VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

24 de mar de 2014

DÍZIMO: BENÇÃO OU MALDIÇÃO (MAL.3:7-12)

Todas as coisas determinadas por Deus, sempre tiveram o objetivo de beneficiar a criatura humana. Principalmente aqueles que procuram ser fiéis ao Criador.
Existem muitos que dizem ser servos de Deus, mas detestam ouvir dizer, que estão roubando de Deus. Pode ser que tais pessoas não conheçam o texto bíblico de (Mal.3:8). Quem conhece essa verdade contida no texto citado acima, não pode contestar que o não dizimista seja classificado como ladrão. Eis o porque da pergunta: “Dízimo: Benção ou Maldição?”
Quando negligenciamos o dízimo, ele se torna maldição (Mal.3:9).
Não quero generalizar todas as dificuldades que acontecem em nossa vida como consequência de nossa infidelidade na entrega do dízimo, mas quando examinamos o quadro de dizimistas de nossa Igrejas, constatamos que os crentes fiéis são os mais abençoados. Deus não falha em suas promessas.
Por que duvidar de Deus? Vejam as promessas contidas em (Mal.3:10-12). Não importa o quanto é o dízimo a entregar. Importa que estejamos sendo fiéis a Deus. Se você não tem essa experiêcia com Deus, faça-a a partir de agora. Não tente enganar a Deus.
Pr. João Carlos Gonçalves de Azevêdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário