VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

30 de ago de 2014

OS FRACASSOS HUMANOS E A RESPOSTA DE DEUS DE COMO OBTER A VIDA ETERNA.

Texto: Mateus 19:16-22
Introdução: Neste texto, Mateus narra o encontro de Jesus com um jovem rico, que faz uma pergunta ao Mestre: “Que farei eu de bom para alcançar a vida eterna?” A pergunta desta pessoa, reflete o profundo clamor de um coração externando a maior dúvida do ser humano.
Notamos através do diálogo que ele tem com Jesus, onde este jovem apresenta suas maiores frustações em ter tentado por suas qualidades, seus meios e métodos, “Alcançar a vida Eterna” e mesmo assim não obteve sucesso.
Pergunta: Quais foram as razões que levaram este jovem tão bem sucedido ao fracasso em buscar alcançar a vida eterna?
I. Ele buscou alcançar a vida eterna por meio da prática das “Boas obras” (v.16) 
   Jesus mostra ao jovem que o homem em si não tem nada de bom (v.17) Rm. 7:18.
   1. Jesus provoca uma conversação para que aquele jovem se expressasse a respeito do seu conceito de como obter a vida eterna através da sua bondade (Uma série de boas ações praticadas por ele).
   2. A verdadeira bondade não está no homem e sim em Deus.
   3. O que caracteriza a verdadeira bondade não são as ações e sim verdadeira intenção do coração.
Aplicação: Aqueles conceitos de bondade que tenho de mim mesmo, certamente me impedirão de deixar Deus executar sua bondade eterna sobre minha vida.
II. Ele buscou alcançar a vida eterna na sua conduta sincera de “homem religioso” (v.17c-20)
   1. Como religioso ele era irrepreensível - Ele pergunta para Jesus quais os Mandamentos? (Os judeus tinham 248 positivos e 365 negativos num total de 613 mandamentos que correspondiam a cada letra do decálago).
   2. Jesus apresenta os mandamentos mais elevados - “o amor prático ao próximo” (v.19)
   3. O jovem dá uma demonstração de que ele era possuidor de um espírito religioso orgulhoso (v.20)
Aplicação: A ostentação de um espírito religioso recheado de orgulho é uma das maiores barreiras, para que alguém receba a vida eterna de Deus.
III. A resposta de Jesus na perspectiva divina de como “Alcançar a vida eterna” (v.21-22)
   Jesus que conhece os corações, submete aquele jovem a um pequeno teste de valores, comparado ao alto preço da vida eterna com os valores materiais. Este teste consiste de três requisitos:
   1. Obediência - “Vai e vende tudo” - (v.21) O jovem não consegue se dispor a obedecer a Jesus (Ele é obediente a Lei, a religião).
   Nesta questão ele poderia provar duas coisas.
      1.1. Que ele valorizava mesmo a vida eterna que ele “tanto queria”
      1.2. Mostra de forma prática a religião que ele dissera ter (v.19, 21) “dá aos pobres” - mostre de forma prática o seu amor por seu próximo!
   2. Aceitar o convite de Jesus - “Vem e segue-me” - seguir a Jesus é um ato de entrega total.
   3. Amar mais a Jesus de que aos bens materiais
      3.1. O maior problema para aquele jovem decidir obedecer ao Senhor e seguílo, estava no fato que ele sofria de um terrível mal que afeta o coração o coração da humanidade chamado “inversão de valores”.
      3.2. Sua vida estava apoiada nas coisas materiais e em seu prestígio na comunidade.
Conclusão: (v.25, 25) Você pode ser “Bom” no que diz respeito as suas obrigações civis, pode ser um “bom” chefe de família, pode ser alguém “bem” suprido materialmente e até ser um “bom”observador de uma religião, mas se você continuar tentando buscar a vida eterna por meio das boas obras ou de uma vida religiosa, vai ficar frustado e triste, igual ao jovem deste texto bíblico (v.25) “Tendo, porém, o jovem ouvido estas palavras, retirou-se triste…”
Pr. Erivaldo Tavares do Nascimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário