VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

9 de fev de 2014

FACE À FACE

"Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque havemos de vê-lo como ele é." I João 3:2
Dentro do coração de cada cristão há um profundo desejo para ver o Salvador. Aquele que, com o seu sangue, comprou a nossa redenção.
William Dyke foi um cidadão inglês que se tornou cego em sua infância. Depois de ter adquirido a sua fortuna, ele apaixonou-se por uma das mais belas jovens inglesas. Não muito mais tarde, estavam noivos e com data marcada para o casamento. Um pouco antes do tão esperado dia, Dyke submeteu-se a uma nova técnica cirúrgica indicada por especialistas, que afirmaram que a sua visão seria restaurada.
À princípio, as ataduras teriam que permanecer até a data do casamento, no entanto, o casal decidiu que elas seriam removidas durante a cerimônia. Quando chegou o dia, Dyke tomou o seu lugar na igreja estando bem ansioso. Um pouco depois, aproximou-se a noiva do altar acompanhada de seu pai. Então, chegou o dramático momento em que o médico começou a retirar as ataduras, uma a uma, até a última. Quando a pupila começou a dilatar-se, acostumando-se com a luz, a primeira pessoa que viu foi a sua amada. Ao encontrarem-se os seus olhares, ele exclamou com grande gozo: "Finalmente!"
Um dia, como cristãos, nós desfrutaremos de uma experiência similar. Nós contemplaremos a face dAquele que tanto nos amou, dando-Se a Si mesmo por nós. Àquele dia será a noiva - a Sua Igreja - cujos olhos serão abertos. Ó, que cumprimento abençoado será quando nós O virmos face à face!

Nenhum comentário:

Postar um comentário