amadurecer e ficar doce. Ele quebra nossos corações a fim de que nossos mais ricos conteúdos floresçam para abençoar os outros. Adversidade, provações, e desgostos são geralmente nossas maiores bênçãos disfarçadas. Euroclydon sopra suas tempestades sobre nós. Vamos louvá-lo pelas doces verdades de Romanos 8:28,29.

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 25)

Isaías 52-54


Isaías 52

 (1) DESPERTA, desperta, veste-te da tua fortaleza, ó Sião; veste-te das tuas roupas formosas, ó Jerusalém, cidade santa, porque nunca mais entrará em ti nem incircunciso nem imundo. (2) Sacode-te do pó, levanta-te, e assenta-te, ó Jerusalém: solta-te das cadeias de teu pescoço, ó cativa filha de Sião. (3) Porque assim diz o SENHOR: Por nada fostes vendidos; também sem dinheiro sereis resgatados. (4) Porque assim diz o Senhor DEUS: O meu povo em tempos passados desceu ao Egito, para peregrinar lá, e a Assíria sem razão o oprimiu. (5) E agora, que tenho eu que fazer aqui, diz o SENHOR, pois o meu povo foi tomado sem nenhuma razão? Os que dominam sobre ele dão uivos, diz o SENHOR; e o meu nome é blasfemado incessantemente o dia todo. (6) Portanto o meu povo saberá o meu nome; pois, naquele dia, saberá que sou eu mesmo o que falo: Eis-me aqui. (7) Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina! (8) Eis a voz dos teus atalaias! Eles alçam a voz, juntamente exultam; porque olho a olho verão, quando o SENHOR fizer Sião voltar. (9) Clamai cantando, exultai juntamente, desertos de Jerusalém; porque o SENHOR consolou o seu povo, remiu a Jerusalém. (10) O SENHOR desnudou o seu santo braço perante os olhos de todas as nações; e todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus. (11) Retirai-vos, retirai-vos, saí daí, não toqueis coisa imunda; saí do meio dela, purificai-vos, os que levais os vasos do SENHOR. (12) Porque vós não saireis apressadamente, nem ireis fugindo; porque o SENHOR irá diante de vós, e o Deus de Israel será a vossa retaguarda. (13) Eis que o meu servo procederá com prudência; será exaltado, e elevado, e mui sublime. (14) Como pasmaram muitos à vista dele, pois o seu parecer estava tão desfigurado, mais do que o de outro qualquer, e a sua figura mais do que a dos outros filhos dos homens. (15) Assim borrifará muitas nações, e os reis fecharão as suas bocas por causa dele; porque aquilo que não lhes foi anunciado verão, e aquilo que eles não ouviram entenderão.

Isaías 53

 (1) QUEM deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR? (2) Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos. (3) Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. (4) Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. (5) Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (6) Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. (7) Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. (8) Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. (9) E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca. (10) Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. (11) Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. (12) Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.

Isaías 54

 (1) CANTA alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR. (2) Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas. (3) Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas. (4) Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez. (5) Porque o teu Criador é o teu marido; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra. (6) Porque o SENHOR te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora desprezada, diz o teu Deus. (7) Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei; (8) Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o SENHOR, o teu Redentor. (9) Porque isto será para mim como as águas de Noé; pois jurei que as águas de Noé não passariam mais sobre a terra; assim jurei que não me irarei mais contra ti, nem te repreenderei. (10) Porque os montes se retirarão, e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de ti, e a aliança da minha paz não mudará, diz o SENHOR que se compadece de ti. (11) Tu, oprimida, arrojada com a tormenta e desconsolada, eis que eu assentarei as tuas pedras com todo o ornamento, e te fundarei sobre as safiras. (12) E farei os teus vitrais de rubis, e as tuas portas de carbúnculos, e todos os teus termos de pedras aprazíveis. (13) E todos os teus filhos serão ensinados do SENHOR; e a paz de teus filhos será abundante. (14) Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti. (15) Eis que seguramente poderão vir a juntar-se contra ti, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti cairá por causa de ti. (16) Eis que eu criei o ferreiro, que assopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para destruir. (17) Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do SENHOR, e a sua justiça que de mim procede, diz o SENHOR.

DEVOCIONAL PARA HOJE 29/10/2013


VERSÍCULO:
   Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.  -- Efésios 6:12

PENSAMENTO:
   A batalha que enfrentamos não é física. É uma batalha espiritual, com poderes que não enxergamos facilmente, mas que são muito fortes.  Não devemos rejeitar isso como uma batalha imaginária ou uma luta irrelevante. Assim como Satanás estava claramente à porta de Caim, querendo vencê-lo, ele também está à nossa porta (Gênesis 4:7).  Ele usará suas forças do mal para fazer tudo que pode para nos derrotar, destruir ou corromper. Devemos levar esta guerra a sério e reconhecer o poder espiritual do nosso adversário.

ORAÇÃO:
   Pai perdoe-me pelas vezes em que não tenho levado a sério a ameaça do mal.  Dê-me uma aversão santa a qualquer coisa ligada ao que não é santo, ou que seja contra a sua obra e vontade.  Não deixe que eu seja enganado pela tentação. Liberte-me do poder de Satanás em todas as suas formas  No nome poderoso de Jesus eu oro. Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1029.html

28 de out de 2013

12 MOTIVOS PORQUE CRISTO É PRECIOSO PARA O CRENTE


1. Porque Ele os amou — Jo.3:16
2. Porque Ele se deu a si mesmo por eles — Ef.5:2
3. Porque Ele os remiu — 1 Pe.1:18,19
4. Porque Ele os salvou — Tito 3:5
5. Porque Ele os purificou — 1 Jo.1:7
6. Porque Ele os guia — Isa.58:11
7. Porque Ele é fiel para com eles — 1 Cor.1:9
8. Porque Ele a vida deles — Col.3:4
9. Porque Ele jamais os abandonará — Heb.13:5
10. Porque Ele é o Advogado deles — 1 João 2:1
11. Porque Ele vem para os buscar — João 14:3
12. Porque Ele os apresentará irrepreensíveis — Judas 24

ESQUECERAM DE DEUS


Esqueceste-te da Rocha que te gerou: e em esquecimento puseste o Deus que te formou.” (Deut.32:18) Um triste comentário sobre o povo chamado “a esposa de Deus”, na mesma maneira em que a igreja é chamada “a noiva de Cristo”. O versículo antes disse: “Sacrifícios ofereceram aos diabos, não a Deus; aos deuses que não conheceram”. O povo de Israel sempre tinha o problema de se esquecer de Deus pelos ídolos, até o cativeiro em Babilônia. Esquecendo-se de Deus por um religião falsa, era chamado adultério e prostituição espiritual contra Deus. “O que vendo o Senhor, os desprezou, provocado à ira contra seus filhos e suas filhas. E disse: Esconderei o meu rosto deles, verei qual será o seu fim; porque são geração de perversidade, filhos em quem não há lealdade.” (Deut.32:19,20) Deus não se esqueceu deles, mas tinha de virar o rosto e começar o julgamento contra o pecado, parando a multiplicação de almas, pois esquecendo de Deus, iam para o inferno. Isso é misericórdia da parte de Deus para não continuar enchendo o inferno com gerações que se esqueceram dEle. Deus nos formou na imagem dEle, com vontade para decidir amálo ou esquecê-lo. Porque amor e comunhão não pode ser forçado, tem que ser voluntários.
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16) Deus não se esqueceu do mundo perdido, mas com tão grande amor deixou o seu único Filho morrer em nosso lugar. Temos que parar e meditar para não esquecer o que Deus fez por nós. “Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?” (Rom.2:4)
Até nações esquecem de Deus. “Os ímpios serão lançados no inferno e todas as nações que se esquecem de Deus.” (Salmo 9:17) Deus quer esquecer os nossos pecados, porque o preço já foi pago com o sangue divino de Jesus Cristo. Mas só pode esquecer o pecado quando é perdoado. Isso acontece quando qualquer um, sentindo arrependimento, coloca fé em Cristo, pedindo perdão. “Tornará a apiedar-se de nós: subjugará as nossas iniqüidades, e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.” (Miq.7:19) Nossos pecados perdoados lançaram no “Mar de Esquecimento” para nunca ser lembrado por Deus.
Pr. Edward D. Cook

FALTA ALGO


Você não poderia discutir com um cego sobre a beleza do pôr do sol. Assim a sabedoria do mundo não pode conhecer a Deus, pois não possui a percepção apropriada, o Espírito Santo. Quantia nenhuma de mera lógica humana levará o homem a Deus.
“Quando você perde tudo exceto Deus, então pela primeira vez você pode tornar-se ciente do fato que Deus é suficiente”.
“Religião é a busca do homem a Deus, por isso há muitas religiões. Mas o evangelho é Deus buscando o homem, por isso mesmo há somente um evangelho.”

COMO ELES ORARAM


George Whitefield, famoso evangelista inglês disse:“Ó Senhor dê-me almas salvas, ou leve minha alma!”
Henry Martyn, missionário, chorou ao se ajoelhar nas praias costeiras da Índia: “Deixe-me queimar aqui por Deus.”
David Brainerd, missionário aos índios norte-americanos, 1718-1747, declarou: “Senhor, a Ti eu me dediquei. Oh, aceita.me e deixa-me ser Teu para sempre Senhor, não desejo nada além; não desejo nada mais.”
Dwight L.Moody implorou, “Usa-me meu Salvador, para qualquer propósito e em qualquer propósito e de qualquer maneira que o Senhor quiser. Aqui está meu podre coração e vaso vazio, enche-me com sua graça.”
John Mackenzie orou enquanto jovem missionário dobrando sobre os bancos do Lossie: “Oh! Senhor envia-me para o lugar mais escuro da terra.”
Praying Hyde, um missionário na Índia, rogou: “Pai, dê-me estas almas, ou eu morro.”

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 24)

Isaías 49-51


Isaías 49

 (1) OUVI-ME, ilhas, e escutai vós, povos de longe: O SENHOR me chamou desde o ventre, desde as entranhas de minha mãe fez menção do meu nome. (2) E fez a minha boca como uma espada aguda, com a sombra da sua mão me cobriu; e me pôs como uma flecha limpa, e me escondeu na sua aljava; (3) E me disse: Tu és meu servo; és Israel, aquele por quem hei de ser glorificado. (4) Porém eu disse: Debalde tenho trabalhado, inútil e vãmente gastei as minhas forças; todavia o meu direito está perante o SENHOR, e o meu galardão perante o meu Deus. (5) E agora diz o SENHOR, que me formou desde o ventre para ser seu servo, para que torne a trazer Jacó; porém Israel não se deixará ajuntar; contudo aos olhos do SENHOR serei glorificado, e o meu Deus será a minha força. (6) Disse mais: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os preservados de Israel; também te dei para luz dos gentios, para seres a minha salvação até à extremidade da terra. (7) Assim diz o SENHOR, o Redentor de Israel, o seu Santo, à alma desprezada, ao que a nação abomina, ao servo dos que dominam: Os reis o verão, e se levantarão, como também os príncipes, e eles diante de ti se inclinarão, por amor do SENHOR, que é fiel, e do Santo de Israel, que te escolheu. (8) Assim diz o SENHOR: No tempo aceitável te ouvi e no dia da salvação te ajudei, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, para restaurares a terra, e dar-lhes em herança as herdades assoladas; (9) Para dizeres aos presos: Saí; e aos que estão em trevas: Aparecei. Eles pastarão nos caminhos, e em todos os lugares altos haverá o seu pasto. (10) Nunca terão fome, nem sede, nem o calor, nem o sol os afligirá; porque o que se compadece deles os guiará e os levará mansamente aos mananciais das águas. (11) E farei de todos os meus montes um caminho; e as minhas estradas serão levantadas. (12) Eis que estes virão de longe, e eis que aqueles do norte, e do ocidente, e aqueles outros da terra de Sinim. (13) Exultai, ó céus, e alegra-te, ó terra, e vós, montes, estalai com júbilo, porque o SENHOR consolou o seu povo, e dos seus aflitos se compadecerá. (14) Porém Sião diz: Já me desamparou o SENHOR, e o meu Senhor se esqueceu de mim. (15) Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. (16) Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim. (17) Os teus filhos pressurosamente virão, mas os teus destruidores e os teus assoladores sairão do meio de ti. (18) Levanta os teus olhos ao redor, e olha; todos estes que se ajuntam vêm a ti; vivo eu, diz o SENHOR, que de todos estes te vestirás, como de um ornamento, e te cingirás deles como noiva. (19) Porque nos teus desertos, e nos teus lugares solitários, e na tua terra destruída, agora te verás apertada de moradores, e os que te devoravam se afastarão para longe de ti. (20) E até mesmo os filhos da tua orfandade dirão aos teus ouvidos: Muito estreito é para mim este lugar; aparta-te de mim, para que possa habitar nele. (21) E dirás no teu coração: Quem me gerou estes? Pois eu estava desfilhada e solitária; entrara em cativeiro, e me retirara; quem, pois, me criou estes? Eis que eu fui deixada sozinha; e estes onde estavam? (22) Assim diz o Senhor DEUS: Eis que levantarei a minha mão para os gentios, e ante os povos arvorarei a minha bandeira; então trarão os teus filhos nos braços, e as tuas filhas serão levadas sobre os ombros. (23) E os reis serão os teus aios, e as suas rainhas as tuas amas; diante de ti se inclinarão com o rosto em terra, e lamberão o pó dos teus pés; e saberás que eu sou o SENHOR, que os que confiam em mim não serão confundidos. (24) Porventura tirar-se-ia a presa ao poderoso, ou escapariam os legalmente presos? (25) Mas assim diz o SENHOR: Por certo que os presos se tirarão ao poderoso, e a presa do tirano escapará; porque eu contenderei com os que contendem contigo, e os teus filhos eu remirei. (26) E sustentarei os teus opressores com a sua própria carne, e com o seu próprio sangue se embriagarão, como com mosto; e toda a carne saberá que eu sou o SENHOR, o teu Salvador, e o teu Redentor, o Forte de Jacó.

Isaías 50

 (1) ASSIM diz o SENHOR: Onde está a carta de divórcio de vossa mãe, pela qual eu a repudiei? Ou quem é o meu credor a quem eu vos tenha vendido? Eis que por vossas maldades fostes vendidos, e por vossas transgressões vossa mãe foi repudiada. (2) Por que razão vim eu, e ninguém apareceu? Chamei, e ninguém respondeu? Porventura tanto se encolheu a minha mão, que já não possa remir? Ou não há mais força em mim para livrar? Eis que com a minha repreensão faço secar o mar, torno os rios em deserto, até que cheirem mal os seus peixes, porquanto não têm água e morrem de sede. (3) Eu visto os céus de negridão, pôr-lhes-ei um saco para a sua cobertura. (4) O Senhor DEUS me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer a seu tempo uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça, como aqueles que aprendem. (5) O Senhor DEUS me abriu os ouvidos, e eu não fui rebelde; não me retirei para trás. (6) As minhas costas ofereci aos que me feriam, e a minha face aos que me arrancavam os cabelos; não escondi a minha face dos que me afrontavam e me cuspiam. (7) Porque o Senhor DEUS me ajuda, assim não me confundo; por isso pus o meu rosto como um seixo, porque sei que não serei envergonhado. (8) Perto está o que me justifica; quem contenderá comigo? Compareçamos juntamente; quem é meu adversário? Chegue-se para mim. (9) Eis que o Senhor DEUS me ajuda; quem há que me condene? Eis que todos eles como roupas se envelhecerão, e a traça os comerá. (10) Quem há entre vós que tema ao SENHOR e ouça a voz do seu servo? Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do SENHOR, e firme-se sobre o seu Deus. (11) Eis que todos vós, que acendeis fogo, e vos cingis com faíscas, andai entre as labaredas do vosso fogo, e entre as faíscas, que acendestes. Isto vos sobrevirá da minha mão, e em tormentos jazereis.

Isaías 51

 (1) OUVI-ME, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao SENHOR. Olhai para a rocha de onde fostes cortados, e para a caverna do poço de onde fostes cavados. (2) Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei. (3) Porque o SENHOR consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden, e a sua solidão como o jardim do SENHOR; gozo e alegria se achará nela, ação de graças, e voz de melodia. (4) Atendei-me, povo meu, e nação minha, inclinai os ouvidos para mim; porque de mim sairá a lei, e o meu juízo farei repousar para a luz dos povos. (5) Perto está a minha justiça, vem saindo a minha salvação, e os meus braços julgarão os povos; as ilhas me aguardarão, e no meu braço esperarão. (6) Levantai os vossos olhos para os céus, e olhai para a terra em baixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra se envelhecerá como roupa, e os seus moradores morrerão semelhantemente; porém a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será abolida. (7) Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, povo em cujo coração está a minha lei; não temais o opróbrio dos homens, nem vos turbeis pelas suas injúrias. (8) Porque a traça os roerá como a roupa, e o bicho os comerá como a lã; mas a minha justiça durará para sempre, e a minha salvação de geração em geração. (9) Desperta, desperta, veste-te de força, ó braço do SENHOR; desperta como nos dias passados, como nas gerações antigas. Não és tu aquele que cortou em pedaços a Raabe, o que feriu ao chacal? (10) Não és tu aquele que secou o mar, as águas do grande abismo? O que fez o caminho no fundo do mar, para que passassem os remidos? (11) Assim voltarão os resgatados do SENHOR, e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, a tristeza e o gemido fugirão. (12) Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva? (13) E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava? (14) O exilado cativo depressa será solto, e não morrerá na caverna, e o seu pão não lhe faltará. (15) Porque eu sou o SENHOR teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas. O SENHOR dos Exércitos é o seu nome. (16) E ponho as minhas palavras na tua boca, e te cubro com a sombra da minha mão; para plantar os céus, e para fundar a terra, e para dizer a Sião: Tu és o meu povo. (17) Desperta, desperta, levanta-te, ó Jerusalém, que bebeste da mão do SENHOR o cálice do seu furor; bebeste e sorveste os sedimentos do cálice do atordoamento. (18) De todos os filhos que ela teve, nenhum há que a guie mansamente; e de todos os filhos que criou, nenhum há que a tome pela mão. (19) Estas duas coisas te aconteceram; quem terá compaixão de ti? A assolação, e o quebrantamento, e a fome, e a espada! Por quem te consolarei? (20) Os teus filhos já desmaiaram, jazem nas entradas de todos os caminhos, como o antílope na rede; cheios estão do furor do SENHOR e da repreensão do teu Deus. (21) Portanto agora ouve isto, ó aflita, e embriagada, mas não de vinho. (22) Assim diz o teu Senhor o SENHOR, e o teu Deus, que pleiteará a causa do seu povo: Eis que eu tomo da tua mão o cálice do atordoamento, os sedimentos do cálice do meu furor, nunca mais dele beberás. (23) Porém, pô-lo-ei nas mãos dos que te entristeceram, que disseram à tua alma: Abaixa-te, e passaremos sobre ti; e tu puseste as tuas costas como chão, e como caminho, aos viandantes.

DEVOCIONAL BOA SEMENTE


O CABO QUE MUDOU DE NOME

Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas. Então se alegram, porque se aquietaram; assim os leva ao seu porto desejado
(Salmo 107:29-30).


Quando o navegador português Bartolomeu Dias se tornou o primeiro homem a chegar ao extremo sul da África em 1488, ali se deparou com violentas tempestades. Então nomeou as últimas montanhas da costa ocidental da África do Sul de “Cabo das Tormentas”.

O governante daquela região, rei João II de Portugal, viu a situação por um prisma diferente. Ele tinha uma perspectiva mais otimista, uma vez que Dias descobriu que podia alcançar a Índia pelo mar. Por isso mudou o nome para “Cabo da Boa Esperança”.

Outro ponto de vista, outra perspectiva nova e positiva pode ser encontrada nas epistolas de Paulo. Essa mudança se relaciona à visão cristã do futuro e está baseada na morte expiatória, na ressurreição e ascensão do Senhor Jesus Cristo.

Quando Paulo fala dos cristãos que já não estão mais vivos, ele não usa a expressão “os mortos”, mas “os que dormiram em Cristo”. E quando pensa em sua própria vida próxima ao fim, não usa a palavra “morrer”, mas diz que comparado a esta vida, é muito melhor partir e estar com Cristo (1 Tessalonicenses 4:13-14; Filipenses 1:23). 

Assim como na África, o velho nome do cabo lembrava as tempestades e os naufrágios, trazendo medo ao coração, enquanto o novo nome falava de esperança, assim também acontece com o cristão. Por meio de Sua morte, Cristo “participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão” (Hebreus 2:14-15).

Portanto, a morte, que antes nos trazia sentimentos de pavor e escravidão, “pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus” passou a ser apenas um local de travessia rumo à “esperança da glória” (Filipenses 3:8; Romanos 5:2).

http://devocionalboasemente.blogspot.com.br/2013/10/o-cabo-que-mudou-de-nome.html

27 de out de 2013

AS FERRAMENTAS DO DIABO


Foi proclamado que o diabo ia vender suas ferramentas. — Elas eram interessantes — Ódio, Inveja, Ciúme, Engano, e Orgulho estavam entre elas. Uma de preço muito alto estava colocada à parte. “Que ferramenta é esta?” perguntou um dos compradores. “Este é o desencorajamento” replicou o diabo. “Por que seu preço é tão alto?” O diabo respondeu: “Porque é a mais usada de todas. Com ela eu posso penetrar no coração do homem e uma vez lá dentro eu posso controlá-lo para fazer o que eu quero. Eu o uso em qualquer pessoa, por que bem poucos sabem que ela me pertence.”
Permanecer aberto para o Senhor e Sua Palavra irá ajudar a conservar esta ferramenta longe de você.

COMO ELE VIVEU


1. Nasceu no berço do outro (Lc. 2:7)
2. Dormiu na almofada do outro (Mt. 8:19,20)
3. Carregou a dor do outro (Is. 53:3)
4. Pregado na cruz do outro (Is. 53:5,6)
5. Sepultado no túmulo de outro (Mt. 27:59,60)

DAQUI PARA A ETERNIDADE


Qual é a distância entre a vida e a eternidade?
Quando a princesa Anne visitou o Instituto Smithsonian em Washington, intrigada com as roupas espaciais dos astronautas, ela perguntou ao primeiro homem que chegou à lua, Neil Armstrong, “Há algum perigo de se rasgar?” O relaxado Armstrong replicou: “A diferença entre a eternidade e a vida é cerca de um centésimo de polegada de borracha.”
Quando o fugitivo Davi estava tentando proteger sua vida, ele bradou: “...e, na verdade, vive o Senhor... que apenas há um passo entre mim e a morte.” (I Sm. 20:3). Compreendendo a brevidade e futilidade da vida, o rei mais tarde orou: “Senhor, faze-me conhecer o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil.” (Sl. 39:4).
Para o orgulhoso Belsazar veio a palavra: “O Senhor em cuja mãos está a tua vida e todos os teus caminhos, a Ele não glorificaste.“ (Dn. 5:23).
A toda mente soberba e caráter independente vem a ordem: “Deixai-vos pois do homem cujo fôlego está no seu nariz; porque em que se deve ele estimar?” (Is. 2:22).
Mas há esta consideração confortante: Quão distante à Presença Eterna? Que bom! Ele... “ainda que não está longe de cada um de nós porque nEle vivemos e nos movemos e existimos...” (At. 17:27,28).
O jovem casal de cínicos pergunta: “Que distância há daqui até o céu?” Como um tiro de espingarda veio a resposta: “Só um passo, quer você dá-lo?

A Escada da Realizao


Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 23)

Isaías 46-48


Isaías 46

 (1) BEL está abatido, Nebo se encurvou, os seus ídolos são postos sobre os animais e sobre as feras; as cargas dos vossos fardos são canseiras para as feras já cansadas. (2) Juntamente se encurvaram e se abateram; não puderam livrar-se da carga, mas a sua alma entrou em cativeiro. (3) Ouvi-me, ó casa de Jacó, e todo o restante da casa de Israel; vós a quem trouxe nos braços desde o ventre, e sois levados desde a madre. (4) E até à velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; eu vos fiz, e eu vos levarei, e eu vos trarei, e vos livrarei. (5) A quem me assemelhareis, e com quem me igualareis, e me comparareis, para que sejamos semelhantes? (6) Gastam o ouro da bolsa, e pesam a prata nas balanças; assalariam o ourives, e ele faz um deus, e diante dele se prostram e se inclinam. (7) Sobre os ombros o tomam, o levam, e o põem no seu lugar; ali fica em pé, do seu lugar não se move; e, se alguém clama a ele, resposta nenhuma dá, nem livra alguém da sua tribulação. (8) Lembrai-vos disto, e considerai; trazei-o à memória, ó prevaricadores. (9) Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim. (10) Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade. (11) Que chamo a ave de rapina desde o oriente, e de uma terra remota o homem do meu conselho; porque assim o disse, e assim o farei vir; eu o formei, e também o farei. (12) Ouvi-me, ó duros de coração, os que estais longe da justiça. (13) Faço chegar a minha justiça, e não estará ao longe, e a minha salvação não tardará; mas estabelecerei em Sião a salvação, e em Israel a minha glória.

Isaías 47

 (1) DESCE, e assenta-te no pó, ó virgem filha de Babilônia; assenta-te no chão; já não há trono, ó filha dos caldeus, porque nunca mais serás chamada a tenra nem a delicada. (2) Toma a mó, e mói a farinha; remove o teu véu, descalça os pés, descobre as pernas e passa os rios. (3) A tua vergonha se descobrirá, e ver-se-á o teu opróbrio; tomarei vingança, e não pouparei a homem algum. (4) O nosso redentor cujo nome é o SENHOR dos Exércitos, é o Santo de Israel. (5) Assenta-te calada, e entra nas trevas, ó filha dos caldeus, porque nunca mais serás chamada senhora de reinos. (6) Muito me agastei contra o meu povo, profanei a minha herança, e os entreguei na tua mão; porém não usaste com eles de misericórdia, e até sobre os velhos fizeste muito pesado o teu jugo. (7) E disseste: Eu serei senhora para sempre; até agora não te importaste com estas coisas, nem te lembraste do fim delas. (8) Agora, pois, ouve isto, tu que és dada a prazeres, que habitas tão segura, que dizes no teu coração: Eu o sou, e fora de mim não há outra; não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos. (9) Porém ambas estas coisas virão sobre ti num momento, no mesmo dia, perda de filhos e viuvez; em toda a sua plenitude virão sobre ti, por causa da multidão das tuas feitiçarias, e da grande abundância dos teus muitos encantamentos. (10) Porque confiaste na tua maldade e disseste: Ninguém me pode ver; a tua sabedoria e o teu conhecimento, isso te fez desviar, e disseste no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra. (11) Portanto sobre ti virá o mal, sem que saibas a sua origem, e tal destruição cairá sobre ti, sem que a possas evitar; e virá sobre ti de repente desolação que não poderás conhecer. (12) Deixa-te estar com os teus encantamentos, e com a multidão das tuas feitiçarias, em que trabalhaste desde a tua mocidade, a ver se podes tirar proveito, ou se porventura te podes fortalecer. (13) Cansaste-te na multidão dos teus conselhos; levantem-se pois agora os agoureiros dos céus, os que contemplavam os astros, os prognosticadores das luas novas, e salvem-te do que há de vir sobre ti. (14) Eis que serão como a pragana, o fogo os queimará; não poderão salvar a sua vida do poder das chamas; não haverá brasas, para se aquentar, nem fogo para se assentar junto dele. (15) Assim serão para contigo aqueles com quem trabalhaste, os teus negociantes desde a tua mocidade; cada qual irá vagueando pelo seu caminho; ninguém te salvará.

Isaías 48

 (1) OUVI isto, casa de Jacó, que vos chamais do nome de Israel, e saístes das águas de Judá, que jurais pelo nome do SENHOR, e fazeis menção do Deus de Israel, mas não em verdade nem em justiça. (2) E até da santa cidade tomam o nome e se firmam sobre o Deus de Israel; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome. (3) As primeiras coisas desde a antiguidade as anunciei; da minha boca saíram, e eu as fiz ouvir; apressuradamente as fiz, e aconteceram. (4) Porque eu sabia que eras duro, e a tua cerviz um nervo de ferro, e a tua testa de bronze. (5) Por isso te anunciei desde então, e te fiz ouvir antes que acontecesse, para que não dissesses: O meu ídolo fez estas coisas, e a minha imagem de escultura, e a minha imagem de fundição as mandou. (6) Já o tens ouvido; olha bem para tudo isto; porventura não o anunciareis? Desde agora te faço ouvir coisas novas e ocultas, e que nunca conheceste. (7) Agora são criadas, e não de há muito, e antes deste dia não as ouviste, para que porventura não digas: Eis que eu já as sabia. (8) Nem tu as ouviste, nem tu as conheceste, nem tampouco há muito foi aberto o teu ouvido, porque eu sabia que procederias muito perfidamente, e que eras chamado transgressor desde o ventre. (9) Por amor do meu nome retardarei a minha ira, e por amor do meu louvor me refrearei para contigo, para que te não venha a cortar. (10) Eis que já te purifiquei, mas não como a prata; escolhi-te na fornalha da aflição. (11) Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque, como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem. (12) Dá-me ouvidos, ó Jacó, e tu, ó Israel, a quem chamei; eu sou o mesmo, eu o primeiro, eu também o último. (13) Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos. (14) Ajuntai-vos todos vós, e ouvi: Quem, dentre eles, tem anunciado estas coisas? O SENHOR o amou, e executará a sua vontade contra Babilônia, e o seu braço será contra os caldeus. (15) Eu, eu o tenho falado; também já o chamei, e o trarei, e farei próspero o seu caminho. (16) Chegai-vos a mim, ouvi isto: Não falei em segredo desde o princípio; desde o tempo em que aquilo se fez eu estava ali, e agora o Senhor DEUS me enviou a mim, e o seu Espírito. (17) Assim diz o SENHOR, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o SENHOR teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar. (18) Ah! se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos, então seria a tua paz como o rio, e a tua justiça como as ondas do mar! (19) Também a tua descendência seria como a areia, e os que procedem das tuas entranhas como os seus grãos; o seu nome nunca seria cortado nem destruído de diante de mim. (20) Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeus. E anunciai com voz de júbilo, fazei ouvir isso, e levai-o até ao fim da terra; dizei: O SENHOR remiu a seu servo Jacó. (21) E não tinham sede, quando os levava pelos desertos; fez-lhes correr água da rocha; fendeu a rocha, e as águas correram. (22) Mas os ímpios não têm paz, diz o SENHOR.

DEVOCIONAL BOA SEMENTE


OPORTUNIDADE É INTERESSE

E alguns dias depois, vindo Félix… mandou chamar a Paulo, e ouviu-o acerca da fé em Cristo. E, tratando ele da justiça, da temperança, e do juízo vindouro, Félix, espavorido, respondeu: Por agora vai-te, e em tendo oportunidade te chamarei
(Atos 24:24-25).

Nesses versículos a Bíblia nos fala acerca de um homem desejoso de obter informações sobre a fé cristã, mas que adiou indefinidamente tomar uma posição diante do que ouviu. Não há nada que sugira que a “oportunidade” para chamar Paulo surgiu. “Ter oportunidade” depende exclusivamente de quanto estamos interessados no assunto. O governador romano Félix, infelizmente, não é o único exemplo fatal de adiamento.

Após uma reunião evangelística, um crente se aproximou de um jovem com o qual falara sobre a salvação no Senhor Jesus. Este jovem ficou bem consciente de que não estava salvo, mas afirmou que agora sabia o caminho da salvação. Ele prometeu se entregar ao Senhor Jesus, porém não naquela noite. No dia seguinte a notícia de alguém atropelado pelo trem se espalhou pela cidade inteira. E adivinhe quem era? O jovem que teve e perdeu a maior oportunidade de sua vida.

“Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação” (2 Coríntios 6:2). “Agora” não significa qualquer dia, outro dia, depois. Quem ignora essa oferta irá experimentar outra verdade: “Então clamarão a mim, mas não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão. Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do Senhor” (Provérbios 1:28-29).

http://devocionalboasemente.blogspot.com.br/2013/10/oportunidade-e-interesse.html

26 de out de 2013

OLHANDO PARA ELE


Olhando para trás - agradeça-Lhe
Olhando para frente - acredite-Lhe
Olhando ao redor - sirva-O
Olhando para cima - espere-O

JESUS — ABENÇOADO JESUS


Para o artista Ele é o Totalmente desejável. (Cant.Salomão 5:16)
Para o arquiteto Ele é a Pedra Principal. (I Ped.2:6)
Para o astrônomo Ele é o Sol da Justiça. (Mal.4:2)
Para padeiro Ele é Pão da Vida. (João 6:35)
Para o carpinteiro Ele é o Carpinteiro. (Mar.6:3)
Para o construtor Ele é Fundamento Certo.(II Tim.2:19)
Para o médico Ele é o Grande Médico. (Luc.4:23)
Para o professor Ele é o Grande Mestre. (João 3:2)
Para o engenheiro Ele é o Novo e Vivo Caminho. (Heb.10:20)
Para o fazendeiro Ele é o Semeador e o Senhor da Ceifa. (Mt.13:3)
Para o florista Ele é a Rosa de Saron e o Lírio dos Vales. (Cantares de Salomão 2:1)
Para o geólogo Ele é a Rocha Espiritual. (I Cor.10:4)
Para o horticultor Ele é a Videira Verdadeira. (João 15:1)
Para o juiz Ele é Justo, Juiz de Todos. (II Tim.4:8)
Para o jurado Ele é a Testemunha Fiel e Verdadeira. (Ap.1:5)
Para o joalheiro Ele é a Pérola de Grande Valor. (Mt.14:46)
Para o advogado Ele é o Conselheiro, o Legislador e o Defensor. (Isaías 9:6)
Para o jornalista Ele é as Boas Novas de Grande Gozo. (Luc.2:10)
Para o oculista Ele é a Luz dos Olhos. (Jó 7:8)
Para o filantropo Ele é o Dom Inefável. (II Cor.9:15)
Para o pregador Ele é a Palavra de Deus. (João 1:1)
Para o escultor Ele é a Pedra Viva. (I Ped.2:5)
Para o servo Ele é o Bom Senhor. (Luc.10:25)
Para o político Ele é o Desejado de todas as nações. (Ag.2:7)
Para o aluno Ele é a Verdade Encarnada. (Ef.1:13)
Para o teólogo Ele é a Autor e Consumador da nossa Fé. (Heb.12:2)
Para o trabalhador Ele é o Doador do Descanso. (Mt.11:28)
Para o pecador Ele é o “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. (João 1:29)
Para nós que cremos nEle, Ele é o Salvador, Senhor e Pastor, Rei dos Reis e Senhor dos Senhores! ( Ap.19:16)

