VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER

"A Igreja deve atrair pela diferença e não pela igualdade" C.H. Spurgeon

VISITE A IGREJA BATISTA REGULAR EBENÉZER
R. José Severiano Câmara, 244 - Centro - João Câmara/RN

TERÇA:.........................Sociedade Masculina -.................19:30hs.
..........................................Sociedade Feminina -...................19:30hs.
QUARTA:.....................Culto de Oração -.........................19:30hs.
SÁBADO:......................Projeto Boas Novas -..................15:30hs.
..........................................Culto da Mocidade -....................19:30hs.
DOMINGO:..................Escola Bíblica Dominical -..........08:00hs.
..........................................Culto Oficial -..............................19:00 hs.

Culto de Ação de Graças

30 de jun de 2013

Como posso me tornar um Cristão?

O primeiro passo para se tornar um Cristão é entender o que o termo "Cristão" significa. A origem do termo "Cristão" foi na cidade de Antioquia no primeiro século d.C. (veja Atos 11:26). É possível que, de primeira, o termo “Cristão” era para ter sido uma ofensa. A palavra significa essencialmente “pequeno Cristo”. No entanto, ao passar dos séculos, os crentes em Jesus adotaram o termo “Cristão” e passaram a usá-lo para se identificarem como seguidores de Jesus Cristo. Uma definição simples de um Cristão é alguém que segue a Jesus Cristo.

Por que deveria me tornar um Cristão?

Jesus Cristo declarou que Ele “não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10:45). Então aparece a seguinte pergunta: “Por que precisávamos ser resgatados?” A idéia de um resgate é um pagamento que precisa ser feito em troca da liberação de uma pessoa. A idéia de um resgate é usada mais frequentemente em ocasiões de sequestro, quando alguém é sequestrado e feito prisoneiro até que o resgate seja pago por sua liberação.

Jesus pagou nosso resgate para nos livrar da escravidão! Escravidão de quê? Escravidão do pecado e suas consequências, ou seja, a morte física seguida de separação eterna de Deus. Por que Jesus precisava pagar por esse resgate? Porque somos todos contagiados pelo pecado (Romanos 3:23) e, portanto, merecemos o julgamento de Deus (Romanos 6:23). Como Jesus pagou esse resgate? Por morrer na cruz para pagar pela penalidade de nossos pecados (1 Coríntios 15:3; 2 Coríntios 5:21). Como é que a morte de Jesus podia ser suficiente paga pagar por todos os nossos pecados? Jesus era Deus em forma humana, Deus veio à terra para se tornar um de nós para que Ele pudesse se identificar conosco e morrer por nossos pecados (João 1:1,14). Como Deus, a morte de Jesus foi de valor infinito, suficiente para pagar pelos pecados do mundo inteiro (1 João 2:2).

A ressurreição de Jesus depois de Sua morte demonstrou que Sua morte foi o sacrifício suficiente, que Ele realmente tinha conquistado o pecado e a morte.

Como posso me tornar um Cristão?

Essa é a melhor parte. Por causa de Seu amor por nós, Deus fez com que tornar-se um Cristão fosse excessivamente simples. Tudo que você precisa fazer é receber Jesus como seu Salvador, aceitando completamente Sua morte como o sacrifício suficiente por seus pecados (João 3:16), confiando nEle – e só nEle - completamente como seu Salvador (João 14:6; Atos 4:12). Tornar-se um Cristão não se trata de seguir rituais, ir à igreja ou fazer certas coisas ao invés de outras. Tornar-se um Cristão se trata de ter um relacionamento pessoal com Jesus Cristo. Um relacionamento pessoal com Jesus Cristo, através da fé, é o que faz de uma pessoa um Cristão.

Você está pronto para se tornar um Cristão?

Se você estiver pronto para se tornar um Cristão ao receber Jesus Cristo como seu Salvador, tudo que você precisa fazer é acreditar. Você compreende e acredita que é um pecador e merece o julgamento de Deus? Você compreende e acredita que Jesus carregou sobre si a punição que pertencia a você, morrendo no seu lugar? Você compreende e acredita que Sua morte foi suficiente para pagar pelos seus pecados? Se as respostas para essas três perguntas foram sim, então simplesmente coloque sua confiança em Jesus como seu Salvador. Receba-o, através da fé, confiando nEle completamente. Isso é tudo o que é necessário para se tornar um Cristão!

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui?
Aceitei Cristo Hoje!

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/Torne-se-um-Cristao.html#ixzz2Xgv9MKWG

Há vida após a morte?


Há vida após a morte? A Bíblia nos diz: “O homem, nascido de mulher, vive breve tempo, cheio de inquietação. Nasce como a flor e murcha; foge como a sombra e não permanece... Morrendo o homem, porventura tornará a viver” (Jó 14:1-2,14)?

Como Jó, quase todos nós já fomos desafiados por essa pergunta. O que exatamente acontece conosco depois que morremos? Simplesmente cessamos de existir? É a vida uma porta giratória de saída e volta para a terra para se alcançar grandiosidade pessoal? Todos vão para o mesmo lugar, ou vamos para lugares diferentes? Existem mesmo céu e inferno, ou são estes apenas um estado de consciência?

A Bíblia nos diz que não apenas há vida após a morte, mas vida eterna tão gloriosa que “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (1 Coríntios 2:9). Jesus Cristo, Deus em carne, veio à terra para nos dar o dom da vida eterna. “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados” (Isaías 53:5).

Jesus tomou para Si a punição que cada um de nós merece e sacrificou a Sua própria vida. Três dias depois, Ele provou que era vitorioso sobre a morte saindo da sepultura, em Espírito e carne. Ele permaneceu na terra por quarenta dias e foi visto por milhares antes de subir para a sua morada eterna nos céus. Romanos 4:25 diz: “O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação.”

A ressurreição de Cristo foi um evento bem documentado. O apóstolo Paulo desafiou pessoas a questionarem testemunhas oculares sobre a sua validade, e ninguém foi capaz de contestar a verdade da ressurreição. A ressurreição é a pedra angular da fé Cristã; porque Cristo foi ressuscitado dos mortos, nós podemos ter fé de que nós, também, seremos ressuscitados.

Paulo admoestou alguns dos primeiros cristãos que não acreditavam nisso: “Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, então, Cristo não ressuscitou” (1 Coríntios 15:12-13).

Cristo foi apenas o primeiro de uma grande colheita daqueles que serão ressuscitados para a vida mais uma vez. A morte física veio através de um homem, Adão, do qual somos todos descendentes. Mas todos aqueles que foram adotados para a família de Deus através da fé em Jesus Cristo terão uma nova vida (1 Coríntios 15:20-22). Tal como Deus levantou o corpo de Jesus, assim serão os nossos corpos ressuscitados quando Jesus voltar (1 Coríntios 6:14).

Todos seremos, no final, ressuscitados, mas nem todos irão para o céu juntos. Uma escolha deve ser feita por cada pessoa nesta vida para determinar para onde ela vai na eternidade. A Bíblia diz que está marcado para que nós morramos uma vez, e após isso virá o julgamento (Hebreus 9:27). Aqueles que foram feitos justos irão para a vida eterna no céu, mas os incrédulos receberão punição eterna, ou inferno (Mateus 25:46).

O inferno, como o céu, não é apenas um estado de existência, mas um lugar literal, e muito real. É um lugar onde os injustos receberão incessante e eterna ira de Deus. Eles receberão tormento emocional, mental e físico, sofrendo conscientemente de vergonha, arrependimento e desgraça.

O inferno é descrito como um abismo sem fim (Lucas 8:31, Apocalipse 9:1), e um lago de fogo, queimando com enxofre, onde os seus habitantes serão atormentados dia e noite para todo o sempre (Apocalipse 20:10). No inferno haverá choro e ranger de dentes, indicando intensa tristeza e raiva (Mateus 13:42). É um lugar “onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga” (Marcos 9:48). Deus não tem prazer na morte dos ímpios, mas deseja que eles se voltem contra seus desejos pervertidos para que possam viver (Ezequiel 33:11). Mas Ele não irá nos forçar à submissão; se nós escolhermos rejeitá-lo, Ele tem pouca escolha a não ser nos dar o que nós queremos – uma vida longe Dele.

A vida na terra é um teste – uma preparação para o que há de vir. Para os crentes, é a vida eterna na presença imediata de Deus. Então, como nos tornamos justos e aptos a receber esta vida eterna? Há apenas um caminho – através da fé e confiança no Filho de Deus, Jesus Cristo. Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente” (João 11:25-26).

O dom gratuito da vida eterna está disponível para todos, mas requer que neguemos alguns prazeres do mundo e que nos sacrifiquemos para Deus. “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” (João 3:36). Nós não teremos a oportunidade de nos arrependermos dos nossos pecados após a morte porque uma vez que nós estivermos face a face com Deus, não teremos escolha a não ser acreditar Nele. Ele quer que nos cheguemos a Ele em fé e amor agora. Se nós aceitarmos a morte de Jesus Cristo como pagamento pela nossa rebelião pecaminosa contra Deus, teremos garantida não só uma vida de significado na terra, mas também vida eterna na presença de Cristo.

Se você quer aceitar Jesus como seu Salvador, aqui está uma oração modelo. Lembre-se que fazer esta oração ou qualquer outra oração não irá salvar você. Apenas confiando em Cristo você pode ser salvo do seu pecado. Esta oração é simplesmente uma forma de expressar para Deus a sua fé Nele e agradecer por lhe dar a salvação. “Deus, eu sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou a punição que eu mereço para que, através da fé Nele, eu pudesse ser perdoado. Eu me volto contra o meu pecado e ponho a minha fé em Ti para salvação. Obrigado por Tua graça e perdão maravilhosos – o dom da vida eterna! Amém!”

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui?
Aceitei Cristo Hoje!

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/vida-apos-morte.html#ixzz2XgupI2co

Como posso ficar bem com Deus?

Para “ficar bem” com Deus, nós devemos primeiro entender o que está “errado”. A resposta é o pecado. “Não há quem faça o bem, não há nem um sequer” (Salmos 14:3). Nós nos rebelamos contra os mandamentos de Deus; nós “andávamos desgarrados como ovelhas” (Isaías 53:6).

A má notícia é que a pena para o pecado é a morte. “A alma que pecar, essa morrerá” (Ezequiel 18:4). A boa notícia é que um Deus de amor foi atrás de nós para nos trazer salvação. Jesus declarou que o Seu propósito era “buscar e salvar o perdido” (Lucas 19:10), e Ele declarou seu propósito cumprido, ao morrer na cruz, com as palavras: “Está consumado!” (João 19:30).

Ter uma relação certa com Deus começa por reconhecer os nossos pecados. A seguir vem uma confissão humilde dos nossos pecados para Deus (Isaías 57:15) e uma determinação de abandonar o pecado. “Com a boca se confessa a respeito da salvação” (Romanos 10:10).

Este arrependimento deve ser acompanhado de fé. Mais especificamente, fé que o sacrifício de Jesus e a Sua ressurreição milagrosa o qualificam para ser seu Salvador. “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” (Romanos 10:9). Muitas outras passagens falam da necessidade da fé, como João 20:27; Atos 16:31; Gálatas 2:16; 3:11, 26 e Efésios 2:8.

Estar bem com Deus é uma questão da sua resposta ao que Deus fez em seu favor. Ele enviou o Salvador, Ele proveu o sacrifício para tirar o seu pecado (João 1:29), e Ele lhe oferece a promessa: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Atos 2:21).

Uma linda ilustração de arrependimento e perdão é a parábola do filho pródigo (Lucas 15:11-32). O filho mais novo desperdiçou o presente de seu pai em pecado vergonhoso (versículo 13). Quando ele reconheceu que seu agir estava errado, decidiu retornar para casa (versículo 18). Ele concluiu que não seria mais considerado como filho (versículo 19), mas ele estava errado. Seu pai amou o rebelde que havia voltado, mais do que nunca (versículo 20). Tudo estava perdoado, e uma celebração ocorreu (versículo 24).

Deus mantém as Suas promessas, incluindo a promessa de perdoar. “Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido” (Salmos 34:18).

Se você quer ficar bem com Deus, aqui está uma pequena oração. Lembre-se que fazer esta oração ou qualquer outra oração não irá salvar você. Apenas confiando em Cristo você pode ser salvo do seu pecado. Esta oração é uma simples forma de expressar a Deus a sua fé Nele e agradecer por lhe dar a salvação. “Deus, eu sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou a punição que eu mereço para que através da fé Nele eu pudesse ser perdoado. Eu me volto contra o meu pecado e ponho a minha fé em Ti para salvação. Eu aceito Jesus como meu Salvador pessoal! Obrigado por Tua graça e perdão maravilhosos – o dom da vida eterna! Amém!”

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui? 
Aceitei Cristo!
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/ficar-bem-com-Deus.html#ixzz2XguWDqWI

O que é um Cristão?

O Dicionário Webster’s define um Cristão como “uma pessoa que professa a crença em Jesus Cristo ou na religião baseada nos ensinamentos de Jesus.” Enquanto este é um bom ponto de partida para entender o que é um Cristão, como em muitas definições seculares, entretanto, ela falha em comunicar a verdade bíblica do sigificado de ser Cristão.

A palavra Cristão é usada três vezes no Novo Testamento (Atos 11:26; Atos 26:28; 1 Pedro 4:16). Os seguidores de Jesus Cristo foram chamados “Cristãos” pela primeira vez em Antioquia (Atos 11:26) porque seu comportamento, atividade e fala eram como Cristo. A expressão foi inicialmente usada pelas pessoas não salvas de Antioquia como um apelido desrespeitoso para debochar dos Cristãos. Significa literalmente: “pertencente ao partido de Cristo” ou um “aderente ou seguidor de Cristo”, o que é bem similar à forma como o Dicionário Webster’s a define.

Infelizmente, com o tempo a palavra “Cristão” perdeu uma grande parte de seu significado e é geralmente utilizada para descrever alguém que é religioso ou tem altos valores morais ao invés de ser um verdadeiro seguidor renascido de Jesus Cristo. Muitas pessoas que não acreditam em Jesus Cristo se consideram Cristãs simplesmente porque vão à igreja ou vivem em uma nação “Cristã”. Mas ir à igreja, servir aos menos afortunados que você, ou ser uma boa pessoa não fazem de você um Cristão. Como disse um evangelista certa vez: “Ir à igreja não faz de você um Cristão mais do que ir a uma oficina faz de você um carro.” Ser um membro de igreja, freqüentar os cultos regularmente e trabalhar para a igreja não podem fazer de você um Cristão.

A Bíblia nos ensina que as boas obras que fazemos não são capazes de nos tornar aceitáveis para Deus. Tito 3:5 nos diz que “não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo Sua misericórdia, Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo.” Então, um Cristão é alguém que foi renascido por Deus (João 3:3; João 3:7; 1 Pedro 1:23) e colocou a sua fé e confiança em Jesus Cristo. Efésios 2:8 nos diz que “pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.” Um verdadeiro Cristão é alguém que se arrependeu do seu pecado e colocou sua fé e confiança somente em Jesus Cristo. A sua confiança não é em seguir uma religião ou um conjunto de códigos morais, ou uma lista de faças e não-faças.

Um verdadeiro Cristão é alguém que colocou a sua fé e confiança na pessoa de Jesus Cristo e no fato de que Ele morreu na cruz como pagamento por nossos pecados e ao terceiro dia ressuscitou dos mortos para obter vitória sobre a morte e dar vida eterna a todos os que Nele crêem. João 1:12 nos diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.” Um verdadeiro Cristão é de fato um filho de Deus, uma parte da verdadeira família de Deus, e alguém que recebeu vida nova em Cristo. A marca de um verdadeiro Cristão é o amor pelos outros e obediência à palavra de Deus (1 João 2:4; 1 João 2:10).

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui?
Aceitei Cristo Hoje!
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/que-Cristao.html#ixzz2XguEI67m

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 4, dia 15)

Salmos 13-15


Salmos 13

  (1) Salmo de Davi para o músico-mor. ATÉ quando te esquecerás de mim, SENHOR? Para sempre? Até quando esconderás de mim o teu rosto? (2) Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando se exaltará sobre mim o meu inimigo? (3) Atende-me, ouve-me, ó SENHOR meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não adormeça na morte; (4) Para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem, vindo eu a vacilar. (5) Mas eu confio na tua benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração. (6) Cantarei ao SENHOR, porquanto me tem feito muito bem.

Salmos 14

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor. DISSE o néscio no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras, não há ninguém que faça o bem. (2) O SENHOR olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus. (3) Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos: não há quem faça o bem, não há sequer um. (4) Não terão conhecimento os que praticam a iniqüidade, os quais comem o meu povo, como se comessem pão, e não invocam ao SENHOR? (5) Ali se acharam em grande pavor, porque Deus está na geração dos justos. (6) Vós envergonhais o conselho dos pobres, porquanto o SENHOR é o seu refúgio. (7) Oh, se de Sião tivera já vindo a redenção de Israel! Quando o SENHOR fizer voltar os cativos do seu povo, se regozijará Jacó e se alegrará Israel.

Salmos 15

 (1) Salmo de Davi. SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? (2) Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração. (3) Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo; (4) A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao SENHOR; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda. (5) Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado.

DEVOCIONAL PARA HOJE 30/06/2013

VERSÍCULO:
   Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. -- Mateus 6:33

PENSAMENTO:
   Buscar!  Esta é a palavra em foco neste versículo. Esta palavra é robusta, descrevendo uma busca apaixonada de algo para fazê-lo nosso.  O Reino, e a santidade daqueles neste Reino, não é nosso desejo, nossa esperança, nosso sonho – é nossa paixão.  Nós os buscaremos a todo custo.  Buscaremos com paixão.  Este será o nosso maior alvo, até fazê-lo nosso, ou, melhor ainda, fazê-lo nosso lar!

ORAÇÃO:
   Perdoe-me, querido Deus, por deixar minha paixão por seu Reino e seu caráter ficar de lado na minha vida. Desperte-me cada manhã com uma paixão pelo seu trabalho e sua vontade para aquele dia.  Pai, eu quero ser alguém que busca com paixão. Por favor, faça-me sedento de ter seu Reino como meu lar. No nome de Jesus eu oro. Amém.
http://www.iluminalma.com/dph/4/0630.html

29 de jun de 2013

Como posso ter certeza de que eu vou para o Céu quando morrer?

Você sabe com certeza que você tem vida eterna e que você vai para o Céu quando morrer? Deus quer que você tenha certeza disso! A Bíblia diz: “Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna” (1 João 5:13). Suponha que você estivesse na frente de Deus neste exato momento e Ele lhe perguntasse: “Por que eu deixaria você entrar?” O que você diria? Você pode não saber o que responder. O que você precisa saber é que Deus nos ama e providenciou para nós uma forma para que pudéssemos saber com certeza onde vamos passar a eternidade. A Bíblia afirma isto assim: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16).

Em primeiro lugar, precisamos entender o que está nos mantendo afastados do Céu. O problema é este – nossa natureza pecaminosa nos impede de ter um relacionamento com Deus. Nós somos pecadores por natureza e por escolha. “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23). Nós não podemos salvar a nós mesmos. “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9). Nós merecemos a morte e o inferno. “Porque o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23).

Deus é santo e justo e deve punir o pecado, mas ainda assim Ele nos ama e providenciou perdão para o nosso pecado. Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6). Jesus morreu por nós na cruz: “Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus” (1 Pedro 3:18). Jesus foi ressuscitado dos mortos: “O qual foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação” (Romanos 4:25).

Então, de volta à questão inicial - “Como posso ter certeza de que eu vou para o Céu quando morrer?” A resposta é – acredite no Senhor Jesus Cristo e você será salvo (Atos 16:31). “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12) Você pode receber a vida eterna como um dom GRATUITO. “Mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23). Você pode ter uma vida cheia de significado agora mesmo. Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10:10). Você pode passar a eternidade com Jesus no Céu, pois Ele prometeu: “E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde estou, estejais vós também” (João 14:3).

Se você quer aceitar Jesus como seu Salvador e receber o perdão de Deus, aqui está uma oração que você pode fazer. Fazer esta oração ou qualquer outra não irá salvar você. É apenas confiando em Jesus Cristo que se recebe perdão dos pecados. Esta oração é simplesmente uma forma de expressar a Deus a sua fé Nele e agradecer por providenciar o seu perdão. “Deus, eu sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou sobre Si a punição que eu mereço para que através da fé Nele eu pudesse ser perdoado. Eu me volto contra o meu pecado e ponho a minha confiança em Ti para salvação. Obrigado por Tua graça e perdão maravilhosos! Amém!”

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui? 
"Aceitei Cristo Hoje"
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/saiba-certeza-Ceu.html#ixzz2Xb0yWl3t

Quais são as quatro leis espirituais?

As Quatro Leis Espirituais são uma forma de compartilhar as boas novas da salvação disponíveis através da fé em Jesus Cristo. Trata-se de uma forma simples de organizar a informação importante do Evangelho em quatro pontos.

A primeira das quatro leis espirituais é: “Deus ama você e tem um plano maravilhoso para a sua vida.” João 3:16 nos diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 10:10 nos dá a razão pela qual Jesus veio: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.” O que está nos bloqueando do amor de Deus? O que está nos impedindo de ter uma vida abundante?

A segunda das Quatro Leis Espirituais é: “A humanidade está corrompida pelo pecado e portanto está separada de Deus. Como resultado, nós não podemos conhecer o maravilhoso plano de Deus para as nossas vidas.” Romanos 3:23 afirma: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” Romanos 6:23 nos dá as conseqüências do pecado: “Porque o salário do pecado é a morte.” Deus nos criou para termos comunhão com Ele. No entanto, a humanidade trouxe o pecado para o mundo, e portanto está separada de Deus. Nós arruinamos nosso relacionamento com Ele, relacionamento este que Deus tinha a intenção de que nós tivéssemos. Qual é a solução?

A terceira das Quatro Leis Espirituais é: “Jesus Cristo é a única provisão de Deus para o nosso pecado. Através de Jesus Cristo, nós podemos ter os nossos pecados perdoados e restaurar uma relação correta com Deus.” Romanos 5:8 nos diz: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” 1 Coríntios 15:3-4 nos informa do que nós precisamos saber e acreditar para sermos salvos: “...que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” O próprio Jesus declara que Ele é o único caminho para a salvação em João 14:6: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim.” Como posso receber este maravilhoso dom da salvação?

A quarta das Quatro Leis Espirituais é: “Nós devemos depositar a nossa fé em Jesus Cristo como Salvador para que possamos receber o dom da salvação e conhecer o maravilhoso plano de Deus para as nossas vidas.” João 1:12 descreve isto para nós: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.” Atos 16:31 diz muito claramente: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” Nós podemos ser salvos unicamente pela graça, unicamente pela fé, unicamente em Jesus Cristo (Efésios 2:8-9).

Se você quer acreditar em Jesus Cristo como seu Salvador, diga as seguintes palavras a Deus. Dizer estas palavras não irá salvá-lo, mas confiar em Cristo irá! Esta oração é simplesmente uma forma de expressar a Deus a sua fé Nele e agradecer por prover a sua salvação. “Deus, sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou a punição que eu mereço para que através da fé Nele eu pudesse ser perdoado. Com a Tua ajuda, eu me volto contra os meus pecados e deposito a minha confiança em Ti para salvação. Obrigado pela Tua maravilhosa graça e perdão – o dom da vida eterna! Amém!”

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui?
"Aceitei Cristo Hoje"
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/Quatro-leis-espirituais.html#ixzz2Xb0iiHO8

Qual é a religião certa para mim?

Os restaurantes de fast food nos seduzem permitindo-nos pedir a nossa comida exatamente como nós a queremos. Algumas cafeterias exibem mais de cem sabores e variedades de café. Mesmo quando compramos casas e carros, nós podemos procurar por um com todas as opções e recursos que desejamos. Não vivemos mais num mundo de chocolate, baunilha e morango. A escolha reina! Você pode encontrar praticamente qualquer coisa de acordo com seus gostos e necessidades pessoais.

