VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

15 de jan de 2013

INTRODUZINDO A BÍBLIA


OBJETIVOS:
Ao concluir este capítulo você será capaz de:
·                Escrever o versículo chave de memória.
·                Definir a palavra “Bíblia”.
·                Definir a palavra “Escritura”.
·                Explicar a origem da Bíblia.
·                Identificar os propósitos principais da Bíblia.
·                Identificar o Antigo e Novo Testamento como as duas divisões principais da Bíblia.
·                Citar as quatro divisões dos livros do Antigo Testamento.
·                Citar as quatro divisões dos livros do Novo Testamento.
·                Explicar o que significa “a unidade e diversidade” da Bíblia.
·                Identificar a pessoa sobre quem a revelação de ambos os testamentos está centrada.
VERSÍCULOS-CHAVE:
“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2 Timóteo 3.16-17).
INTRODUÇÃO
Este capítulo introduz a Bíblia que é a Palavra escrita do verdadeiro Deus. A Palavra “Bíblia” significa “livros”. A Bíblia é um volume que consiste em 66 livros separados. A palavra “Escritura” também é usada para referir-se à Palavra de Deus. Esta palavra vem de uma palavra latina que significa “escrito”. Quando a Palavra “Escritura” é usada com “E” maiúsculo significa os “escritos sagrados” ou as Sagradas Escrituras do verdadeiro Deus. A palavra “Bíblia” não aparece na Escritura. É uma palavra escolhida pelos homens como um título para a Palavra de Deus.
A ORIGEM DA BÍBLIA
A Bíblia é a Palavra escrita de Deus. Ele inspirou as palavras na Bíblia e usou aproximadamente 40 homens para escrever Suas palavras. Estes homens escreveram por um período de 1500 anos. A concordância perfeita entre outros escritores é uma prova de que eles foram todos guiados por somente um autor. Esse autor foi Deus. Alguns dos escritores escreveram exatamente o que Deus disse:
“Toma um rolo, um livro, e escreve nele todas as palavras que te falei contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em que te falei, desde os dias de Josias até hoje” (Jeremias 36.2).
Outros escritores escreveram o que eles experimentaram do que Deus revelou acerca do futuro:
“Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas” (Apocalipse 1.19).
Todos os escritores escreveram sob a inspiração de Deus as palavras de Sua mensagem para nós.
O PROPÓSITO DA BÍBLIA
A própria Bíblia registra seu propósito principal:
“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2 Tm 3.16-17).
As Escrituras devem ser usadas para ensinar a doutrina, reprovar e corrigir do mal, e ensinar a retidão. Elas lhe ajudarão a viver corretamente e o equiparão para trabalhar para Deus.

AS DIVISÕES PRINCIPAIS
A Bíblia é dividida em duas seções principais chamadas de Antigo Testamento e Novo Testamento. A palavra “testamento” significa aliança ou pacto. Um pacto é um acordo. O Antigo Testamento registra o pacto ou acordo original de Deus com o homem. O Novo Testamento registra o novo pacto feito por Deus através de Seu Filho, Jesus Cristo.
Qual foi o assunto destes dois acordos? Os dois envolveram restaurar o homem pecador para corrigir sua relação com Deus. Deus fez uma lei na qual o pecado só pode ser perdoado através do derramamento de sangue:
“Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo” (Atos 9.22).
Sob o acordo (aliança) de Deus no Antigo Testamento, os sacrifícios de sangue dos animais eram feitos pelo homem para obter o perdão dos pecados. Este era um símbolo do sacrifício de sangue que Jesus Cristo proporcionaria sob a nova aliança com Deus. Através do nascimento, vida, morte e ressurreição de Jesus, um sacrifício final para o pecado foi feito:
“Quando, porém, veio Cristo como sumo sacerdote dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção. Portanto, se o sangue de bodes e de touros e a cinza de uma novilha, aspergidos sobre os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne, muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo! Por isso mesmo, ele é o Mediador da nova aliança, a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm sido chamados” (Hebreus 9.11-15).
Ambos os testamentos são a Palavra de Deus e nós devemos estudar os dois para entender a mensagem de Deus. Estes vocábulos – “antigo” e “novo” – se usam para distinguir entre a aliança de Deus com o homem antes e depois da morte de Jesus Cristo. Nós não menosprezamos o Antigo Testamento simplesmente porque se chama de “Antigo”.


DIVISÕES ADICIONAIS
A Bíblia também pode ser dividida em 66 livros. O Antigo Testamento tem 39 livros. O Novo Testamento contém 27 livros. Cada livro é dividido em capítulos e versículos. Ainda que conteúdo de cada livro seja a Palavra de Deus, a divisão em capítulos e versículos foi feita pelo homem com o propósito de tornar fácil de localizar passagens específicas. Seria muito difícil de encontrar uma passagem se os livros fossem todos em um só parágrafo extenso.
Aqui está um diagrama simples que mostra as divisões básicas da Bíblia:

A BÍBLIA 
_____________________|____________________
ANTIGO TESTAMENTO             NOVO TESTAMENTO
39 livro                                               27 livros

A UNIDADE DA BÍBLIA
Quando nós falamos da unidade da Bíblia, nós queremos dizer duas coisas:
UMA: A BÍBLIA ESTÁ UNIDA EM CONTEÚDO:
Ainda que a Bíblia tenha sido escrita por muitos escritores durante muitos anos, não há nenhuma contradição nela. Um autor não contradiz nenhum dos outros.
A Bíblia inclui a discussão de centenas de assuntos polêmicos. (Um assunto polêmico é um cria opiniões diferentes quando mencionados). Todavia os escritores da Bíblia falaram sobre tais assuntos com harmonia deste o primeiro livro, Gênesis, até o último, Apocalipse. Isto foi possível porque ela realmente teve um só autor: Deus. Os escritores só registraram a mensagem sob a Sua direção e inspiração. Por esta razão, o conteúdo da Bíblia está unido.
DOIS: A BÍBLIA ESTÁ UNIDA EM UM TEMA:
Algumas pessoas pensam que a Bíblia é uma coleção de 66 livros separados em assuntos diferentes. Eles não compreendem que a Bíblia está unida por um tema principal. Do início ao fim, a Bíblia revela o propósito especial de Deus que se resume no livro de Efésios:
“Desvendando-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que propusera em Cristo, de fazer convergir nele, na dispensação da plenitude dos tempos, todas as coisas, tanto as do céu, como as da terra; nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade” (Efésios 1.9-11).
A Bíblia revela o ministério do plano de Deus que é o tema unificador da Bíblia. É a revelação de Jesus Cristo como o Salvador da humanidade pecadora. Jesus explicou como o Antigo Testamento está centralizado Nele:
“A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos” (Lucas 24.44).
Com esta introdução, Jesus continuou e...
“Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras” (Lucas 24.45).
Qual foi a chave que Jesus lhes deu para entender as Escrituras? O fato de que seu tema principal está focado Nele:
“E lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém” (Lucas 24.46-47).
Os Testamentos – Antigo e Novo – ambos conta a história de Jesus. O Antigo Testamento nos prepara para Sua vinda e o Novo Testamento diz como ela aconteceu. Isto une a Bíblia em um tema principal. As pessoas que esperavam a Jesus sob o Antigo Testamento foram salvas de seus pecados através da fé na promessa de Deus. Cada um que olha para trás, para o que foi cumprido em Jesus Cristo, é salvo da mesma maneira: através da fé no que aconteceu, assim como Deus prometeu.
A DIVERSIDADE DA BÍBLIA
Quando nós falamos da “diversidade” da Bíblia nós queremos dizer que a Bíblia tem variedade. A Bíblia registra as maneiras diferentes nas quais Deus tratou com as pessoas e as diferentes maneiras nas quais elas responderam a Ele.
A Bíblia foi escrita em atmosferas diferentes. Algumas porções expressam alegria enquanto outras refletem o sofrimento. A Bíblia inclui maneiras de escrever. Contém história, poesia, profecia, cartas, aventura, parábolas, milagres, e história de amor.
Devido a sua variedade, a Bíblia tem sido dividida adicionalmente em grupos de livros.
AS DIVISÕES DO ANTIGO TESTAMENTO
Os livros do Antigo Testamento são divididos em quatro grupos principais: Lei, História, Poesia e Profecia.
OS LIVROS DA LEI:
Há cinco livros da lei. Os nomes destes livros são:
·                Gênesis
·                Êxodo
·                Levítico
·                Número
·                Deuteronômio
Estes livros registram a criação feita por Deus do homem e do mundo, e a história primitiva do homem. Eles dizem como Deus levantou à nação de Israel como o povo através de quem Ele poderia revelar-se às nações do mundo.
Estes livros registram as leis de Deus. As partes mais conhecidas são os Dez Mandamentos (Êxodo 20.3-17), o maior de todos os mandamentos (Deuteronômio 6.5), e o segundo grande mandamento (Levítico 19.18).
Abra sua Bíblia e localize os livros da Lei no Antigo Testamento. Localize os três textos mencionados no parágrafo precedente e leia-os. Estes são exemplos das leis de Deus registradas nestes livros.