DECISÕES QUE EDIFICAM


Planos todos fazem, mas colocá-los em prática são poucos os que conseguem, visto que é necessário determinação, coragem e cooperação.
Coisa difícil é decidir: —nos negócios. —na vida pessoal. —em escolhas diversas da vida.
Na vida cristã, o crente salvo, planeja e entrega a Deus. O salvo, decidindo fazer algo para Deus, deve fazê-lo em confiança e com certeza.
Vamos pensar em algumas decisões que, se colocadas em prática, edificam a vida espiritual:
I. ORAÇÃO. — 1 Tes.5:17
   A. É um ministério.
   B. Reflete a dependência do salvo a Deus.
   C. Os tipos de oração:
      1. de intercessão.
      2. de gratidão.
      3. de louvor.
      4. de súplicas e petições.
II. LER A BÍBLIA E ESTUDÁ-LA. — Sl.119:11,105; Heb.4:12
   Duas orações: “Este livro me fará evitar o pecado, ou o pecado me fará evitar este livro.”
   “A oração me fará evitar o pecado ou o pecado me fará evitar a oração.”
III. CULTOS DA IGREJA. — Heb.10:25
   A. Responsabilidade na freqüência.
   B. É casa de culto.
   C. É lugar de reunião para comunhão.
   D. É lugar de louvor a Deus.
   E. É lugar de pregação da Palavra de Deus.
IV. EVANGELIZAÇÃO. — Mt.18:18-20; Mc.16:15
   A. É ordem de Deus.
   B. É para todos.
   C. Motivo: a realidade do Inferno.
V. DÍZIMOS E OFERTAS — Mal.3: 8-10: 1 Cor.9:7; cf. Mt.23:23
   A. É dever de cada salvo participar com seus dízimos.
   B. Deve ser sistematicamente feita contribuição.
   C. É para o sustento da obra do Senhor.
VI. SER UMA BÊNÇÃO:
   A. Na obra de Deus,
   B. Na igreja.
   C. Na família.
   D. Para si mesmo.
   E. Para o mundo.
Conclusão: Decidam hoje, irmãos, e pratiquem: A ORAÇÃO, A LEITURA E ESTUDO DA PALAVRA, ASSISTIREM AOS CULTOS, A CONTRIBUÍREM E SEREM UMA BÊNÇÃO. _


Pr. Dosoaldo Agnesini

CONSAGRAÇÃO


Uma galinha e um porco estavam passeando perto de uma igreja e viram, num quadro de avisos, o assunto do sermão do pastor:“Como é que podemos ajudar os pobres?” “Eu sei” disse a galinha. “Vamos preparar para eles uma refeição de bacon e ovos.” “Nada feito” respondeu o porco. “Para você seria apenas uma oferta; para mim seria uma consagração total.” Temos medo também de nos consagrar?

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 7, dia 22)

Isaías 43-45


Isaías 43

 (1) MAS agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. (2) Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. (3) Porque eu sou o SENHOR teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate, a Etiópia e a Seba em teu lugar. (4) Visto que foste precioso aos meus olhos, também foste honrado, e eu te amei, assim dei os homens por ti, e os povos pela tua vida. (5) Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua descendência desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente. (6) Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da terra, (7) A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para a minha glória: eu os formei, e também eu os fiz. (8) Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos. (9) Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isto, e fazer-nos ouvir as coisas antigas? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e se ouça, e se diga: Verdade é. (10) Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. (11) Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há Salvador. (12) Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR; eu sou Deus. (13) Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá? (14) Assim diz o SENHOR, vosso Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviei a Babilônia, e a todos fiz descer como fugitivos, os caldeus, nos navios com que se vangloriavam. (15) Eu sou o SENHOR, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso Rei. (16) Assim diz o SENHOR, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda; (17) O que fez sair o carro e o cavalo, o exército e a força; eles juntamente se deitaram, e nunca se levantarão; estão extintos; como um pavio se apagaram. (18) Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. (19) Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. (20) Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito. (21) A esse povo que formei para mim; o meu louvor relatarão. (22) Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó, mas te cansaste de mim, ó Israel. (23) Não me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; não te fiz servir com ofertas, nem te fatiguei com incenso. (24) Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste, mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniqüidades. (25) Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro. (26) Faze-me lembrar; entremos juntos em juízo; conta tu as tuas razões, para que te possas justificar. (27) Teu primeiro pai pecou, e os teus intérpretes prevaricaram contra mim. (28) Por isso profanei os príncipes do santuário; e entreguei Jacó ao anátema, e Israel ao opróbrio.

Isaías 44

 (1) AGORA, pois, ouve, ó Jacó, servo meu, e tu, ó Israel, a quem escolhi. (2) Assim diz o SENHOR que te criou e te formou desde o ventre, e que te ajudará: Não temas, ó Jacó, servo meu, e tu, Jesurum, a quem escolhi. (3) Porque derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes. (4) E brotarão como a erva, como salgueiros junto aos ribeiros das águas. (5) Este dirá: Eu sou do SENHOR; e aquele se chamará do nome de Jacó; e aquele outro escreverá com a sua mão ao SENHOR, e por sobrenome tomará o nome de Israel. (6) Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus. (7) E quem proclamará como eu, e anunciará isto, e o porá em ordem perante mim, desde que ordenei um povo eterno? E anuncie-lhes as coisas vindouras, e as que ainda hão de vir. (8) Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro Deus fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça. (9) Todos os artífices de imagens de escultura são vaidade, e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas, nada vêem nem entendem para que sejam envergonhados. (10) Quem forma um deus, e funde uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo? (11) Eis que todos os seus companheiros ficarão confundidos, pois os mesmos artífices não passam de homens; ajuntem-se todos, e levantem-se; assombrar-se-ão, e serão juntamente confundidos. (12) O ferreiro, com a tenaz, trabalha nas brasas, e o forma com martelos, e o lavra com a força do seu braço; ele tem fome e a sua força enfraquece, e não bebe água, e desfalece. (13) O carpinteiro estende a régua, desenha-o com uma linha, aplaina-o com a plaina, e traça-o com o compasso; e o faz à semelhança de um homem, segundo a forma de um homem, para ficar em casa. (14) Quando corta para si cedros, toma, também, o cipreste e o carvalho; assim escolhe dentre as árvores do bosque; planta um olmeiro, e a chuva o faz crescer. (15) Então serve ao homem para queimar; e toma deles, e se aquenta, e os acende, e coze o pão; também faz um deus, e se prostra diante dele; também fabrica uma imagem de escultura, e ajoelha-se diante dela. (16) Metade dele queima no fogo, com a outra metade prepara a carne para comer, assa-a e farta-se dela; também se aquenta, e diz: Ora já me aquentei, já vi o fogo. (17) Então do resto faz um deus, uma imagem de escultura; ajoelha-se diante dela, e se inclina, e roga-lhe, e diz: Livra-me, porquanto tu és o meu deus. (18) Nada sabem, nem entendem; porque tapou os olhos para que não vejam, e os seus corações para que não entendam. (19) E nenhum deles cai em si, e já não têm conhecimento nem entendimento para dizer: Metade queimei no fogo, e cozi pão sobre as suas brasas, assei sobre elas carne, e a comi; e faria eu do resto uma abominação? Ajoelhar-me-ei ao que saiu de uma árvore? (20) Apascenta-se de cinza; o seu coração enganado o desviou, de maneira que já não pode livrar a sua alma, nem dizer: Porventura não há uma mentira na minha mão direita? (21) Lembra-te destas coisas, ó Jacó, e Israel, porquanto és meu servo; eu te formei, meu servo és, ó Israel, não me esquecerei de ti. (22) Apaguei as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para mim, porque eu te remi. (23) Cantai alegres, vós, ó céus, porque o SENHOR o fez; exultai vós, as partes mais baixas da terra; vós, montes, retumbai com júbilo; também vós, bosques, e todas as suas árvores; porque o SENHOR remiu a Jacó, e glorificou-se em Israel. (24) Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo; (25) Que desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos; que faço tornar atrás os sábios, e converto em loucura o conhecimento deles; (26) Que confirmo a palavra do seu servo, e cumpro o conselho dos seus mensageiros; que digo a Jerusalém: Tu serás habitada, e às cidades de Judá: Sereis edificadas, e eu levantarei as suas ruínas; (27) Que digo à profundeza: Seca-te, e eu secarei os teus rios. (28) Que digo de Ciro: É meu pastor, e cumprirá tudo o que me apraz, dizendo também a Jerusalém: Tu serás edificada; e ao templo: Tu serás fundado.

Isaías 45

 (1) ASSIM diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações diante de sua face, e descingir os lombos dos reis, para abrir diante dele as portas, e as portas não se fecharão. (2) Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro. (3) Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome. (4) Por amor de meu servo Jacó, e de Israel, meu eleito, eu te chamei pelo teu nome, pus o teu sobrenome, ainda que não me conhecesses. (5) Eu sou o SENHOR, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças; (6) Para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o SENHOR, e não há outro. (7) Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas. (8) Destilai, ó céus, dessas alturas, e as nuvens chovam justiça; abra-se a terra, e produza a salvação, e ao mesmo tempo frutifique a justiça; eu, o SENHOR, as criei. (9) Ai daquele que contende com o seu Criador! o caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos? (10) Ai daquele que diz ao pai: Que é o que geras? E à mulher: Que dás tu à luz? (11) Assim diz o SENHOR, o Santo de Israel, aquele que o formou: Perguntai-me as coisas futuras; demandai-me acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos. (12) Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens. (13) Eu o despertei em justiça, e todos os seus caminhos endireitarei; ele edificará a minha cidade, e soltará os meus cativos, não por preço nem por presente, diz o SENHOR dos Exércitos. (14) Assim diz o SENHOR: O trabalho do Egito, e o comércio dos etíopes e dos sabeus, homens de alta estatura, passarão para ti, e serão teus; irão atrás de ti, virão em grilhões, e diante de ti se prostrarão; far-te-ão as suas súplicas, dizendo: Deveras Deus está em ti, e não há nenhum outro Deus. (15) Verdadeiramente tu és o Deus que te ocultas, o Deus de Israel, o Salvador. (16) Envergonhar-se-ão, e também se confundirão todos; cairão juntamente na afronta os que fabricam imagens. (17) Porém Israel é salvo pelo SENHOR, com uma eterna salvação; por isso não sereis envergonhados nem confundidos em toda a eternidade. (18) Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR e não há outro. (19) Não falei em segredo, nem em lugar algum escuro da terra; não disse à descendência de Jacó: Buscai-me em vão; eu sou o SENHOR, que falo a justiça, e anuncio coisas retas. (20) Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar. (21) Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isto desde a antiguidade? Quem desde então o anunciou? Porventura não sou eu, o SENHOR? Pois não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador não há além de mim. (22) Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro. (23) Por mim mesmo tenho jurado, já saiu da minha boca a palavra de justiça, e não tornará atrás; que diante de mim se dobrará todo o joelho, e por mim jurará toda a língua. (24) De mim se dirá: Deveras no SENHOR há justiça e força; até ele virão, mas serão envergonhados todos os que se indignarem contra ele. (25) Mas no SENHOR será justificada, e se gloriará toda a descendência de Israel.