Então que tal uma religião que seja certa para você? Que tal uma religião sem culpa, que não exige nada e que não está cheia de faças e não-faças? Está bem aí, bem como eu descrevi, mas a religião é algo a ser escolhido como o seu sabor de sorvete favorito?

Há muitas vozes pedindo a nossa atenção, então por que alguém deveria considerar Jesus acima de, vamos dizer, Maomé ou Confúcio, Buda, ou Charles Taze Russell, ou Joseph Smith? Afinal, todas as estradas não o levam para o Céu? Todas as religiões não são basicamente a mesma coisa? A verdade é que todas as religiões não o levam para o Céu, da mesma forma que nem todas as estradas o levam para São Paulo.

Somente Jesus fala com a autoridade de Deus porque somente Jesus derrotou a morte. Maomé, Confúcio e os outros estão se decompondo em suas sepulturas até o dia de hoje, mas Jesus, pelo Seu próprio poder, saiu da tumba três dias depois de morrer numa cruel cruz romana. Qualquer um com poder sobre a morte merece ser ouvido.

As provas a favor da ressurreição de Jesus são irrefutáveis. Primeiro, houve mais de quinhentas testemunhas oculares do Cristo ressuscitado! São muitas testemunhas. Quinhentas vozes não podem ser ignoradas. Há também a questão da tumba vazia; os inimigos de Jesus poderiam simplesmente ter acabado com toda a conversa sobre a ressurreição exibindo o Seu corpo morto e decadente, mas não havia corpo morto para eles exibirem! A tumba estava vazia! Poderiam os discípulos ter roubado o Seu corpo? Dificilmente. Para impedir que isso acontecesse, a tumba de Jesus havia sido fortemente guardada por soldados armados. Considerando que Seus seguidores mais próximos haviam fugido com medo durante a prisão e crucificação de Jesus, é pouco provável que este bando de pescadores assustados teriam ido corpo-a-corpo contra soldados treinados e profissionais. O simples fato é que a ressurreição de Jesus não pode ser explicada!

Mais uma vez, qualquer um com poder sobre a morte merece ser ouvido. Jesus provou o Seu poder sobre a morte, portanto nós devemos ouvir o que Ele diz. Jesus diz ser o único caminho para a salvação (João 14:6). Ele não é um caminho; Jesus não é um de vários caminhos, mas é o caminho.

E este mesmo Jesus diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28). Este é um mundo duro e a vida é difícil. Muitos de nós estão ensangüentados, arranhados e feridos pelas batalhas. Concorda? Então o que você quer? Restauração ou mera religião? Um Salvador vivo ou um de vários “profetas” mortos? Uma relação com significado ou rituais vazios? Jesus não é uma escolha – Ele é a escolha!

Jesus é a “religião” certa se você está procurando por perdão (Atos 10:43). Jesus é a “religião” certa se você está procurando por uma relação significativa com Deus (João 10:10). Jesus é a “religião” certa se você está procurando por uma morada eterna no Céu (João 3:16). Deposite a sua fé em Jesus Cristo como seu Salvador – você não vai se arrepender! Confie nele para o perdão dos seus pecados – você não vai se desapontar.

Se você quer ter uma “relação correta” com Deus, aqui está uma simples oração. Lembre-se que fazer esta oração ou qualquer outra não irá salvá-lo. Somente confiando em Cristo você pode ser salvo de seu pecado! Esta oração é simplesmente uma forma de expressar a Deus a sua fé Nele e agradecer a Ele por prover a sua salvação. “Deus, sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou a punição que eu mereço para que através da fé Nele eu pudesse ser perdoado. Com a Tua ajuda, eu me volto contra os meus pecados e deposito a minha confiança em Ti para salvação. Obrigado pela Tua maravilhosa graça e perdão – o dom da vida eterna! Amém!”
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/religiao-certa-mim.html#ixzz2Xb0WG9tB

O que é a oração dos pecadores?

A oração dos pecadores é uma oração que uma pessoa faz a Deus quando entende que é pecadora e precisa de um Salvador. Fazer a oração dos pecadores não vai resolver nada por si só. Uma oração dos pecadores só é efetiva se ela representa genuinamente o que uma pessoa sabe, entende e acredita sobre sua natureza pecaminosa e necessidade de salvação.

O primeiro aspecto de uma oração dos pecadores é o entendimento de que nós todos somos pecadores. Romanos 3:10 proclama: “Como está escrito: Não há justo, nem um sequer.” A Bíblia torna claro o fato de que nós todos pecamos. Nós todos somos pecadores necessitando da misericórdia e perdão de Deus (Tito 3:5-7). Por causa do nosso pecado, nós merecemos punição eterna (Mateus 25:46). A oração dos pecadores é um apelo por graça ao invés de julgamento. É um pedido de misericórdia ao invés de ira.

O segundo aspecto de uma oração dos pecadores é o conhecimento do que Deus fez para consertar a nossa condição perdida e pecaminosa. Deus se fez carne e se tornou um ser humano na Pessoa de Jesus Cristo (João 1:1-14); Jesus nos ensinou a verdade sobre Deus e viveu uma vida perfeita e sem pecado (João 8:46; 2 Coríntios 5:21). Jesus então morreu na cruz em nosso lugar, levando a punição que nós merecemos (Romanos 5:8). Jesus ressuscitou dentre os mortos para provar a Sua vitória sobre o pecado, a morte e o inferno (Colossenses 2:15; 1 Coríntios 15). Por causa de tudo isso, nós podemos ter nossos pecados perdoados e a promessa de um lar eterno nos Céus – se nós simplesmente depositarmos nossa fé em Jesus Cristo. Tudo o que precisamos fazer é crer que Ele morreu em nosso lugar e ressuscitou dentre os mortos (Romanos 10:9-10). Podemos ser salvos somente pela graça, somente pela fé, fé somente em Jesus Cristo. Efésios 2:8 declara: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.”

Fazer a oração dos pecadores é simplesmente uma maneira de declarar a Deus que você está confiando em Jesus Cristo como seu Salvador. Não existem palavras “mágicas” que resultem em salvação. É apenas a fé na morte e ressurreição de Jesus que pode nos salvar. Se você entende que é um pecador e precisa de salvação através de Jesus Cristo, aqui está uma oração dos pecadores que você pode fazer a Deus: “Deus, eu sei que sou um pecador. Sei que eu mereço as conseqüências dos meus pecados. Porém, estou confiando em Jesus Cristo como meu Salvador. Eu acredito que a Sua morte e ressurreição promovem o meu perdão. Eu acredito em Jesus, e somente em Jesus, como meu Senhor e Salvador pessoal. Agradeço a Ti, Senhor, por me salvar e perdoar! Amém!”

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui? 
 "Aceitei Cristo Hoje"
Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/Oracao-Pecadores.html#ixzz2Xb06iOkA

Jesus é Deus? Alguma vez Jesus afirmou ser Deus?

Na Bíblia não há registros de Jesus dizendo, palavra por palavra: “Eu sou Deus”. Entretanto, isto não significa que Ele não tenha afirmado ser Deus. Como exemplo, tome as palavras de Jesus em João 10:30: “Eu e o Pai somos um.” Em um primeiro olhar, isto pode não parecer uma afirmação de Jesus em ser Deus. Entretanto, perceba a reação dos judeus a Sua afirmação: “Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo” (João 10:33). Os judeus compreenderam a afirmação de Jesus como uma declaração em ser Deus. Nos versículos seguintes Jesus não corrige os judeus dizendo: “Eu não afirmei ser Deus.” Isto indica que Jesus realmente estava dizendo que era Deus ao declarar: “Eu e o Pai somos um” (João 10:30). João 8:58 nos dá outro exemplo: “Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.” Mais uma vez, em resposta, os judeus tomaram pedras em uma tentativa de apedrejar Jesus (João 8:59). Por que os judeus iriam querer apedrejar Jesus se Ele não tivesse dito algo que criam ser uma blasfêmia, ou seja, uma afirmação em ser Deus?

João 1:1 diz que “o Verbo era Deus.” João 1:14 diz que “o Verbo se fez carne.” Isto claramente indica que Jesus é Deus em carne. Atos 20:28 nos diz: “...Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” Quem comprou a igreja com Seu próprio sangue? Jesus Cristo. Atos 20:28 declara que Deus comprou a igreja com Seu próprio sangue. Portanto, Jesus é Deus!

Tomé, o discípulo, declarou a respeito de Jesus: “Senhor meu, e Deus meu!” (João 20:28). Jesus não o corrige. Tito 2:13 nos encoraja a esperar pela volta de nosso Deus e Salvador, Jesus Cristo (veja também II Pedro 1:1). Em Hebreus 1:8, o Pai declara a respeito de Jesus: “Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.”

Em Apocalipse, um anjo instruiu o Apóstolo João para que adorasse a Deus (Apocalipse 19:10). Nas Escrituras, várias vezes Jesus recebe adoração (Mateus 2:11; 14:33; 28:9,17; Lucas 24:52; João 9:38). Ele nunca reprova as pessoas quando recebe adoração. Se Jesus não é Deus, Ele teria dito às pessoas para não ser adorado, assim como fez o anjo em Apocalipse. Há muitos outros versículos e passagens das Escrituras que atestam a favor da divindade de Jesus.

A razão mais importante para Jesus ser Deus é que se Ele não o fosse, Sua morte não teria sido suficiente para pagar a pena pelos pecados do mundo inteiro (I João 2:2). Somente Deus poderia pagar preço tão infinito. Somente Deus poderia carregar os pecados do mundo (II Coríntios 5:21), morrer e ressuscitar, provando Sua vitória sobre o pecado e a morte.

Tens Perguntas? Questões Bíblicas Respondidas.
www.GotQuestions.org/Portugues

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 4, dia 14)

Salmos 10-12


Salmos 10

 (1) POR que estás ao longe, SENHOR? Por que te escondes nos tempos de angústia? (2) Os ímpios na sua arrogância perseguem furiosamente o pobre; sejam apanhados nas ciladas que maquinaram. (3) Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao SENHOR. (4) Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus. (5) Os seus caminhos atormentam sempre; os teus juízos estão longe da vista dele, em grande altura, e despreza aos seus inimigos. (6) Diz em seu coração: Não serei abalado, porque nunca me verei na adversidade. (7) A sua boca está cheia de imprecações, de enganos e de astúcia; debaixo da sua língua há malícia e maldade. (8) Põe-se de emboscada nas aldeias; nos lugares ocultos mata o inocente; os seus olhos estão ocultamente fixos sobre o pobre. (9) Arma ciladas no esconderijo, como o leão no seu covil; arma ciladas para roubar o pobre; rouba-o, prendendo-o na sua rede. (10) Encolhe-se, abaixa-se, para que os pobres caiam em suas fortes garras. (11) Diz em seu coração: Deus esqueceu-se, cobriu o seu rosto, e nunca isto verá. (12) Levanta-te, SENHOR. Ó Deus, levanta a tua mão; não te esqueças dos humildes. (13) Por que blasfema o ímpio de Deus? dizendo no seu coração: Tu não o esquadrinharás? (14) Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para o retribuir com tuas mãos; a ti o pobre se encomenda; tu és o auxílio do órfão. (15) Quebra o braço do ímpio e malvado; busca a sua impiedade, até que nenhuma encontres. (16) O SENHOR é Rei eterno; da sua terra perecerão os gentios. (17) SENHOR, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles; (18) Para fazer justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem da terra não prossiga mais em usar da violência.

Salmos 11

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor. NO SENHOR confio; como dizeis à minha alma: Fugi para a vossa montanha como pássaro? (2) Pois eis que os ímpios armam o arco, põem as flechas na corda, para com elas atirarem, às escuras, aos retos de coração. (3) Se forem destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo? (4) O SENHOR está no seu santo templo, o trono do SENHOR está nos céus; os seus olhos estão atentos, e as suas pálpebras provam os filhos dos homens. (5) O SENHOR prova o justo; porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma. (6) Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso; isto será a porção do seu copo. (7) Porque o SENHOR é justo, e ama a justiça; o seu rosto olha para os retos.

Salmos 12

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Seminite. SALVA-NOS, SENHOR, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens. (2) Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado. (3) O SENHOR cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente. (4) Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é senhor sobre nós? (5) Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o SENHOR; porei a salvo aquele para quem eles assopram. (6) As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes. (7) Tu os guardarás, SENHOR; desta geração os livrarás para sempre. (8) Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.

DEVOCIONAL PARA HOJE 29/06/2013

VERSÍCULO:
   Pois o SENHOR ama a justiça e não desampara os seus santos; serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada. -- Salmos 37:28

PENSAMENTO:
   Deus é comprometido com seu povo. Ele ama justiça e aqueles que a seguem .  Ele não esquecerá do seu povo, daqueles que procuram honrá-lo mostrando o caráter dele nas suas vidas.  Deus prometeu que honrará suas promessas ao seu povo e preservá-los-á com seu poder protetor para sempre. Como Deus prometeu, “Nunca te abandonarei, nunca te esquecerei”!

ORAÇÃO:
   Eterno e Fiel Pai, obrigado por suas grandes promessas. Estou empolgado pela sua fiel presença na minha vida.  Acredito totalmente que posso confiar o meu futuro ao Senhor e que o Senhor me levará à sua presença com vitória e grande alegria.  Obrigado por minha esperança segura e firme.  No nome de Jesus eu oro. Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/0629.html

28 de jun de 2013

CÂNTICOS NA NOITE!

C. H. Spurgeon ficou sabendo que em certa parte da Inglaterra os rouxinóis cantavam mais bonito do que em qualquer outro lugar. Ele foi comprovar a verdade.
Quando chegou ao hotel onde havia reservado hospedagem, Spurgeon foi avisado: “Ao escurecer, fique de olho no espinheiro ali embaixo. O senhor verá um rouxinol, e ouvirá seu canto”.
No entanto, à medida que a noite chegava, começou a chover e fazer frio. Spurgeon foi ficando aborrecido. De repente, porém, ele ouviu o cântico maravilhosamente admirável, claro e doce de um rouxinol.
Spurgeon olhou pela janela. Lá embaixo, empoleirado no espinheiro, sob a chuva fria golpeando ao redor, a pequena ave erguia a voz em um cântico de pura beleza.
Spurgeon descreveu: “Era um canto tão doce e lindo que nunca esperei ouvir nada igual até ouvir os anjos cantando no céu”, e fez uma reflexão: “O Deus do rouxinol é o Deus a quem sirvo. Apesar da escuridão, do frio, da chuva e dos espinhos, ele pode me dar, também, cânticos na noite”. 
(Capital Voice)

Homens, sejam sábios no casamento. Deem mais valor à pessoa do que ao dinheiro; à virtude mais do que à beleza; ao intelecto mais do que ao físico. Agindo assim, vocês terão uma esposa, uma amiga, uma companheira, um segundo eu.
(William Penn)

Algumas pessoas acham que Deus não quer ser incomodado com nossas constantes petições. A única maneira de incomodarmos a Deus é deixando de procurá-lo.

PROCURAM-SE… HOMENS

Conta-se que uma organização da África do Sul escreveu o seguinte ao missionário David Livingstone: “Existe estrada boa que leve até onde o senhor está? Se tiver, vamos mandar alguns homens para ajudá-lo”.
O missionário respondeu: “Se os homens virão APENAS se a estrada for boa, EU NÃO OS QUERO AQUI! Quero homens que venham mesmo que NÃO haja estrada nenhuma”.
Hoje em dia, também temos necessidade verdadeira de gente assim na obra de Cristo! 
 (Sword of the Lord)

 Nosso Senhor Jesus Cristo afirma que ele é aquele que “morreu, mas está vivo”. Não é o que estava vivo e agora está morto! Isto é verdade em relação a Buda e Maomé, e todos os outros líderes religiosos. Mas nosso Senhor Jesus não faz parte dessa categoria, pois seu túmulo está vazio.
 
(Vance Havner)

QUAL É SUA PORCENTAGEM?

Na escola, eu adorava quando os professores usavam o sistema de porcentagem para avaliar a classe, ou seja, a nota de cada um variava de acordo com a média das notas de todos os alunos. A melhor nota da classe era 75. Então, minha nota baixa de 59 ficava até razoável.
“Está de bom tamanho”, eu suspirava. Eu não me saía tão mal quanto muitos. A verdade mesmo é que eu não me saía tão bem quanto poderia. Eu continuava sem saber a matéria dada. Eu escapava de repetir o ano, mas não atingia o potencial que sabia possuir.
Hoje em dia, muitas pessoas usam essa mesma fórmula para se comparar com os outros.
Não sou tão mau quanto ele.
Só conto mentirinhas brancas.
Bebo apenas socialmente; não sou alcoólatra.
Já furtei, mas não sou ladrão.
Dou umas “secadas” nas mulheres, mas não sou infiel nem lascivo.
Solto palavrões aqui e ali, mas não sou boca-suja.
Sou “nervosinho”, mas não parto pra agressões como algumas pessoas fazem.
Faço fofocas, mas só de vez em quando.
Claro que respondo pra os meus pais, mas isso não é pecado de desobediência.
A verdade é que erro continua sendo erro. Justificar não conserta nada, Apenas alivia a culpa.
Nós não somos padrão de justiça para ninguém. Como poderíamos? Somos pecadores como todo mundo. Não temos o direito de julgar pessoa nenhuma, mas Deus tem. No fim das contas, é ele quem julgará nossos pecados.
Aos olhos de Deus todo pecado é coisa má. Todo pecado desagrada a Deus e, no geral, atrapalha nossa comunhão com ele. É por isso que muitas orações não são respondidas.
Nem sempre enxergamos nossas próprias fraquezas, como Apocalipse 3.17 deixa bem claro: “Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta (e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu)”.
Muitas vezes conseguimos enganar as pessoas, mas Deus conhece nossa natureza pecadora. Alguns líderes religiosos tentaram dar a si mesmos uma altíssima porcentagem na autoavaliação. Porém Jesus lhes respondeu: “Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece o vosso coração, porque o que entre os homens é elevado perante Deus é abominação” (Lc 16.15).
Para outro grupo de “santinhos”, Jesus avisou: “Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas? E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mt 7.22-23). 
Quando um grupo se reuniu para castigar uma adúltera, Jesus disse: “Quem de vocês não tiver nenhum pecado, atire a primeira pedra”.
Quando nos comparamos com a única pessoa que jamais pecou — Jesus — descobrimos que nunca chegaremos ao seu padrão.
Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer” (Rm 3.10).
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm 3.23).
Usar o sistema de porcentagem é uma maneira inadequada de avaliar os conhecimentos dos alunos. Da mesma forma, é muita pretensão comparar nossa bondade com a dos outros.
 
(The Bible View)

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 4, dia 13)

Salmos 7-9

Salmos 7

 (1) Sigaiom de Davi que cantou ao SENHOR, sobre as palavras de Cuxe, homem benjamita. SENHOR meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me; (2) Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre. (3) SENHOR meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos, (4) Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa), (5) Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória. (Selá.) (6) Levanta-te, SENHOR, na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste. (7) Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas. (8) O SENHOR julgará os povos; julga-me, SENHOR, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim. (9) Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. (10) O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração. (11) Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. (12) Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. (13) E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. (14) Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. (15) Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. (16) A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. (17) Eu louvarei ao SENHOR segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do SENHOR altíssimo.

Salmos 8

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Gitite. Ó SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! (2) Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. (3) Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; (4) Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? (5) Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. (6) Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: (7) Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, (8) As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. (9) Ó SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!

Salmos 9

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Mute-Láben. EU te louvarei, SENHOR, com todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. (2) Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo. (3) Porquanto os meus inimigos retornaram, caíram e pereceram diante da tua face. (4) Pois tu tens sustentado o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente; (5) Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente. (6) Oh! inimigo! acabaram-se para sempre as assolações; e tu arrasaste as cidades, e a sua memória pereceu com elas. (7) Mas o SENHOR está assentado perpetuamente; já preparou o seu tribunal para julgar. (8) Ele mesmo julgará o mundo com justiça; exercerá juízo sobre povos com retidão. (9) O SENHOR será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia. (10) Em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, SENHOR, nunca desamparaste os que te buscam. (11) Cantai louvores ao SENHOR, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos. (12) Pois quando inquire do derramamento de sangue, lembra-se deles: não se esquece do clamor dos aflitos. (13) Tem misericórdia de mim, SENHOR, olha para a minha aflição, causada por aqueles que me odeiam; tu que me levantas das portas da morte; (14) Para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião, e me alegre na tua salvação. (15) Os gentios enterraram-se na cova que fizeram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé. (16) O SENHOR é conhecido pelo juízo que fez; enlaçado foi o ímpio nas obras de suas mãos. (Higaiom; Selá.) (17) Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus. (18) Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres perecerá perpetuamente. (19) Levanta-te, SENHOR; não prevaleça o homem; sejam julgados os gentios diante da tua face. (20) Põe-os em medo, SENHOR, para que saibam as nações que são formadas por meros homens. (Selá.)

DEVOCIONAL PARA HOJE 28/06/2013

VERSÍCULO:
    Sobre a cabeça do justo há bênçãos, mas na boca dos perversos mora a violência.  -- Provérbios 10:6

PENSAMENTO:
    A justiça nos traz grandes bênçãos.  A violência tem sua própria  recompensa amarga, trazendo àqueles que fazem uso dela o que têm  feito a outros.   Então, o que escolheremos?  Bênção ou violência?  Encorajamento ou uma boca suja?  Qual é a verdadeira escolha? Deixar Deus definir o seu caráter, e não outras pessoas.

ORAÇÃO:
    Pai, eu quero viver para Lhe agradar, para trazer uma bênção  para seu Reino e ajudar outros a verem que a violência é destrutiva  para eles próprios, para outros e também para as criancinhas.  No  nome de Jesus eu oro. Amém.

http://www.iluminalma.com/dph/4/0628.html

27 de jun de 2013

LIVRO BENDITO!

Samuel Chadwick, famoso pregador escocês, disse:
Há mais de 60 anos oriento minha vida pela Bíblia, e afirmo que não existe nenhum livro parecido com ela. A Bíblia é uma maravilha de literatura, um espetáculo de surpresas, a revelação de um mistério, uma fonte perene de sabedoria, um manual infalível de conduta e um poço indescritível de conforto.
Não deem ouvidos às pessoas que a desprezam, pois lhes garanto que falam do que não conhecem. Ela é a Palavra de Deus.
Estude-a de acordo com a orientação que ela mesma oferece. Viva de acordo com seus princípios. Siga seus preceitos.
Ninguém que estuda a Bíblia é ignorante, e quem ignora seus ensinos não tem sabedoria nenhuma.
(Sword of the Lord)

O CONSELHO DE UM PAI

Meu filho, lembre-se de que você tem de trabalhar. Não importa se é com uma picareta ou um computador; com um carrinho de mão ou montes de livros; cavando fossos ou editando jornais; manuseando objetos de arte ou escrevendo anedotas. Seja o que for, você tem de trabalhar.
Se observar bem ao redor, verá que as pessoas que podem passar o resto de seus dias sem trabalhar são aquelas que realmente se empenharam no trabalho a vida inteira.
Não tenha medo de se matar trabalhando. Ninguém morre por trabalhar demais. Muitas pessoas morrem porque largam o trabalho às 18 horas e só voltam pra casa às duas da manhã.
Filho, é o intervalo que nos mata. Trabalhar abre o apetite, traz o sono reparador e nos leva a apreciar de coração as horas de descanso.
Muitos jovens não trabalham, mas ninguém se orgulha deles. Aliás, nem sabe como se chamam. Quando as pessoas se referem a alguém assim, dizem: “O filho do Fulano de Tal”. Ninguém gosta de gente preguiçosa. O mundo corporativo nunca tomou conhecimento da existência desses desocupados.
Portanto, descubra o que você quer ser na vida e mexa-se — arregace as mangas e faça diferença no mundo em que vive.
Quando mais ocupado você estiver, em menos encrencas vai se meter, e seu sono será mais tranquilo, suas horas de folgas serão mais gostosas, e a sociedade ficará bem mais satisfeita com você.
(Eleventh-Hour Messenger)

DEVO FORÇAR MEU FILHO A IR À ESCOLA DOMINICAL?

Devo forçar meu filho a frequentar a escola dominical e ir aos cultos? Sim! E sem discussão. Levou um susto? Por quê? O que você diz ao filho quando, na segunda feira, à mesa do café, ele anuncia que não vai mais à escola? Você já sabe a resposta! O Joãozinho vai, querendo ou não! O que você diz quando o filho chega todo sujo e diz: “Não vou tomar banho”? O Joãozinho vai pra baixo do chuveiro, não vai? 
Então, por que ficarmos “cheios de dedos” quando se trata de orientação e crescimento espiritual? Você vai esperar até que o filho cresça e decida que igreja irá frequentar? Vai esperar até que cresça e decida se quer iniciar sua educação escolar? Vai deixar que decida se quer viver limpo ou sujo? Você não faria isso, faria? Vai esperar até ele ter idade suficiente pra decidir se toma remédio quando fica doente? Você faz isso?
O que os pais devem fazer quando a criança avisa que não gosta de ir à escola dominical nem aos cultos? A resposta é fácil. Seja consistente. Responda simplesmente: “Filho, nesta casa todo mundo vai à escola dominical e assiste aos cultos, incluindo você”. Sua firmeza e exemplo edificarão uma ponte sobre a qual a rebeldia da juventude poderá chegar a experiências ricas e satisfatórias na vida cristã.
Se levarem os filhos à escola dominical e aos cultos, os pais têm poder para derrotar com veemência as forças que contribuem para a delinquência juvenil1 desta nação.
(J. Edgar Hoover)

Torne-me tão parecido com Jesus quanto um pecador redimido possa ser.
(Robert Murray Mcheyne)

HIPÓCRITAS

O fulano que afirma não ir à igreja porque ela está cheia de gente hipócrita, não fica longe dos hipócritas que existem em outros lugares.
As empresas estão cheias de hipócritas, mas o fulano recusa um emprego nelas, se vir a possibilidade de ganhar muito dinheiro.
A sociedade está abarrotada de hipócritas, mas o fulano nem pensa em se tornar um ermitão.
Pessoas hipócritas também se casam, mas o fulano não quer continuar solteiro.
O inferno está cheio de hipócritas, contudo o fulano não está fazendo nada para evitá-lo.
Essa pessoa quer que acreditemos que ela evita os hipócritas, no entanto, ela não dá um passo em direção ao único lugar que não há hipócritas — o Céu.
(The Baptist Challenge)

É péssimo quando Satanás nos engana, e é triste quando alguém é enganado pelo pecado, porém o maior engano de todos é quando enganamos a nós mesmos. Muitas pessoas estão enganadas quanto à salvação. Elas têm uma forma de santidade, mas não vivem uma realidade interior. Pior do que ir para o Inferno é ir para lá achando que está indo para o Céu.
(Joe Arthur)

Leitura Cronológica Anual da Bíblia (Mês 4, dia 12)

Salmos 4-6


Salmos 4

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Neginote. OUVE-ME quando eu clamo, ó Deus da minha justiça, na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração. (2) Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira? (Selá.) (3) Sabei, pois, que o SENHOR separou para si aquele que é piedoso; o SENHOR ouvirá quando eu clamar a ele. (4) Perturbai-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama, e calai-vos. (Selá.) (5) Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no SENHOR. (6) Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? SENHOR, exalta sobre nós a luz do teu rosto. (7) Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho. (8) Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança.

Salmos 5

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Neilote. DÁ ouvidos às minhas palavras, ó SENHOR, atende à minha meditação. (2) Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei. (3) Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei. (4) Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal. (5) Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade. (6) Destruirás aqueles que falam a mentira; o SENHOR aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento. (7) Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo. (8) SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho. (9) Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua. (10) Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti. (11) Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome. (12) Pois tu, SENHOR, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo.

Salmos 6

 (1) Salmo de Davi para o músico-mor em Neginote, sobre Seminite. SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. (2) Tem misericórdia de mim, SENHOR, porque sou fraco; sara-me, SENHOR, porque os meus ossos estão perturbados. (3) Até a minha alma está perturbada; mas tu, SENHOR, até quando? (4) Volta-te, SENHOR, livra a minha alma; salva-me por tua benignidade. (5) Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará? (6) Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas, (7) Já os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e têm-se envelhecido por causa de todos os meus inimigos. (8) Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniqüidade; porque o SENHOR já ouviu a voz do meu pranto. (9) O SENHOR já ouviu a minha súplica; o SENHOR aceitará a minha oração. (10) Envergonhem-se e perturbem-se todos os meus inimigos; tornem atrás e envergonhem-se num momento.

DEVOCIONAL PARA HOJE 27/06/2013

VERSÍCULO:
     Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. -- Mateus 25:37-40

PENSAMENTO:
   Quando ajudamos aqueles que não podem ajudar a si mesmos – aqueles que estão tendo problemas, aqueles que foram acusados falsamente, aqueles que estão encarando a morte – estamos ajudando o próprio Jesus.  O que Jesus faria?  Ele ajudaria alguém a descobrir Deus no seu desespero.

ORAÇÃO:
   Pai, por favor, dê-me a sabedoria para ver as minhas oportunidades de servir seu povo, ao tentar ajudá-los a entender a sua incrível graça. No nome do meu Redentor, Salvador e Amigo Jesus.  Amém.
http://www.iluminalma.com/dph/4/0627.html

26 de jun de 2013

Como posso ser salvo?

Esta simples, mas profunda, questão é a mais importante que alguém possa fazer. A pergunta "Como posso ser salvo?" trata de onde passaremos a eternidade depois que as nossas vidas neste mundo acabarem. Não há questão mais importante do que o nosso destino eterno. Felizmente, a Bíblia é bastante clara sobre como uma pessoa pode ser salva. O carcereiro de Filipos perguntou a Paulo e Silas: "Senhores, que me é necessário fazer para me salvar?" (Atos 16:30). Paulo e Silas responderam: "Crê no Senhor Jesus e serás salvo" (Atos 16:31).

Como posso ser salvo? Por que preciso ser salvo?
Somos todos infectados com o pecado (Romanos 3:23). Nascemos com o pecado (Salmos 51:5), e todos nós pessoalmente escolhemos pecar (Eclesiastes 7:20, 1 João 1:8). O pecado é o que nos tira a salvação por nos separar de Deus e nos colocar no caminho para a destruição eterna.

Como posso ser salvo? Salvo de quê?
Por causa do nosso pecado, todos nós merecemos a morte (Romanos 6:23). Enquanto a consequência física do pecado seja a morte física, ela não é o único tipo de morte que resulta do pecado. No fim das contas, todo pecado é cometido contra um Deus eterno e infinito (Salmo 51:4). Por causa disso, a penalidade justa para o nosso pecado também é eterna e infinita. Precisamos ser salvos da destruição eterna (Mateus 25:46, Apocalipse 20:15).

Como posso ser salvo? Como Deus providenciou a salvação?
Já que a justa penalidade para o pecado é infinita e eterna, só Deus poderia pagá-la porque só Ele é eterno e infinito. No entanto, Deus, em Sua natureza divina, não podia morrer, por isso tornou-se um ser humano na pessoa de Jesus Cristo. Deus assumiu a carne humana, viveu entre nós e nos ensinou. Quando as pessoas rejeitaram a Ele e à Sua mensagem, ao ponto de procurarem matá-lo, Ele voluntariamente se sacrificou por nós, permitindo que o crucificassem (João 10:15). Porque Jesus Cristo era humano, Ele podia morrer; e porque Jesus Cristo era Deus, a Sua morte tinha um valor eterno e infinito. A morte de Jesus na cruz foi o pagamento perfeito e completo para o nosso pecado (1 João 2:2). Ele tomou sobre Si as consequências que merecíamos. A ressurreição de Jesus dentre os mortos demonstrou que a Sua morte foi realmente o sacrifício perfeitamente suficiente para o pecado.

Como posso ser salvo? O que preciso fazer?
"Crê no Senhor Jesus e serás salvo" (Atos 16:31). Deus já fez tudo o que precisava ser feito. Tudo o que você deve fazer é receber, em fé, a salvação que Deus oferece (Efésios 2:8-9). Totalmente confie somente em Jesus como o pagamento por seus pecados. Acredite nele e você não perecerá (João 3:16). Deus está lhe oferecendo a salvação como um dom. Tudo que você tem a fazer é aceitá-la. Jesus é o caminho da salvação (João 14:6).

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/como-posso-ser-salvo.html#ixzz2XJU4Onoe

O que significa que Jesus salva?

"Jesus salva" é um slogan popular em adesivos, placas em eventos esportivos e até mesmo em faixas que são puxadas no céu por aviões de pequeno porte. Infelizmente, poucos dos que veem a frase "Jesus salva" verdadeiramente e completamente entendem o que isso significa. Há uma tremenda quantidade de poder e verdade nessas duas palavras.

Jesus salva, mas quem é Jesus?
A maioria das pessoas entende que Jesus era um homem que viveu em Israel cerca de 2000 anos atrás. Praticamente todas as religiões do mundo enxergam Jesus como um bom professor e / ou um profeta. No entanto, apesar dessas coisas sobre Jesus definitivamente serem verdadeiras, elas não transmitem quem Jesus realmente é, nem explicam como ou por que Jesus salva. Jesus é Deus em forma humana (João 1:1, 14). Jesus é Deus que veio para a Terra como um verdadeiro ser humano (1 João 4:2). Deus tornou-se um ser humano na pessoa de Jesus para nos salvar. Isso traz à tona a seguinte questão: por que precisamos ser salvos?

Jesus salva, mas por que precisamos ser salvos?
A Bíblia declara que todo ser humano que já viveu pecou (Eclesiastes 7:20, Romanos 3:23). Pecar é fazer algo, seja em pensamento, palavra ou ação, que contradiz o caráter perfeito e santo de Deus. Por causa do nosso pecado, todos nós merecemos o julgamento de Deus (João 3:18, 36). Deus é perfeitamente justo, por isso Ele não pode permitir que o pecado e o mal permaneçam sem punição. Uma vez que Deus é infinito e eterno, e que todo pecado é, em última instância, contra Deus (Salmo 51:4), somente um castigo eterno e infinito é suficiente. Morte eterna é a única punição justa para o pecado. Esse é o motivo pelo qual precisamos ser salvos.

Jesus salva, mas como Ele salva?
Porque pecamos contra um Deus infinito, ou uma pessoa finita (nós) tem que pagar pelos seus pecados por uma quantidade infinita de tempo, ou uma pessoa infinita (Jesus) deve pagar por nossos pecados uma só vez. Não há outra opção. Jesus nos salva ao morrer em nosso lugar. Na pessoa de Jesus Cristo, Deus se sacrificou em nosso favor, pagando a penalidade infinita e eterna que só Ele poderia pagar (2 Coríntios 5:21, 1 João 2:2). Jesus tomou sobre Si a punição que merecemos a fim de nos salvar de um destino eterno horrível, a consequência justa de nossos pecados. Por causa do Seu grande amor por nós, Jesus deu a Sua vida (João 15:13) para pagar a penalidade que merecíamos -mas não podíamos- pagar. Jesus ressuscitou em seguida, demonstrando que Sua morte foi realmente suficiente para pagar a penalidade pelos nossos pecados (1 Coríntios 15).

Jesus salva, mas quem Ele salva?
Jesus salva todos os que recebem o Seu presente da salvação. Jesus salva todos aqueles que confiam plenamente e somente no Seu sacrifício como o pagamento pelo pecado (João 3:16, Atos 16:31). Enquanto que o sacrifício de Jesus tenha sido perfeitamente suficiente para pagar pelos pecados de toda a humanidade, Jesus só salva aqueles que pessoalmente recebem o mais precioso dos Seus presentes (João 1:12).

Se você agora compreende o que significa que Jesus salva, e deseja confiar nEle como seu Salvador pessoal, certifique-se de que você entende e acredita no seguinte e, como um ato de fé, comunique o seguinte a Deus. "Deus, eu sei que sou um pecador e sei que por causa do meu pecado, mereço ser eternamente separado de ti. Mesmo sem merecer, obrigado por me amar e oferecer o sacrifício pelos meus pecados através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que Jesus morreu pelos meus pecados e confio apenas nEle para me salvar. Deste ponto em diante, ajude-me a viver a minha vida para ti e não para o pecado. Ajude-me a viver o resto da minha vida em gratidão pela salvação maravilhosa que Tu tens fornecido. Obrigado, Jesus, por me salvar!"

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/Jesus-salva.html#ixzz2XJTUje9X

Ir ao céu - como posso garantir o meu destino eterno?

Encare o fato. O dia em que cada um de nós entraremos na eternidade pode vir mais cedo do que pensamos. Em preparação para esse momento, nós precisamos conhecer esta verdade: nem todo mundo irá ao céu. Como podemos ter certeza de que somos um dos que passarão a eternidade no céu? Cerca de 2.000 anos atrás, os apóstolos Pedro e João estavam pregando o Evangelho de Jesus Cristo a uma grande multidão em Jerusalém. Foi então que Pedro fez uma declaração profunda que tem um grande impacto mesmo em nosso mundo pós-moderno: "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" (Atos 4: 12).

Assim como era então, no clima atual de que "todos os caminhos levam ao céu", essa não é uma mensagem politicamente correta. Há muitos que pensam que podem ter o céu sem Jesus. Eles querem as boas promessas de glória, mas não querem ser incomodados pela cruz, e muito menos por Aquele que foi pendurado e ali morreu pelos pecados de todos os que nEle creem. Muitos não querem aceitar a Jesus como o único caminho e estão determinados a encontrar um outro caminho. Mas o próprio Jesus nos adverte de que não existe um outro caminho e que as consequências de rejeitar essa verdade são uma eternidade no inferno. Ele nos disse claramente que "... quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus" (João 3:36).

Alguns argumentam que é extremamente restritivo de Deus fornecer apenas um caminho para o céu. Entretanto, francamente, à luz da rejeição rebelde da humanidade contra Deus, é extremamente abrangente da parte dEle fornecer um caminho para o céu. Nós merecemos o julgamento e em vez disso Ele nos dá uma maneira de escapar ao enviar o seu Filho unigênito para morrer pelos nossos pecados. Quer alguém enxergue isso como restritivo ou abrangente, é a verdade, e os Cristãos precisam manter a mensagem bem clara de que o único caminho para o céu é através de Jesus Cristo.

Muitas pessoas hoje em dia têm acreditado em um evangelho diluído que exclui a mensagem de arrependimento de seus pecados. Eles querem acreditar em um Deus amoroso e sem julgamento que não requer nenhum arrependimento e nenhuma mudança em seu estilo de vida. Eles podem dizer coisas como: "Eu creio em Jesus Cristo, mas meu Deus não é um Deus que julga assim. Meu Deus nunca iria enviar uma pessoa para o inferno." No entanto, não podemos ter as duas coisas. Se professarmos que somos Cristãos, devemos reconhecer Cristo como Ele disse que é - o único caminho para o céu. Negar isso é negar o próprio Jesus, pois foi Ele quem declarou: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6).

A pergunta permanece: quem vai realmente entrar no reino de Deus? Como posso garantir o meu destino eterno? A resposta a estas perguntas é encontrada na distinção clara entre aqueles que têm a vida eterna e os que não. "Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida" (1 João 5:12). Aqueles que creem em Cristo, que aceitaram o Seu sacrifício como pagamento pelos seus pecados, e que O seguem em obediência vão passar a eternidade no céu. Aqueles que O rejeitam não vão. "Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus" (João 3:18).

Por mais impressionante que o céu seja para aqueles que escolhem Jesus Cristo como Salvador, o inferno será muito mais terrível para aqueles que O rejeitam. A nossa mensagem aos perdidos seria entregue com mais urgência se entendêssemos o que a santidade e a justiça de Deus farão com aqueles que rejeitam a oferta completa de perdão em Seu Filho, Jesus Cristo. Não se pode ler a Bíblia seriamente sem se deparar com essa verdade repetidas vezes – a linha foi desenhada. A Bíblia deixa bem claro que existe apenas um caminho para o céu - através de Jesus Cristo. Ele nos deu este aviso: "Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela" (Mateus 7:13-14).

Existe apenas um caminho para o céu e aqueles que seguem esse caminho chegarão lá de certeza. Mas nem todo mundo está seguindo esse caminho. Você está?

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/Ir-ao-ceu.html#ixzz2XJTAlPqe