VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

31 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 31/12/212


VERSÍCULO:
   Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas. -- Lucas 12:31

PENSAMENTO:
   Ao estar no fim de um ano e olhar para amanhã, para o começo de um novo ano, por favor, lembre que antes das resoluções serem feitas e quebradas, e antes deste ano terminar, devemos declarar ao Senhor e nos nossos corações “Eu e minha casa serviremos ao Senhor...” (Josué 24:15b) como nossa prioridade!

ORAÇÃO:
   Ao concluir este ano e começar um outro, eu peco que o Senhor esteja comigo e me ajude a manter meus olhos fixos em Jesus, querido Pai, e meu coração focado na sua vontade. Em nome de Jesus. Amém. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1231.html

A ARTE PERDIDA


Vance Havner explicou: “Caminhar é uma arte perdida. Se uma pessoa estiver caminhando por uma estrada fora da cidade, vão achar que ele é louco ou ficou sem gasolina”.
Esta filosofia é evidente na linguagem da cultura atual, que produz afirmações assim: “A vida é uma rodovia”, “Vou dar uma corrida até o supermercado” e “Por que ir a pé se posso ir de táxi?” Achamos que caminhar
é “muito chato”, “muito antigo”, “muito cansativo”.
Podemos dar todas as desculpas, mas a caminhada faz bem pra saúde, é um bom jeito de diminuir a marcha da vida e apreciar a criação de Deus, e foi desenhada para ser feita com o pé direito, pé esquerdo, pé direito, etc.
Caminhar exige consistência. Quando nascemos, caminhar não era uma habilidade que estávamos prontos a demonstrar. Tivemos que aprender. O mesmo é verdade no reino espiritual. Caminhar com Deus é uma habilidade prática que leva tempo pra ser dominada. Uma vez que você aprende a andar como cristão, você terá a vida inteira para praticar e manter-se na melhor forma.
(Practical Illustrations)

Quem escreveu a Bíblia?


Este Livro (a Bíblia) só pode ter sido escrito por uma destas três pessoas: homens justos, homens injustos ou Deus.
Não pode ter sido por homens justos, pois eles afirmam que a Bíblia foi inspirada pela revelação de Deus. Homens justos não mentem nem enganam.
Não pode ter sido por homens injustos, pois eles não escreveriam coisas que os condenassem. 
Portanto, chegamos à única conclusão possível. A Bíblia foi escrita pela inspiração de Deus.
(John Wesley - Sword of the Lord)

Reginald Heber


Reginald Heber [9, 442] nasceu na Inglaterra, educou-se em Oxford, onde recebeu o prêmio da Universidade por um poema latino. Aos vinte e quatro anos entrou para a obra do ministério em Hodnet. Mais tarde foi chamado para a diocese de Calcutá, onde trabalhou por três anos. Sua vida foi encurtada por afogamento em 1826.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_018

30 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 30/12/2012


VERSÍCULO:
   Os sacerdotes e os levitas se purificaram cerimonialmente, e depois purificaram também o povo, as portas e os muros. -- Neemias 12:30

PENSAMENTO:
   Deus colocou cada um de nós num circulo de influencia. Antes de tentarmos “limpar” as pessoas ao nosso redor, vamos primeiro nos oferecer a Deus para sermos consagrados e purificados por sua graça. Depois, vamos viver de tal forma que mostramos o impacto daquela santidade nas nossas vidas. Jesus disse que devemos tirar a tora do nosso próprio olho antes de tentar limpar o olho de outra pessoa. Para líderes em qualquer nível, uma “vida santa” é essencial antes de chamar outros à santidade! As maiores renovações espirituais começam quando lideres primeiro se consagram perante Deus e sua obra.

ORAÇÃO:
   Ó Pai no céu, perdoe-me pelos meus pecados. Eu quero ser puro e santo, purificado pelo seu Espírito e perdoado pela sua graça. Por favor, abençoe-me na minha busca de viver uma vida santa perante aqueles no meu circulo de influência. Eu preciso da sua ajuda poderosa para ser o exemplo e pessoa de caráter que o Senhor quer que eu seja, e que meus amigos precisam que eu seja. Peço isso no nome de Jesus. Amém. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1230.html

TESTEMUNHO DE UM CIGANO


Sou cigana. Antigamente eu adorava uma deusa chamada Kali. Eu era uma seguidora fiel. O casamento de uma sobrinha foi o primeiro casamento cristão em nossa comunidade cigana.
Desde a infância eu era considerada intocável e as pessoas tratavam os ciganos como lixo. Então, foi uma surpresa quando o pastor nos recebeu em sua casa e realizou o casamento à sua própria custa. Ele se sentou à mesa conosco e jantou ao nosso lado. Isto foi uma novidade pra mim, e gostei muito da companhia dele.
Mais impressionante ainda foi o carinho que a família do pastor demonstrou por nós, buscando nos ensinar o verdadeiro amor do Senhor Jesus Cristo. Até aquele dia, eu nunca tinha ouvido sobre Jesus Cristo, o Salvador do mundo. Assim, fiquei na casa de meu irmão e passei a freqüentar a igreja. Senti-me muito feliz com a nova vida em meu coração.
Meu marido costumava me espancar, e minha sogra e outros membros da família eram tão cruéis comigo que nem consegui me alimentar direito na gravidez. Tratavam-me muito mal. Foram eles que me levaram à bruxaria. Em 2004, à época do tsunami, percebi como a vida era incerta, e que a primeira coisa, a coisa mais importante que eu deveria buscar era o conhecimento do Deus verdadeiro.
Deus me tocou, e aceitei a Jesus como Salvador. O pastor avisou meu marido que chamaria a polícia se ele me batesse novamente. Funcionou, e aos poucos meu marido começou a freqüentar a igreja. Também passei a falar com meus amigos ciganos sobre o que aprendia na igreja e, devagar, fui ensinando a história de Cristo; logo formamos um grupo para louvar a Deus juntos.
Hoje, 3 de janeiro de 2010, fiquei exultante quando meu marido aceitou a Jesus Cristo como seu Salvador e foi batizado juntamente com alguns amigos e parentes.
(Da Índia - Sword of the Lord)

Uma risada por dia



“Quem ri, dura.” Pelo menos esta era a filosofia de Tereza de Ávila. 
Tereza, freira espanhola que fundou a Ordem do Carmo em 1562, procurava noviças que soubessem rir, comer e dormir. A freira acreditava que se comessem bem, seriam saudáveis; se dormissem bem, provavelmente não cometeriam pecados sérios; se dessem risada, teriam a disposição necessária para sobreviver às dificuldades da vida.
É possível que Abrahan Lincoln também soubesse que a risada é um bom remédio. O escritor Richard Hanser, ao escrever sobre a Guerra Civil Americana, conta que em 22 de setembro de 1862, o Conselho de Guerra reuniu-se na Casa Branca para uma conversa especial. Quando o pessoal chegou, Lincoln estava lendo um livro. Mais tarde, secretário do Conselho falou o seguinte a respeito da reunião: “Finalmente o presidente se voltou para nós e perguntou: ‘Cavalheiros, algum dos senhores já leu algo escrito por Artimus Ward? Vou ler para vocês um capítulo muito engraçado’”.
O presidente leu um trecho divertido. O conselheiro estava fumegando, mas Lincoln continuou lendo. No final, perguntou: “Cavalheiros, por que vocês não estão às gargalhadas. Com os temeres que me cercam dia e noite, se eu não rir, eu morro. E vocês precisam tanto deste remédio quanto eu”.
E foi exatamente nesse dia que o famoso presidente assinou o edital preliminar que se imortalizou como a Proclamação de Emancipação, uma declaração que garantia a liberdade a todos os escravos dos territórios confederados. A Proclamação abriu as portas para a abolição total dos escravos nos Estados Unidos.
Lincoln estava certo—sem uma boa e frequente dose de risadas, podemos acabar morrendo. Afinal, quem ri, dura. 
Já deu umas boas gargalhadas hoje?
(Kevin Rayner)

História do hino 259 – A última hora


Este hino foi escrito em 1911, de uma forma inesperada. Henriqueta Rosa Fernandes Braga conta que João Diener, o autor do hino, estava trabalhando na tecelagem e pensava na mensagem proferida pelo missionário pioneiro batista A. B. Deter no dia anterior. Seu trabalho tornou-se mecânico, enquanto aflorava em sua mente uma melodia nunca ouvida antes, mas muito clara. Repetiu a melodia várias vezes e, em sua casa, trabalhou a letra que surgira na fábrica. Durante um período de desemprego, Diener foi amparado pelo missionário Deter e sua família e continuava a morar com eles. Ele pediu a Edith, filha de 13 anos do missionário, que lhe auxiliasse ao piano, e na partitura, enquanto ele compunha “voz por voz” a harmonia desta linda melodia. João Diener cantou-a pela primeira vez na Igreja Batista do Alto da Serra, em São Paulo, num culto em que pregou o missionário William Buck Bagby.
  O pr. Francisco Cid, missionário da Junta de Missões Mundiais (da Convenção Batista Brasileira) na Argentina, escreve em O Jornal Batista uma história comovente da influência mais dramática deste hino:  “Certo domingo à tarde, vagueava um homem nas ruas da cidade de São Paulo. Depois de haver bebido durante o dia, se recostou para dormir num dos bancos da Praça Princesa Isabel, a mesma onde fica a primeira Igreja Batista. Passadas algumas horas, ele despertou. Já era noite. De longe lhe vinha aos ouvidos o cântico de um hino! E era seu hino! Lá na Igreja, o pastor havia terminado a pregação e anunciou o hino final do culto. O hino era A Última Hora. Este homem, separado da família e longe de Deus, ainda trôpego e um tanto ébrio, se levantou daquele lugar frio e de abandono e marchou em direção ao templo. Quando entrou, o pr. Tertuliano Cerqueira se aproximava da porta, e daquele homem desalinhado e com forte cheiro de bebida alcoólica o cumprimentou e disse: ‘…Que mensagem de Deus tem este hino!’
  O pastor lhe respondeu: ‘Eu sei que o compositor foi alguém inspirado por Deus.’ Diener lhe disse, então: ‘Eu escrevi esse hino!’. Em seguida, mostrou ao pastor a sua identificação. Depois, o pr. Tertuliano levou Diener à sua casa, ouviu sua comovedora história e a manifestação daquele coração, que naquela noite havia se arrependido. João Diener reconstruiu o seu lar, que estava desfeito, reconciliando-se com sua mulher. Voltou a cantar o seu hino, tornou-se outra vez regente do coro da igreja, e foi fiel ao Senhor até a sua partida, no ano 1963.”. 

Fonte http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_168.htm, que cita Cid, Francisco. A Última Hora, O Jornal Batista, Rio de janeiro, ANO XC, junho de 1990

29 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 29/12/2012


VERSÍCULO:
   Ou, como alguém pode entrar na casa do homem forte e levar dali seus bens, sem antes amarrá-lo? Só então poderá roubar a casa dele. -- Mateus 12:29

PENSAMENTO:
   Louva a Deus! Jesus entrou na casa do Homem Forte. Ele o amarrou. E, o que ele trouxe da casa do Homem Forte? Um tesouro enterrado, claro! E aquele tesouro é nós!

ORAÇÃO:
   Obrigado, Senhor Jesus, por me resgatar do domínio da escuridão e me levar ao seu Reino vitorioso de Luz! Amém. 


http://www.iluminalma.com/dph/4/1229.html

MIGALHAS DE BOLO


A senhora Baughman era a professora dos juniores na escola dominical. Certo domingo ela apareceu com uma assadeira de bolo, e deixou-a numa cadeira. A professora distribuiu tiras de papel para a classe inteira; em cada papel, ela havia escrito uma despesa doméstica: prestação da casa, conta de luz, conta de telefone, diversão, etc.
Meu item era “prestação do carro”. A seguir, a professora pegou a assadeira com o bolo e começou a chamar as despesas. Cada pedaço de papel era trocado por um pedaço de bolo.
“Prestação do carro”, a senhora Baughman chamou. Levantei rapidinho e fui pegar meu pedaço de bolo. Por fim, a última despesa foi chamada.
Acontece que um dos garotos, o Donald, ainda continuava com sua tira de papel. “Deus”, a professora chamou. O Donald foi à frente, na esperança de que a professora tivesse um pedaço de bolo escondido em algum lugar.
Ela pegou a faca, raspou a assadeira e colocou as migalhas no guardanapo do Donald. Pensei: “Nossa! Ele se deu mal nessa!
“O bolo representa seu dinheiro”, a professora explicou à classe. “Se não derem imediatamente a Deus o que é dEle, provavelmente ele não receberá nada, a não ser migalhas.”
Nunca me esqueci dessa ilustração – do dia em que meu amigo Donald só recebeu migalhas de bolo. Mesmo sendo uma criança, aprendi que Deus deve ter primazia em tudo o que é meu.
Desde aquela época, tenho lutado com ofertas e prioridades, mas quando me lembro daquela “lição esmigalhada na escola dominical”, imediatamente me lembro de quem tem de receber sempre o primeiro lugar em minha vida!
(Sword of the Lord)

Exercite-se diariamente. Caminhe com Deus!

A influência da vida cristã


Depois de encontrar David Livingstone em Ujiji, na África Central, e passar quatro meses em sua companhia, o explorador Henry M. Stanley afirmou: 
Quando fui para a África, eu era o A SABEDORIA DE SALOMÃO maior ateu de Londres, mas chegou a hora de uma longa reflexão. Encontrei esse cavalheiro idoso, sozinho na África, e me perguntei: “Como é que ele pode viver aqui? O que inspira esse homem?”
Durante meses, me peguei indagando a respeito do velho homem vivendo o que a Bíblia ordenava—”deixa tudo e siga--me”.
Aos poucos, no entanto, minha compreensão aflorou. Observando sua piedade, gentileza, zelo, prontidão e como conduzia seus negócios, fui levado a Cristo por Livingstone, embora ele nunca tenha tentado fazer isto.
(Kngt´s 3.000 Illustrations)

Annie Sherwood Hawks


A srª Hawks [294] nasceu em Hoosick, Nova York, em 28 de maio de 1835. Durante sua longa residência em Brooklin, foi membro da “Herson Place Baptist Church,” onde por oito anos, o dr. Lowry foi pastor. “Necessitado” é o único dos muitos Hinos que ele escreveu, que tem sobrevivido. Morreu em Bennington, Vermount,a 3 de janeiro de 1918. 

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_394

28 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 28/12/2012


VERSÍCULO:
   Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso “Deus é fogo consumidor!” -- Hebreus 12:28-29

PENSAMENTO:
   Cada império terrestre cairá mais cedo ou mais tarde. Cada estrutura feita por mãos humanas deteriora e cai. Deus, no entanto, nos deu um Reino que não enferruja, estraga ou morre, mantido no céu para nos. Ele não estragara ou se tornara ruínas e nenhum ladrão pode roubá-lo.

ORAÇÃO:
   Todo louvor e adoração seja seu, o grande Rei da Eternidade. Obrigado por me dar um lugar no seu Reino incomparável, indestrutível e inconquistável. No nome de Jesus eu Te louvo. Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1228.html

BOLHAS


Um senhor visitava uma famosa fábrica de cerâmica e ficou intrigado com uma operação que parecia não fazer sentido nenhum. Em uma das salas ele viu um trabalhador ao lado de um monte de argila. De vez em quando o funcionário pegava um bastão enorme e dava várias batidas fortes no monte de argila.
Curioso, o visitante perguntou: “Por que você faz isso?”
“Preste atenção, meu senhor, e veja o que acontece”, foi a resposta do oleiro. O visitante obedeceu, e logo viu o topo da massa se mexer e inchar. Bolhas se formaram na superfície do monte de argila.
“Veja bem”, o oleiro disse com um sorriso, “com as bolhas de ar, eu jamais conseguiria moldar a argila num vaso. É por isto que lhes dou umas pancadas de vez em quando.”
Não é isto que a vida faz quando nos disciplina e bate nas bolhas do orgulho e do egocentrismo para que o Mestre forme vasos de barro que retenham tesouros eternos?
(1 .000 New Illustrations)

Morreu e não sabe


Num sítio, um garoto observava enquanto o pai matava uma galinha para o jantar. Mesmo sem cabeça, a ave continuou a pular durante uns segundos. Enquanto a galinha pulava, o garoto se virou para o pai: “Olha, papai. A galinha não sabe que morreu”.
Sansão, o super-homem de Deus, perdeu a força divina em sua vida por causa da desobediência incessante. A Bíblia afirma que Sansão não notou que a presença de Deus havia se afastado dele. Que tragédia é ficar sem a presença e o poder de Deus. Pior ainda é perdê-los e nem notar.
Assim como a desobediência, o orgulho e a indiferença arrastaram Sansão para baixo, também o pecado nos afunda no lodo e nos torna inúteis a Deus. Não ande por aí morto sem saber. Viva na luz da obediência à vontade de Deus e seja um instrumento útil em suas mãos.
(Pulpit Helps)

Frances Ridley Havergal


Frances Ridley Havergal (1836-1879) [88, 92, 102, 193, 296, 383, 425, 452], filha do pastor anglicano William Havergal, músico e hinista. Aos três anos ela já sabia ler, aos quatro começou a memorizar os versículos da Bíblia, aos sete escrevia poesias, quando seus versos começaram a surgir nos periódicos religiosos ingleses. Apesar de nunca ter boa saúde, isto não impediu de obter sua educação fomal, aprender vários idiomas europeus, além do grego e hebraico, podendo ler tanto o Antigo como o Novo Testamento nas línguas originais. Sua extraordinária memória permitiu ainda decorar todo o Novo Testamento, os Salmos, Isaías, e os profetas menores. Aos 14 anos de idade teve uma profunda experiência com Deus. Descreveu com estas palavras: Ali mesmo entreguei minha alma ao Salvador, e desde este momento os céus e a terra me pareciam brilhantes. Todos os seus hinos refletem a alegria desta experiência de entrega e consagração. Seu dom não se restringia apenas na capacidade em escrever hinos, mas também compunha música. Seus temas foram fé, consagração e serviço e a segunda vinda de Cristo. Certa feita orou: Que as minhas mãos sempre se movam com presteza e com amor. Em outra oportunidade afirmou: que meus pés velozes corram ao serviço do Senhor. Foram orações totalmente sinceras da sua parte.
  Em agosto de 1878, Frances escreveu para uma amiga: “O Senhor me tem mostrado mais um passo, e, claro, tomei-o com deleite extremo”. Referia-se neste caso, à oração que havia escrito onde se lia: Minha prata e ouro toma. Por isso, tomou a decisão de encaminhar todos os seus ornamentos à Sociedade Missionária da Igreja, ficando apenas com duas peças, a saber, um medalhão com o único retrato da sobrinha e um broche que guardara como lembrança dos seus queridos pais. Ao todo foi encaminhado quase cinquenta peças. Como escreveu Edith Brock Mulholland no livro HCC-Notas Históricas, se os hinos contassem, “De tudo que compõe o nosso ser, talvez o mais difícil de consagrar dia após dia seja a nossa vontade. A vida de Frances Havergal demonstra que esta oração estava sempre nos seus lábios. Como Frances, somente conseguiremos consagrar ‘nosso ser inteiro quando nossa vontade estiver entregue ao nosso Senhor. Então descobriremos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus’”. (Rm 12:2).
  Musicista nata, de personalidade agradável, Frances Havergal era possuidora de uma voz aprazível e bem treinada, o que levou a ser procurada como concertista. Com sua notável inteligência e extraordinária memória, teria sido muito natural ser atraída para uma carreira secular. Entretanto, toda a sua vida se caracterizou pela santidade espiritual. Foi chamada de a poetiza da consagração. Diziam que ela nunca escrevia uma única linha, sem que, primeiramente, ficasse em fervente oração. Depois disso, transferia os créditos da composição a Deus: Creio que Deus sugere um pensamento, e me sussurra uma ou duas linhas musicais, então eu olho para cima, agradeço alegremente a Deus e vou em frente. É assim que os hinos vem pra mim.
  Muitos dos livros de Frances Havergal, como ela era conhecida, tinham como tema preferido o prazer em confiar e servir ao Rei Jesus. “Como somos felizes em tê-lo como nosso Rei”, escreveu. Temos absoluta certeza de que Ele subjuga todas as coisas a Si próprio, ao Seu reino. Somos tão felizes em seguir a sua palavra e entregar tudo nas Suas mãos, pedindo que seja nosso Rei, para Ele que estabeleça seu trono de paz na nossa vida tumultuada e dividida, orando para que todos os nossos pensamentos sejam submetidos gentilmente à Sua vontade.
  Foi nesse clima que em 1878 ela escreveu “TRUEHEARTED, WHOLEHEARTED, FAITHFUL AND LOYAL” (Verdadeiro, sincero, fiel e leal), seremos a Ti, por Tua graça, Rei da nossa vida. Nessa época, Frances desconhecia que seu trabalho para o Rei, aqui neste mundo, estava chegando ao fim. No ano seguinte, a saúde dela ficou terrivelmente abalada. Tinha apenas 42 anos de idade e estava muito ocupada. Não era apenas o seu ministério como escritora que estava em plena atividade, mas ela também estava viajando muito, empenhada na promoção do cristianismo e trabalho missionário. Entretanto, ela tinha consciência da sua debilidade física. Num determinado domingo, em abril de 1878, quando caminhava para a igreja, Frances virou-se para a sua irmã e disse: Marie, cheguei à conclusão de que seria ótimo ir para o céu.
  Um mês mais tarde suas forças se esvairam. Quando o médico chegou ela o deixou atônito quando perguntou: “Acha que eu tenho uma chance de ir embora?” Seus parentes que estavam ao lado da cama ficaram perplexos com sua atitude. “Se eu estiver partindo, é bom que seja verdade”, dizia. Pouco tempo depois ela olhou para cima, sorrindo e afirmou: “Como é esplêndido estar à entrada das portas celestiais! Estou perdida em meio a tanta maravilha! Nem ao menos uma palavra, sequer, das Suas boas promessas, deixaram de se cumprir!”. Em seguida, Frances levantou o olhar e fixou firmemente, como que estivesse vendo o Senhor. Por um período de tempo que durou aproximadamente dez minutos, pudemos contemplar, como se fosse ao vivo, o encontro dela com O Rei, descreveu Maria, seu semblante era tão feliz, como se ela já estivesse conversando com Ele! Então, ela tentou cantar, porém, após uma doce e linda nota aguda – ELE … – a voz foi sumindo, ao mesmo tempo em que seu irmão orava ao Senhor, entregando sua alma nas mãos do Redentor, enquanto ela passava para a eternidade. 

Fonte: http://harpacrista-fragmentos.blogspot.com/2008/10/hc153-soldados-de-cristo.html

27 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 27/12/2012


VERSÍCULO:
   Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. -- 1 Coríntios 12:27

PENSAMENTO:
   Qual parte do Corpo de Cristo é você? Qual é a sua função, seu propósito? Como você esta abençoando outros no Corpo de Cristo? Quem é alguém no Corpo que serve outros que precisa do seu encorajamento e elogio? Quem é alguém que se sente negligenciado e sozinho, que precisa do seu amor?

ORAÇÃO:
   Pai, obrigado por me fazer parte de algo tão precioso como a presença do Senhor. Por favor, ajude cada pessoa na nossa família crista achar seus dons de serviço e usá-los em maneiras que tocam outros com a sua graça e assim traz gloria a Ti. No nome de Jesus. Amem. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1227.html

O QUE É A FAMA?

A Bíblia diz que “é melhor tem um bom nome do que grandes riquezas”.
Você vive incentivando seus filhos a se tornarem famosos ou ficarem ricos?
Quantos heróis viveram e morreram na obscuridade – desconhecidos?
Pense nas centenas de personagens da Bíblia cujos nomes desconhecemos, mas que serão mencionados e reverenciados enquanto o mundo existir.
Como era o nome da viúva que ofertou sua moeda – tudo o que possuía – e ensinou uma grande lição a todos nós? Uma moedinha, mas Cristo a notou, e sua atitude foi registrada na Bíblia, e ela continua sendo mencionadas séculos mais tarde. Porém seu nome continua desconhecido.
Como era o nome do bom samaritano? E o da samaritana à beira do poço?
Como era o nome do garoto que entregou seus peixinhos e pães – um lanchinho simples que alimentou cinco mil pessoas? Como era o nome da mãe dele?
Quem era o dono do estábulo onde Cristo nasceu? Quem era o dono do cenáculo onde a Última Ceia foi realizada? Quem emprestou a Jesus o jumentinho para a entrada triunfal em Jerusalém?
Sabemos que foi Maria quem abriu o vidro de alabastro e confortou Jesus com sua gentileza, mas quem era a mulher que fez o mesmo na casa de Simão, o fariseu, e que banhou os pés de Jesus e secou-os com seus cabelos?
Essas pessoas não estavam atrás de fama. Eram pessoas comuns fazendo o melhor que podiam e tocando a vida – pessoas insignificantes, sem nome, contudo serão sempre mencionadas e lembradas. Mensagens continuarão sendo pregadas a respeito dessas pessoas bem depois que as “celebridades” forem esquecidas.
Essas pessoas sem nome alcançaram a distinção verdadeira. Fizeram tudo o que puderam. O que Jesus disse a respeito de Maria se aplica a todas elas: “Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que [eles fizeram] será contado para a memória [deles]”. Marcos 14.9

(Word of Courage)

Uma História de Superação

Arabella Katherine Hankey


Arabella Katherine Hankey [50] nasceu em Clapham, Londres, Inglaterra em 1834. Era ativa na Escola Dominical e no trabalho da desde seus primeiros anos. A evidência de seu profundo interesse e solicitude pelos outros pode ser vista imediatamente. Por exemplo, antes de atingir os vinte anos de idade, Kate dirigiu uma grande classe bíblica para moças. Afeiçoou-se tão profundamente às suas alunas que por mais de cinqüenta anos manteve contato com muitas delas. Muitas vieram de grandes distâncias para assistir ao seu funeral – cinqüenta anos depois de haver lecionado para elas.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_058

26 de dez de 2012

Natal 2012












DEVOCIONAL PARA HOJE 26/12/2012


VERSÍCULO:
   Quem me serve precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará. -- João 12:26

PENSAMENTO:
   Não conseguimos servir mais, amar mais ou dar mais do que Jesus. Ele anseia nos abençoar. Ele anseia derramar as riquezas dos céus e graça sobre nos. E, incrivelmente, ele anseia nos honrar. Quando nossas vidas terminarem, Deus o Pai, Senhor do universo, honrara todos que serviram seu Filho e abençoaram outros no nome de Jesus! Inacreditável! Não, e mais um exemplo da incrível graça de Deus!

ORAÇÃO:
   Amoroso Pai e Santo Deus, por favor ajude-me a seguir a vontade de Jesus e servir outros no seu nome. Pai, eu sei que não mereço sua graça, mas quero servir outros no nome de Jesus e ajudá-los a achar sua graça. No nome do Senhor Jesus eu oro. Amem. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1226.html

História do hino 266 – Tal qual estou


Charlotte Elliott escreveu este hino em 1834 e ele apareceu pela primeira vez no “Invalid’s Hymn Book”, em 1836. A autora ficou inválida no últimos cinqüenta anos de sua vida. Ela diz de sua experiência:  “Meu pai celeste sabe, o somente Ele, o que significa, dia após dia, e hora após hora, estar a lutar contra os impulsos do corpo, e uma predominante fraqueza, langor e exaustão, para resolver não me sujeitar a indolência, depressão, irritabilidade, como é a tendência, porém conforme Ele me dá forças, levantar cada manhã determinada a tomar isto como meu lema: ‘Se alguém quiser vir após Mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz, e siga-me’.”.  O hino foi escrito em numa noite em que Charlotte permaneceu acordada, aflita por sua incapacidade de ajudar nos preparativos de um bazar para angariar fundos para a igreja. O hino tem tido grande prestígio e tem sido traduzido para muitas línguas. 

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_278.htm, que cita Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista.

25 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE


VERSÍCULO:
   Cuidado! Não rejeitem aquele que fala. Se os que se recusaram a ouvir aquele que os advertia na terra não escaparam, quanto mais nós, se nos desviarmos daquele que nos adverte dos céus? -- Hebreus 12:25

PENSAMENTO:
   Com o presente de Jesus vem uma grande responsabilidade: devemos ouvir, seguir e honrá-lo! SE Deus exigiu que seu povo obedecesse seus mensageiros menos importantes que eram profetas ou reis, a responsabilidade para nos ouvirmos seu Filho é muito maior! Se nos o ouvirmos, Ele brilhará em nos!

ORAÇÃO:
   Obrigado, querido Pai, por enviar seu Filho e meu Salvador, Jesus. Por favor, querido Senhor, não quero tirar vantagem daquele presente. Por favor, capacite-me e conceda-me sabedoria para que possa ouvir e servir Jesus fielmente, em cujo nome eu oro. Amem.


um Feliz Natal! 
http://www.iluminalma.com/dph/4/1225.html

História do hino 175 – Minha aspiração


 “Realmente não é importante o que fizeres conosco, Senhor – simplesmente faz a Tua vontade nas nossas vidas.” Esta simples oração de entrega total de uma senhora idosa num culto de oração gravou-se no coração de Adelaide Addison Pollard. Adelaide tinha ido ao culto, naquela noite de 1902, muito desanimada, por causa de sérias dificuldades que estava enfrentando. Porém a oração daquela senhora, que não incluía petições por bênçãos, mas simplesmente pedia que Deus fizesse Sua vontade nas vidas de todos os presentes, mudou todos os seus pensamentos. Ao chegar em casa, meditou no trecho, de Jeremias 18:3-4: “E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas, como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.”
  Antes de deitar-se àquela noite, Adelaide completou as quatro estrofes do hino Minha aspiração. Baseando a estrofe 1 em Jeremias 18:1-6, ela incluiu, no original, a frase: “Tu és o oleiro, eu sou o barro”. As estrofes seguintes relembram Salmo 51:7, Mateus 28:18, e Gálatas 2:20, respectivamente.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_287.htm

Pérolas Diárias 25 de Dezembro


"E tu, Belém, terra de Judá, não és de modo algum a menor entre as principais de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar a meu povo, Israel." Mateus 2.6
Enquanto os crentes, os teólogos nas redondezas de Belém e em Jerusalém ficavam discutindo as Escrituras, os sábios do Oriente, que eram gentios possuidores de uma fé singela e pura, foram abençoados pelo maravilhoso cumprimento dessas mesmas Escrituras. Hoje em dia não é diferente: enquanto os cristãos brigam entre si, e os teólogos publicam suas disputas, um pequeno grupo dentro da grande cristandade crê na profecia bíblica já cumprida e crê na Palavra de Deus que está se cumprindo em nossos dias, e assim recebe a bênção de Deus que é sem medida. Esses cristãos, por não crerem apenas na Palavra, mas também em seu cumprimento nos dias de hoje, também recebem a luz que vem de Deus. E é dessas pessoas que o Senhor Jesus diz: "Vós sois a luz do mundo". Que grande tarefa! Por isso, firme-se na Palavra profética, que se cumpre hoje diante dos olhos de todos. Verdadeiramente podemos dizer: "Vimos a sua estrela!" O Rei está a caminho, Ele vem! A festa do Natal é a festa da esperança viva. Aquele que veio uma vez, brevemente voltará!
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=25

Vida de gratidão


Uma senhora entrou no ônibus. Todos os assentos estavam ocupados. Ela estava cansada e carregada de pacotes. Notando seu apuro, um senhor ofereceu-lhe o lugar. Assim que se sentou, a mulher desmaiou.
Quando voltou a si, disse ao cavalheiro que havia lhe oferecido o lugar: “Muito obrigada”; ao ouvir isto, o homem desmaiou.
Embora seja apenas uma anedota, o acontecimento exemplifica o uso infreqüente da frase: “Muito obrigado”.
Expressar gratidão era tão raro nos dias de Jesus como em nossos dias. Lucas 17.11-19 conta a história de dez leprosos que foram curados por Jesus. Apenas um se dirigiu a ele e disse: “Muito obrigado”.
Sei o quanto esta pequena frase significa para mim, e garanto que significa muito para outras pessoas, também. É por isto que procurei instilar em meus filhos, por palavras e exemplo, o hábito de agradecer – não apenas a Deus, por meio de orações, mas a todos os que fazem ou dizem algo gentil, bondoso.
Existe algo distintivamente cristão no agradecimento. Nós que fomos redimidos e somos abençoados com a presença viva de Cristo em nossas vidas, temos todos os motivos para agradecer. Nós, entre todas as pessoas, devemos ser as mais agradecidos!
O apóstolo Paulo não economizava nos agradecimentos. Era agradecido por seus irmãos em Cristo (At 28.15), pelo inexprimível dom de Cristo (2Co 9.15), pela vitória por intermédio de Cristo (1Co 15.57), pelo ministério que Deus lhe deu (1Tm 1.12) e pelo crescimento espiritual dos cristãos (Cl 4.6).
O apóstolo Paulo conhecia o valor de um espírito agradecido, e por isto exortou os outros a seguirem seu exemplo. Aos filipenses, ele escreveu: “As vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus [...] com ação de graças” (Fp 4.6).
Paulo mandou os efésios abandonarem as conversas inúteis e se expressarem com ações de graças (Ef 5.4).
No entanto, o apóstolo foi mais adiante. Dar graças tem de vir em conjunto não apenas com as orações e palavras, mas fluir de nós em tudo o que fazemos (Cl 3.17). Devemos dar graças em tudo (1Ts 5.18).
Vemos, assim, que a questão não é ser agradecido aqui e ali; é viver agradecido todos os dias de nossas vidas, Esta é a vontade de Deus para nós. 
(Steven B. Cloud - Sunday School Times & Gospel Herald)

10 COISAS ESTUPIDAS QUE IMPEDEM O CRESCIMENTO DA IGREJA:


Líderes devem evitar estes erros caros!
· Uma liderança que faz tudo.
· Exigências irreais para a família pastoral.
· Música de segunda qualidade.
· Ministério infantil de segunda qualidade.
· Valorizar talento mais do que integridade.
· Ma localização da Igreja.
· Tentativa de imitar outra Igreja bem sucedida.
· Preferir disciplina à reconciliação.
· Misturar negócios com o ministério.
· Permitir que comitês ditem o curso da Igreja.
por Geoff Surratt
(Do Internet)

24 de dez de 2012

Pérolas Diárias 24 de Dezembro


"Em Belém da Judéia, responderam eles, porque assim está escrito por intermédio do profeta." Mateus 2.5
Nesses dias de Natal, tem-se a impressão de que milhões de pessoas crêem firmemente no cumprimento da profecia bíblica que fala da primeira vinda de Jesus. Mas é interessante observar que essas mesmas pessoas têm dificuldades em crer que hoje, em nossos dias, se cumprem profecias feitas por Deus! É verdade que muitos crêem na Palavra de Deus, mas não crêem no seu cumprimento. A História se repete: por ocasião do nascimento de Jesus, os sumo sacerdotes e escribas criam com fidelidade ferrenha na Palavra de Deus e em seu cumprimento, e até a citaram para responder prontamente quando Herodes timidamente lhes perguntou onde Jesus deveria nascer. "Em Belém da Judéia", disseram eles. Mas, por outro lado, se negavam a crer que esta promessa poderia estar se cumprindo bem naquele instante. Um exemplo bem oposto são os sábios do Oriente, que não conheciam as Escrituras, porém viram a luz, e, com toda a certeza em seus corações, seguiram a estrela, e, chegando finalmente em Jerusalém, perguntaram: "Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no Oriente." Os crentes daquela época criam nas Escrituras, mas não criam no seu cumprimento; os gentios ignorantes, pelo contrário, tinham a luz, creram nela, seguiram-na e encontraram Jesus! Assim aconteceu na primeira vinda de Jesus, e acontece ainda hoje: "...muitos primeiros serão últimos: e os últimos, primeiros."
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=24

NUDEZ


No verão, gostamos de ficar confortáveis. Queremos ficar fresquinhos. Você sabia que quanto menos roupa tiver no corpo, mais calor você sentirá? Já percebeu, nos noticiários sobre guerra, que os soldados estão sempre de manga comprida e colarinho abotoado? Tem um motivo: quando o vento sopra, o suor refresca o corpo deles.
Não venha me dizer que você tira a roupa para ficar confortável! Tira para exibir o corpo. Não apareça meio desnudo na igreja, seja lá qual for a reunião. Lemos em 1Timóteo 2.9: “Do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto”. Nudez não é “traje honesto”.
Ninguém deve usar shorts curtinhos. Jacó disse à sua família: “...mudai as vossas vestes” (Gn 35:2).
Não ande por aí com roupa indecente. Seja recatado. Vista-se como se fosse estar na presença de Jesus; afinal de contas, ele está sempre presente.
Quando uma família se afasta de Deus e da igreja, normalmente se corrompe e adota um estilo de vida mundano. Sempre que nos afastamos de Betel, deixamos a casa de Deus e deixamos a retidão, nossa tendência é abraçar o estilo de vida do mundo.
Os crentes devem se parecer, viver e amar de modo apropriado aos cristãos. 
O dr. J. Frank Norris afirmou: “Quando vejo algo que se parece um pato, anda como um pato e grasna como um pato, chamo isto de pato”. Se vejo algo que se parece com o mundo, cheira igual ao mundo, anda igual ao mundo e fala igual ao mundo, só posso chamar de mundanismo.
Chega uma hora em que devemos fazer um risco na areia e passar para o lado certo. Deus não pede que sejamos fanáticos espirituais, mas que sejamos cristãos frutíferos. Se queremos transformar o mundo, temos
de brilhar como a luz e temperar como o sal.
Se quiser se aclimatar ao mundo e ser absorvido por ele, viva como quiser, vista-se com quiser, vá aonde quiser, faça o que quiser. No entanto, se deseja transformar o mundo, você tem de ser diferente do que está querendo mudar.
Se não estamos transformando o mundo, então o mundo está nos transformando. 
(Dr. Raymond Barber)


Spurgeon disse que é melhor ser um pássaro magro na floresta do que um gordo na gaiola.
(Pulpit Helps)

O AMOR DE DEUS


Qual é a sua profundidade?
Tu, porém, amaste a minha alma e a livraste da cova da corrupção, porque lançaste para trás de ti todos os meus pecados.” — Isaías 38.17
“Tirou-me de um poço de perdição.” — Salmo 40.2
Qual é a sua altura?
“Juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus.” — Efésios 2.6
Qual é a sua largura e comprimento?
“Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo.” — Efésios 1.4.
“Para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus.” —Efésios 2.7.
(Sword of the Lord)
Quem sabe que Deus é humilde sabe que não pode ser orgulho.
(J. Flavel)
Quem não lê jornais, é desinformado, e quem lê é mal informado.
(Mark Twin)

QUAL O TAMANHO DE SUA CESTA?


Madaki, líder de uma igreja na Nigéria, também era um dos lavradores mais prósperos de sua região. Certo dia, alguém anunciou: “Madaki pede que todas as mulheres se reúnam em sua casa amanhã cedo. Passem o recado adiante”.
Na manhã seguinte, quando as mulheres estavam reunidas, Madaki perguntou quem gostaria de ir colher milho em sua plantação, a uns cinco quilômetros de distância. Cento e quatro mulheres e meninas pegaram suas cestas—grandes, pequenas, médias—e rumaram para o milharal. Algumas colheram um volume enorme; outras, bem pouco. Uma das mulheres recolheu tanto milho que perdeu as forças antes de chegar em casa.
Quando todas retornaram, Madaki chamou-as para junto de si e disse que poderiam ficar com o milho recolhido! Houve gritos de alegria e agradecimento, e também suspiros de arrependimento.
“Se eu soubesse, teria levado uma cesta maior”, algumas reclamaram. Outras haviam recusado o trabalho, dizendo: “Já tenho serviço demais na minha casa”. Na manhã seguintes, estas mulheres procuraram Mandaki (o trabalho em casa não parecia tão importante agora!) e imploraram para ele deixá-las ir colher milho.
Madaki respondeu calmamente: “O tempo passou. O milho foi recolhido ontem”.
Com sua atitude generosa, Madaki não somente ajudou muitas famílias necessitadas, mas também pregou um sermão que foi repetido muitas vezes pela cidade inteira.
Cristo nos chama para trabalhar na colheita da fé. Aqueles entre nós que oferecerem mais para o reino de Deus, sem esperar nada em retorno, a não ser a aprovação do Mestre, serão os mais abençoados na eternidade.
(Knight´s 3.000 Illustrations)

DEVOCIONAL PARA HOJE


VERSÍCULO:
   Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. -- João 12:24

PENSAMENTO:
   Jesus pronunciou esta verdade, reconhecendo que Deus estava chamando-o para dar a sua vida para que seus seguidores pudessem estar com ele na gloria. Um sacrifício nunca e fácil, mas apesar da falta de coragem e fidelidade dos seus discípulos durante suas ultimas horas, Jesus realmente acreditou que seu sacrifício os inspiraria e depois levá-los a compartilhar sua graça e gloria com muitos outros. (Deve ser o mesmo para nos!) O próprio fato que estamos pensando sobre Jesus hoje e prova que ele estava certo sobre seu impacto poderoso sobre eles e outros que vieram depois.

ORAÇÃO:
   Obrigado, Senhor Jesus, por tudo que o Senhor fez para me resgatar do pecado e morte. Obrigado por ser uma pessoa de compaixão e caráter. Obrigado por amar seus seguidores mesmo depois que eles Te abandonaram. Obrigado por ter sofrido na cruz e morrer por mim. Anseio vê-lo quando o Senhor voltar com gloria na companhia dos anjos. A Ti seja toda a honra, gloria, poder, amor e louvor. Amem.


http://www.iluminalma.com/dph/4/1224.html

23 de dez de 2012

Perólas Diárias 23 de Dezembro


"Graças a Deus pelo seu dom inefável." 2 Coríntios 9.15
Ingratidão para com o Senhor é um grande pecado de omissão! Quantos motivos temos para Lhe agradecer! Mas o maior motivo de gratidão de nossa parte para com Deus é Seu Filho amado, que Ele entregou à morte maldita na cruz. Gratidão para com o Senhor é agradável a Deus, pois está escrito: "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." Você já deu graças ao Senhor hoje? A medida de sua gratidão ao Senhor também determina a medida da vitória de Jesus em sua vida. Dar graças é a mais alta expressão de fé: "Não andeis ansiosos de cousa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça." Mas são poucos os filhos de Deus que têm o hábito de agradecer a Deus e louvá-lO antes de Lhe fazerem seus pedidos e suas súplicas. Agradeça-Lhe em primeiro lugar, de todo o coração, pela salvação. Agradeça-Lhe que Ele o carregou e suportou até hoje. Dê graças por ter se tornado um filho de Deus, agradeça por Ele ter lhe dado o novo nascimento. O Senhor gosta de ouvir isso, e assim você estará fazendo a Sua vontade. Através do agradecimento, o Senhor é honrado, e você fica feliz e interiormente livre para interceder de maneira correta pelos outros diante do trono da graça.
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=23

Lewis Edgar Jones


Lewis Edgar Jones [89, 499] nasceu no dia 8 de fevereiro de 1865 em Yates, Illinois e faleceu no dia 1 de setembro de 1936 em Santa Barbara, California. Está enterrado no cemitério Altoona Walnut Grove no condado de Etowah, Alabama. Pseudônimos: Lewis Edgar, Edgar Lewis, Mary Slater. Foi companheiro de classe do evangelista Billy Sunday quando frequentou o Instituto Bíblico Moody. Quando se formou, foi trabalhar para a Associação Cristã de Moços (ACM), em Davenport, Iowa; Em Fort Worth no Texas (1915) e em Santa Barbara na California (1925). Escrever hinos era sua paixão.

Fonte: http://harpacrista-fragmentos.blogspot.com/2008/09/hc133-no-rol-do-livro.html

PEGANDO NO TRANCO


A bateria do meu Fusquinha velho morreu porque esqueci os faróis ligados a noite inteira.
Não querendo chegar atrasado ao trabalho, fui correndo chamar minha esposa para que me ajudasse a ligar o carango.
Pedi que ela entrasse em nosso outro carro—uma “banheira” velha beberrona de gasolina—e empurrasse o Fusca rápido o bastante pra ele pegar no tranco. Como o Fusca tinha câmbio automático, expliquei que ele precisava ser empurrado a 50km por hora, mais ou menos. Ela disse “tudo bem”, entrou no carro e foi embora.
Dentro do Fusca, fiquei louco da vida imaginando o que ela estava fazendo. 
Depois de uns segundos, vi, pelo retrovisor, minha esposa vindo a uns 65km por hora em minha direção. Foi então que percebi que deveria ter sido um pouco mais claro nas minhas instruções.
(Pulpit Helps)

DEVOCIONAL PARA HOJE 23/12/2012

VERSÍCULO:
   A vida é mais importante do que a comida, e o corpo, mais do que as roupas. -- Lucas 12:23

PENSAMENTO:
   Na correria desta época do ano, é muito importante lembrar que a vida vale muito mais do que as coisas mais básicas que pensamos que necessitamos. Se perdermos Deus, suas obras e sua vontade da nossa vida, o que nos resta? Não resta muito que vai durar! Minha oração por você, e por mim, durante esta época de Natal, é que lembremos daquilo que realmente importa, daquilo que é valioso e que dura.

ORAÇÃO:
   Precioso Deus, todo poderoso em glória e ao mesmo tempo tão perto e tão preocupado com meu coração, obrigado por me conhecer e me amar com um amor eterno. Por favor, dê-me a sabedoria para enxergar além das coisas transitórias da vida e achar o Senhor e sua presença sustentadora. No nome de Jesus eu oro. Amém. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1223.html

22 de dez de 2012

1ª Gincana da Soc. Fem. da IBR Ipanguaçu






Nesta ultima terça feira, a sociedade feminina da Igreja Batista Regular de Ipanguaçu realizou sua primeira gincana.
A gincana foi realizada em três terças seguidas e ao final houve um jantar de confraternização. Pela graça de
Deus tiveram algumas visitantes, orem para que a semente de Deus frutifiquem em seus corações!





  
Grupo Unidas pela fé Grupo Coragem e fé

Perólas Diárias 22 de Dezembro


"Transformarei as minhas montanhas em caminhos planos; os vales serão aterrados e não haverá mais caminhos perigosos para eles." Isaías 49.11 (ABV)
Qual é a aparência desse caminho? É um caminho preparado, aplanado. Embora você não o veja, assim mesmo você poderá segui-lo com tranqüila certeza. Pois somos conduzidos pelo Senhor mesmo quando não percebemos. Andamos nas obras as quais Deus de antemão preparou para nós. O Senhor enfatiza que Ele mesmo quer aplanar o nosso caminho: "Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos..." Neste momento, surge a pergunta: como está o nosso coração? Está seco e árido? Seu interior parece um deserto onde não cresce mais nada, onde não há o fruto do Espírito, do qual temos tanta necessidade? Ouçamos a Palavra do Senhor para nós: "Não vos lembreis das cousas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço cousa nova, que está saindo à luz; porventura não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no êrmo." Que promessa maravilhosa e consoladora! O Senhor se legitima a si mesmo quando volta a repetir em outra passagem da Bíblia: "Assim diz o Senhor, o que outrora preparou um caminho no mar..." Ele quer dar um avivamento em nossa vida! Ele quer abrir um caminho no nosso deserto. Que promessa maravilhosa! Agradeçamos a Deus agora mesmo por isso, dizendo: "Senhor, eu te agradeço! Eu sei que tens muitos meios para me socorrer e que o Teu caminho é o melhor para a minha vida!"
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=22

Amélia Matilda Hull


Amélia Matilda Hull [195] nasceu no dia 30 de Setembro de 1812 e era a mais nova dos onze filhos de William Thomas e Harriot Hull, de Marpool Hall. Seu pai era um capitão militar aposentado. Pouca coisa se sabe da vida particular de Amélia, a não ser a história da sua conversão. Aliás, as circunstâncias daquele grande evento são tão cheias de interesse e tão inexplicavelmente ligadas ao surgimento deste amável hino, “Vida por um olhar”, que vale a pena conhecer a sua história.  Consta que Amélia ouviu o Evangelho pela primeira vez quando tinha vinte anos de idade. Um evangelista visitante armou a sua tenda próximo da casa de sua família e toda a vizinhança foi convidada a ouvir o Evangelho.
  Uma noite Amélia aventurou-se a ir. Esgueirou-se na parte de trás da tenda e ouviu com bastante atenção o Evangelho de Jesus Cristo. Seu coração ficou sobremodo abalado. Quando voltou para casa contou ao seu pai onde havia estado e ele ficou furioso. Disse-lhe que ela não devia associar-se com aqueles “crentes” e que aquelas reuniões não eram dignas de alguém de posição elevada como ela. Ao mesmo tempo, proibiu-a de voltar a assistir àquelas reuniões.
  Contudo, o coração de Amélia já havia recebido as gotas da água viva e ela estava sedenta por ouvir mais. Sentiu que devia voltar apesar da proibição imposta por seu pai e foi assistir à reunião seguinte. A mensagem foi baseada em João 3:14-15, onde o Senhor menciona o levantamento da serpente de metal no deserto e a cura que recebiam as pessoas que, mordidas pelas serpentes verdadeiras, levantassem o olhar para a serpente de metal. Naquela mesma noite Amélia olhou, pela fé, para o Cristo do Calvário e foi salva por toda a eternidade. 
  Quando regressou ao lar deparou com a fúria de seu pai. Este, com muita ira, levou-a até à biblioteca, onde repreendeu-a severamente pelo que fizera e ordenou-lhe que ali comparecesse novamente às 9 horas do dia seguinte a fim de apanhar de chicote. Amélia, muito perturbada retirou-se para seu quarto sentindo-se muito triste por ter causado dissabor a seu pai, mas ao mesmo tempo gozava profunda alegria pela salvação de Deus que inundara a sua alma.
  Pela manhã, pensando nos acontecimentos do dia anterior tudo quanto se passara naquela reunião e, sobretudo, a grandiosa mensagem que ouvira e que lhe trouxera paz, sentou-se e foi deixando extravasar sobre um pedaço de papel os sentimentos do seu coração. Assim que o relógio bateu 9 horas dirigiu-se à biblioteca levando consigo o referido pedaço de papel. Lá estava seu pai e, sobre a mesa, o chicote. Ela entrou, entregou ao pai o papel e ficou esperando. O capitão W. T. Hull ficou de pé e, enquanto lia a composição de Amélia, algo extraordinário aconteceu. Uma notável mudança. O pai de Amélia sentou-se e enfiou o rosto entre as mãos. Através da leitura daqueles versos Deus falou ao coração daquele homem fazendo-o sentir-se totalmente arrasado. Desapareceu de sua mente qualquer pensamento de bater em sua filha. Pelo contrário, naquela manhã, ali na biblioteca, o capitão Hull foi ao encontro do Salvador de Amélia. Daquele dia em diante foi efetuada uma grande transformação, não só na vida do capitão Hull, como também na vida de Marpool Hall. 

http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_207

GRAMA VERDE


O mito da grama mais verde é bastante conhecido. Outro lugar é sempre melhor do que onde estamos. Já descobri que a grama mais verde pode ser bastante enganosa. O outro pasto nem sempre é melhor.
Muitas vezes a grama mais verde é artificial! Pode estar mais verde porque precisa ser cortada. Ou está crescendo em cima de um encanamento de esgoto!
Paulo afirmou: “Sei qual é meu chamado. Sei o que devo fazer. E, por falar nisso, a medida com que Deus me mediu chega até vocês. Alegro-me na vontade de Deus para minha vida!”
Certo homem se gabava de ser mais forte do que qualquer um de sua rua. Ninguém o desafiou, então ele ampliou o orgulho: “Dou uma surra em qualquer um do bairro”. Ninguém aceitou enfrentá-lo.
“Acabo com qualquer um do meu estado!” Alguém do estado vizinho soube do desafio, apareceu e deu a maior surra no camarada. Quando lhe perguntaram o porquê da surra, o ex-valentão explicou: “Saí fora do meu território”.
Precisamos conhecer nosso território e ficarmos satisfeitos dentro dele!
(Dr. Dan Reed)

DEVOCIONAL PARA HOJE 22/12/2012


VERSÍCULO:
   Por causa do seu grande nome, o Senhor não os rejeitará, pois o Senhor teve prazer em torná-los seu próprio povo. -- 1 Samuel 12:22

PENSAMENTO:
   O grande e santo Deus não será infiel. De fato, Ele agirá para mostrar seu caráter e honrar seu santo nome, mesmo quando seu povo não merece sua graça. Deus continua a nos amar e preservar, do mesmo modo que fez aos nossos ancestrais israelitas, somente por sua graça, amor e fidelidade.

ORAÇÃO:
   Santo e Justo Pai, sua graça não só me salvou, mas me sustém até mesmo quando Satanás tenta usar minhas próprias falhas para me fazer duvidar no meu coração do seu amor por mim. Obrigado por ter triunfado sobre minha fraqueza e me dar justiça para que possa fazer parte do seu reino e glória. No nome de Jesus eu Lhe louvo. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1222.html

21 de dez de 2012

Perólas Diárias 21 de Dezembro


"Voltou segunda vez o anjo do Senhor, tocou-o e lhe disse: Levanta-te, e come, porque o caminho te será sobremodo longo." 1 Reis 19.7
Para onde nos conduz o caminho do Senhor? Digo com profunda certeza a você que agora lê estas linhas: o Senhor preparou um "grande caminho" para você. Por isso, volte-se logo para o caminho do Senhor. "Para onde?", você pergunta. Apocalipse 14.4 responde: a ser como os "...seguidores do Cordeiro por onde quer que vá." Já posso lhe adiantar com certeza para onde esse caminho não conduz: ele não leva para onde sua carne quer. Por isso eu lhe peço muito que você reveja o grau de sua disposição em seguir o caminho do Cordeiro para onde quer que Ele for. Pois esse caminho significa a absoluta entrega da própria vontade. O único caminho certo para você é o caminho pelo qual o Senhor já quer conduzi-lo há muito tempo, mas para o qual você ainda não se decidiu. Até hoje o seu caminho sempre partiu do seu próprio "eu". Mas a base de partida do caminho do Senhor é única e exclusivamente o Calvário. Lá Ele espera por você. Você tem de voltar até onde o Cordeiro de Deus crucificado espera por você, ao Calvário. Somente partindo do Calvário você encontrará o caminho do Senhor.
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=21

História do hino 159 – Chuvas de bênçãos


Era 10 de junho de 1890, Salomão Ginsburg olhava pela portinhola do navio atracado no porto do Rio de janeiro. A sua frente via as luzes da cidade e do novo país para onde Deus o mandara. Pela manhã estaria em terra firme. Quanta emoção experimentava com esta expectativa! Quantas recordações! Lembrava do seu primeiro lar na Polônia, do seu pai rabino que observou quando ele se tornou crente, da sua mãe que cuidou que ele tivesse uma educação privilegiada na Alemanha, e que fosse para a Inglaterra ficar com seu tio e aprender a arte de tipografia. Lembrou-se do seu primeiro encontro com judeus convertidos, sua própria conversão e as duras penas que sofreu alegremente para compartilhar sua nova fé.
  Agradeceu a Deus pelos anos de treinamento para o ministério, e por sua noiva, que o despertou para missões, e que esperava segui-lo mais tarde. Pensou nos seis meses que passou estudando português em Portugal, do panfleto polêmico que conseguiu publicar com a ajuda de Joseph Jones, e a sua distribuição que criou a necessidade de sair de Portugal para não ser preso. Agradeceu a Deus por tudo isso. Sentiu que a sua vida e o seu ministério apenas começavam, que Deus faria grandes coisas nesta nova terra.
  Folheando um hinário que trouxera da Inglaterra, viu o hino Showers of Blessings (Chuvas de Bênçãos), que o levou a pensar: “Até agora as bênçãos que recebi foram somente gotas em face às Chuvas de Bênçãos que hão de vir”.Tomou sua pena e se pôs a traduzir esta mensagem na sua nova língua, que estudara tão diligentemente nos últimos seis meses. Deu graças a Deus por sua aptidão e experiência em línguas neste longo caminho que trilhara. Finalmente, estava satisfeito. Seu primeiro hino traduzido para o português, estava completo! Mostraria para seu companheiro de viagem, o evangelista português, Henry Maxwell Wright, para revisão e correção.
  Salomão Luiz Ginsburg não podia saber que este hino seria o primeiro entre 105 letras e traduções que faria nos anos à sua frente; que ele seria o “Pai do Cantor Cristão”; que deixaria nos 37 anos que Deus lhe daria neste grande país, não somente a herança de um grande número de brasileiros salvos, de igrejas fundadas, de publicações, de escolas para treinamento de obreiros, de convenções, mas a herança inestimável de hinodia brasileira. Certamente as “gotas” que já recebera se transformariam em verdadeiras Chuvas de Bênçãos, na verdade, numa grande inundação de bênçãos que Deus proporcionaria através da sua vida totalmente dedicada a Ele. 

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br/hinos/historias_hinos/ha_159.htm, que cita JUERP (Casa Publicadora Batista)

SERVIÇO - João 13:1-17


1. A vontade de servir. (vs.1-3)
2. A preparação para servir. (v.4)
3. O começo do serviço. (vs.5,6)
4. A conclusão do serviço. (vs.7-11)
5. A explicação do serviço. (vs.12-17)

DEVOCIONAL PARA HOJE 21/12/2012


VERSÍCULO:
   Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem. -- Romanos 12:21

PENSAMENTO:
   Um amigo costumava me lembrar que o alvo número um ao lidar com pessoas ou circunstâncias difíceis é este: Não se torne o que você odeia. Ele não estava falando em odiar a pessoa, mas em não aceitar suas ações e motivações malignas, mesquinhas e pecaminosas. Não conseguimos vencer o Diabo por meios desonráveis e desonestos. Vencemos o mal quando fazemos o que é certo e enchemos nossos corações e vidas com bondade.

ORAÇÃO:
   Santo Deus, por favor, abençoe-me com caráter enquanto resisto às pessoas que são críticas, cínicas ou que querem se vingar de mim. Por favor, ajude-me a responder de maneira que reflita o caráter e Senhorio de Cristo. Em nome de Jesus. Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1221.html

20 de dez de 2012

DEVOCIONAL PARA HOJE 20/12/2012


VERSÍCULO:
   Respondeu Samuel: “Não tenham medo. De fato, vocês fizeram todo esse mal. Contudo, não deixem de seguir o Senhor, sirvam o Senhor de todo o coração.”-- 1 Samuel 12:20

PENSAMENTO:
   Israel queria um Rei. Isso esmagou o coração de Samuel e deixou Deus irado com a falta de fé do seu povo. Samuel, porém, lembra-os de que, mesmo que eles tenham tropeçado e caído, não devem abandonar o Senhor. Ao invés disso, suas preocupações politicas devem tomar segundo plano em relação à sua fidelidade a Deus e sua disponibilidade de servi-lo completamente.

ORAÇÃO:
   Perdoe-me, querido Pai, pelos meus pecados, falta de visão e tolice que às vezes tenho mostrado. Eu quero Lhe servir com um coração totalmente dedicado ao Senhor, purificado pelo seu perdão e pelo poder transformador do seu Espirito Santo. Obrigado! No nome de Jesus. Amém. 

http://www.iluminalma.com/dph/4/1220.html

Perólas Diárias 20 de Dezembro


"Faze-me, Senhor, conhecer os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação, em quem espero todo o dia." Salmo 25.4-5
Aqui temos a oração tão necessária para obter a direção correta. Por que tão necessária? Porque somente os caminhos de Deus são perfeitos, e por isso somente o Seu caminho é um caminho abençoado para você. Entre os caminhos de Deus e os nossos caminhos há um profundo abismo. As Escrituras deixam bem claro para onde nos conduzem os nossos próprios caminhos: "Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte." Por isso é muito trágico quando a vida de uma pessoa é descrita da seguinte maneira: "...cada um se desviava pelo caminho." Mas como é o caminho de Deus para você? A resposta está no Salmo 77.13: "O teu caminho, ó Deus, é de santidade." Mas é justamente por ser um caminho de santidade que tão poucos encontram esse maravilhoso caminho: "...apertado é o caminho que conduz para a vida."Nesse caminho santo e estreito, a velha natureza não tem mais espaço. A ênfase em "santo" e "estreito" mostra também a singularidade do caminho de Deus para você. Não existe outro caminho – e nesse caminho só há lugar para duas pessoas: para o Cordeiro e para você.
http://www.chamada.com.br/perolas/?mes=Dezembro&dia=20