OS LIVROS DE HISTÓRIA:
Há 12 livros de história no Antigo Testamento. Os nomes dos livros de história são:
·                José
·                Juízes
·                Rute
·                1 e 2 Samuel
·                1 e 2 Reis
·                1 e 2 Crônicas
·                Esdras
·                Neemias
·                Ester
Localize estes livros em Sua Bíblia. Eles se encontram depois dos livros da lei. Os livros de história cobrem mil anos da história do povo de Deus, Israel. Naturalmente eles não dizem tudo o que aconteceu, porém eles registram os eventos principais e mostram ambos os resultados de cumprir e de ignorar a lei de Deus.
OS LIVROS DE POESIA:
Há cinco livros de poesia. Os nomes dos livros de poesia são:
·               
·                Salmos
·                Provérbios
·                Eclesiastes
Cânticos dos Cânticos (ou Cantares de Salomão em algumas antigas versões da Bíblia). Estes livros são livros de adoração do povo de Deus, Israel. Eles ainda são usados no culto pelos crentes de hoje. Vá ao Salmo 23 e leia-o. Este é um exemplo da bela poesia da adoração contida nestes livros.
  
OS LIVROS DE PROFECIA:
Os livros de profecia do Antigo Testamento são divididos em dois grupos que se chamam os livros dos Profetas Maiores e Menores. Isto não significa que os Profetas Maiores são mais importantes que os Profetas Menores. O título simplesmente é usado porque os Profetas Maiores são livros mais longos que os Profetas Menores. Há 17 livros de profecia no Antigo Testamento. Os nomes dos livros de profecia são:
Os Profetas Principais:
·                Isaías
·                Jeremias
·                Lamentações
·                Ezequiel
·                Daniel
Os Profetas Menores:
·                Oséias
·                Joel
·                Amós
·                Obadias
·                Jonas
·                Miquéias
·                Naum
·                Habacuque
·                Sofonias
·                Ageu
·                Zacarias
·                Malaquias
Estes livros são as mensagens proféticas de Deus a Seu povo sobre os eventos futuros. Muitas das profecias já se cumpriram, porém algumas permanecem para serem cumpridas no futuro. Encontre estes livros proféticos em sua Bíblia. Eles são os últimos livros no Antigo Testamento.
AS DIVISÕES DO NOVO TESTAMENTO
O Novo Testamento também tem sido dividido em quatro grupos: os Evangelhos, História, Cartas, e Profecia.
OS EVANGELHOS:
Há quatro livros nos Evangelhos. Os nomes destes livros são:
·                Mateus
·                Marcos
·                Lucas
·                João
Estes livros registram a vida, morte e ressurreição de Jesus. Seu propósito é levá-o a crer que Ele é o Cristo, o Filho de Deus. Encontre os Evangelhos em sua Bíblia e então leia João 20.31 que declara este propósito.
O LIVRO DE HISTÓRIA:
Há um livro de história no Novo Testamento, o livro de Atos. Este livro conta como a Igreja começou e cumpriu a comissão de Cristo para estender o Evangelho por todos o mundo. Localize este livro em sua Bíblia.
AS CARTAS:
Há 21 cartas no Novo Testamento. Os nomes destas cartas são:
·                Romanos
·                1 e 2 Coríntios
·                Gálatas
·                Efésios
·                Filipenses
·                Colossenses
·                1 e 2 Tessalonicenses
·                1 e 2 Timóteo
·                Tito
·                Filemom
·                Hebreus
·                Tiago
·                1 e 2 Pedro
·                1, 2 e 3 João
·                Judas
As cartas são dirigidas a todos os crentes. Seu propósito é guiá-los na vida e ajudá-los a fazer o que Jesus ordenou. Romanos 12 é um bom exemplo de seu ensino. Vá a este capítulo em sua Bíblia e leia-o. As cartas também são chamadas de “epístolas”, que significa “cartas”.
PROFECIA:
O Apocalipse é o único livro de profecia no Novo Testamento. Conta sobre a vitória final de Jesus e Seu povo. Seu propósito é animá-lo a continuar vivendo como um cristão deve viver até o fim dos tempos. Sua mensagem se resume em Apocalipse 2.10.
TESTE O SEU CONHECIMENTO
1.       Escreva os versículos-chave de memória.
____________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________

2.       O que significa a palavra “Bíblia?” _________________________________________
3.       O que a palavra “Escritura” significa? ______________________________________
4.       Quais são as duas divisões principais da Bíblia?
_____________________________________________________________________
5.       Quantos livros estão ali na Bíblia? _________________________________________
6.       Cite os quatro grupos principais nos quais livros do Antigo Testamento são divididos:
____________________________________________________________________________________________________________________________________________
7.       Cite os quatro grupos principais nos quais os livros do Novo Testamento são divididos:
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
8.       Qual é o significado da palavra “testamento”?
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
9.       Quais são os quatro propósitos principais da Bíblia? Dê uma referência da Bíblia para apoiar sua resposta.
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

10.     O que significa “a unidade da Bíblia?”
______________________________________________________________________
11.     O que significa “a diversidade da Bíblia?”
______________________________________________________________________

12.     Leia cada declaração. Se a declaração é VERDADEIRA coloque V no espaço em branco diante dela. Se a declaração é FALSA coloque F no espaço em branco.
a.       _____ A Bíblia é a Palavra escrita do verdadeiro Deus.
b.       _____ Ainda que Deus tenha inspirado a Bíblia, Ele usou aos homens para escrever Suas palavras.
c.       _____ Porque houve muitos escritores em um período de muitos anos, a Bíblia contém muitas contradições.
d.      _____ Não há nenhum tema unificador da Bíblia. É simplesmente uma coleção de livros com assuntos diferentes.
e.       _____ Os Profetas Maiores do Antigo Testamento são mais importantes que os Profetas Menores.
13.     Quem é a pessoa sobre a qual a revelação de ambos os testamentos se centraliza? Dê a referência bíblica para apoiar a sua resposta.
______________________________________________________________________
PARA ESTUDO ADICIONAL
Os marcadores de livros na próxima página lhe ajudarão a aprender as divisões principais da Bíblia. Recorte os marcadores de livros nas linhas que os dividem e ponha-os em sua Bíblia. Se você tem dificuldade de localizar o lugar para inserir seus marcadores, use o índice no início de sua Bíblia. Ele lista os livros na ordem em que eles aparecem na Bíblia. Também proporciona o número da página onde cada livro começa.
O ANTIGO TESTAMENTO
Ponha o marcador de livros número 1 no início do livro de Gênesis. Ponha o marcador de livros número 2 no início do livro de Josué. Ponha o marcador de livros número 3 no início do livro de Jó. Ponha o marcador de livros número 4 no início do livro de Isaías.
O NOVO TESTAMENTO
Ponha o marcador de livros número 5 no início do livro de Mateus. Ponha o marcador de livros número 6 no início do livro de Atos. Ponha o marcador de livros número 7 no início do livro de Romanos. Ponha o marcador de livros número 8 no início do livro de Apocalipse. Agora você tem localizado as divisões principais da Bíblia. Continue usando os marcadores de livros até que você possa nomear e localizar estas divisões de memória.
Os marcadores se encontram na página seguinte.
MARCADORES DE LIVROS
Recorte-os e ponha-os em Sua Bíblia segundo indicado na página anterior.
ANTIGO TESTAMENTO 
A LEI (1)
GÊNESIS
ÊXODO
LEVÍTICO
NÚMEROS
DEUTERONÔMIO

ANTIGO TESTAMENTO 
HISTÓRIA (2)
JOSUÉ
JUÍZES
RUTE
1 SAMUEL
2 SAMUEL
1 REIS
1 REIS
1 CRÔNICAS
2 CRÔNICAS
ESDRAS
NEEMIAS
ESTER

ANTIGO TESTAMENTO
A POESIA (3)
SALMOS
PROVÉRBIOS
ECLESIASTES
CÂNTICOS DOS CÂNTICOS

ANTIGO TESTAMENTO
PROFETAS (4)
MAIORES:
ISÁIAS
JEREMIAS
LAMENTAÇÕES DE JEREMIAS
EZEQUIEL
DANIEL
MENORES:
OSÉIAS
JOEL
AMÓS
OBADIAS
JONAS
MIQUÉIAS
NAUM
HABACUQUE
SOFONIAS
AGEU
ZACARIAS
MALAQUIAS
    

NOVO TESTAMENTO
EVANGELHOS (5)
MATEUS
MARCOS
LUCAS
JOÃO

NOVO TESTAMENTO
HISTÓRIA (6)
ATOS DOS APÓSTOLOS
NOVO TESTAMENTO
CARTAS (7)
ROMANOS
1 CORÍNTIOS
2 CORÍNTIOS
GÁLATAS
EFÉSIOS
FILIPENSES
COLOSSENSES
1 TESSALONICENSES
2 TESSALONICENSES
1 TIMÓTEO
2 TIMÓTEO
TITO
FILEMÓN
HEBREUS
TIAGO
1 PEDRO
2 PEDRO
1 JOÃO
2 JOÃO
3 JOÃO
JUDAS

NOVO TESTAMENTO
PROFECIA (7)
APOCALIPSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário